Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB): análise do uso de um sistema de informação em saúde na cidade de Parnamirim-RN

  • Valdete Honorato dos Santos

Resumo


Analisa o uso do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) como local de armazenamento constante de informações desenvolvidas pelas equipes de saúde na cidade de Parnamirim – RN. Aborda sobre a falta de conhecimento das equipes de saúdo acerca da utilização e acesso das informações do SIABI. Enfatiza que os sistemas de informação tem a função primordial de fornecer apoio informacional às atividades desenvolvidas pela instituição vinculada. Utiliza como metodologia a revisão de literatura, fazendo uso de suportes bibliográficos e digital. Realiza pesquisa de campo, e faz uso de questionário para a aquisição de informações. Expõe que os Sistemas informacionais de saúde evoluem rapidamente, conforme o avanço tecnológico, dos conceitos e métodos de armazenamento, tratamento e disseminação da informação. Avalia que um gestor deve preocupar-se com os dados gerados, ressaltando a importância de um profissional da informação, com competências em organizar, gerenciar e disseminar as informações do SIAB.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

  • AUDY, Jorge Luis Nicolas; ANDRADE, Gilberto Keller de; CIDRAL, Alexandre. Fundamentos de sistemas de informação. Porto Alegre: Bookman, 2005.

  • BATISTA, Emerson de Oliveira. Sistemas de informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva, 2004.

  • BEUREN, Ilsen Maria. Gerenciamento da informação: um recurso estratégico no processo de gestão empresarial. São Paulo: Atlas, 1998.

  • DAVENPORT, Thomas H. Ecologia da informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. Tradução Bernadette Siqueira Abrão. 5. ed. São Paulo: Futura, 2002.

  • GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projeto de pesquisa. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010.

  • LAUDON, Kenneth C; LAUDON, Jane Price. Sistemas de informação: com Internet. Tradução Dalton Conde de Alencar. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

  • LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. Tradução Maria Yêda F. S. Filgueiras Gomes. 2. ed. Brasília, DF: Brinquet de Lemos, 2004.

  • MACGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Tradução Helena Vilar de Lemos. Brasília, DF: Brinquet de Lemos, 1999.

  • MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 2. ed. rev. ampl. São Paulo: Atlas, 1990.

  • MATIAS-PEREIRA, José. Manual de metodologia da pesquisa científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

  • MEDEIROS, Francisca Gilca da Silva. Sistemas de informação em saúde: considerações fundamentais. In: TARGINO, Maria das Graças; CASTRO, Mônica M. M. R. N. de. (Org.). Desafiando os domínios da informação. Teresina: EDUFPI, 2002. p. 119 – 127.

  • O´BRIEN, James A.. Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era da Internet. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

  • ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Sistemas de informação geográfica em saúde: conceitos básicos. Brasília: OPAS, 2002.

  • ROBREDO, Jaime. Da ciência da informação revisitada aos sistemas humanos de informação. Brasília, DF: Thesaurus, 2003.

  • SANTOS, Jussara Pereira. O perfil do profissional bibliotecário. In: VALENTIM, Marta Pomim. (org.). O profissional da informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000. p. 107-117.

  • SANTOS, Plácida L.V. Amorim da Costa. As novas tecnologias na formação do profissional da informação. In: VALENTIM, Marta Lígia. (org.). Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002. p. 103-116.

  • SILVA, Anderson Soares da; LAPREGA, Milton Roberto. Avaliação Crítica do sistema de informação da atenção básica (SIAB) e de sua implantação na região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Cad. Saúde pública. Rio de Janeiro, v. 21, n.6, p. 1821-1828, nov./dez. 2005. Disponível em: <http://www.scielosp.org/pdf/csp/v21n6/21.pdf>. Acesso em: 01 out. 2013.

  • SMIT, Johanna W.; BARRETO, Aldo de Albuquerque. Ciência da informação: base conceitual para a formação do profissional. In: VALENTIM, Marta Lígia. (org.). Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002. p. 09-23.

  • TARAPANOFF, Kira. Referencial teórico: introdução. In: TARAPANOFF, Kira (org.). Inteligência organizacional e competitiva. Brasília: UNB, 2001. p. 33-49.

  • TARGINO, Maria das Graças. Olhares e fragmentos: cotidiano da biblioteconomia e ciência da informação. Teresina, PI: EDUFPI, 2006.

  • VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Atuação e perspectivas profissionais para o profissional da informação. In: VALENTIM, Marta Pomim. (org.). O profissional da informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000. p. 135-152.

  • VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Formação: competências e habilidades do profissional da informação. In: VALENTIM, Marta Lígia. (org.). Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002. p. 117-132.

Publicado
05-04-2017
Como Citar
SANTOS, V. H. DOS. Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB): análise do uso de um sistema de informação em saúde na cidade de Parnamirim-RN. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, v. 1, n. 2, p. 1-33, 5 abr. 2017.
Seção
Artigos