e-ISSN:2447-0198

Foco e Escopo

A Revista Informação na Sociedade Contemporânea (RISC)  é uma publicação científica vinculada ao Departamento de Ciência da Informação e ao Programa de Pós-graduação em Gestão da Informação e do Conhecimento, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Foi criada com o objetivo de se configurar como  canal de socialização dos resultados de estudos e pesquisas realizados na área de Ciência da Informação, Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e áreas afins. Entre as linhas temáticas abrangentes,  encontram-se  Informação, memória e sociedade; Estudos Métricos da Informação em Ciência, Tecnologia e Inovação; Gestão da Informação, Gestão do Conhecimento e Inteligência; Organização e Tratamento da Informação; e Informação, Tecnologia e Mediação.

A Revista aceita contribuições de artigos originais e de revisão em ´português, inglês e espanhol, pois valoriza e estimula a pluralidade de abordagens e perspectivas, bem como a autoria interinstitucional e internacional.

Promove também a publicação de resenhas de livros, cartas ao editor, e entrevistas.

Políticas de Seção

EDITORIAL

Seção cujo os conteúdos estão a cargo do Editor-Chefe, ou de alguém designado por ele. São expostas posições relacionadas aos aspectos políticos, teóricos gerais, conceituais, etc. com os que se alinham a revista.

ARTIGOS ORIGINAIS

São artigos de investigação que fundamentalmente seguem a estrutura de Introdução, Metodologia, Resultados e Discussão.

CARTAS AO EDITOR

Comunicação realizada por leitores em forma de carta, comentando algum artigo previamente publicado pela revista.

RESENHAS

Nesta seção são incluídos trabalhos de valor crítico sobre livros, nacionais ou internacionais, que seguem a temática da revista.

ARTIGOS DE REVISÃO

São artigos de revisão bibliográfica.

ENTREVISTA

Nesta seção poderão ser incluídas entrevistas a pesquisadores destacados nas temáticas da revista.

Peridiocididade

A Revista Informação na Sociedade Contemporânea se publica em fluxo contínuo, o que significa que os artigos serão publicados na medida que sejam avaliados e aceitos. Por tanto, as publicações sairão em um só Volumem, adequando assim, a estrutura da revista ao formato de publicação continuada. Mas informação sobre esse modelo pode ser consultada aqui

Processo de Avaliação pelos Pares

A revista utiliza um sistema de avaliação por pares duplo-cego, onde nem os autores e nem os avaliadores se identificam entre si.

Os originais serão submetidos à revisão de dois pareceristas independentes, externos a revista, e especialistas reconhecidos nos temas tratados. Se deve destacar que os documentos enviados pelos autores são confidenciais durante todo o processo de avaliação, como forma de garantir um parecer isento de qualquer influência. Consequentemente, os pareceristas não poderão comunicar a ninguém alheio ao Comitê Editorial nenhum aspecto de seu trabalho, além de sua consideração.

Os pareceristas terão 21 dias para entregar a avaliação e deverão levar em conta os seguintes aspectos:

● O tema do artigo é relevante ao perfil da revista?
● Oferece uma colaboração valiosa ao conhecimento existente?
● Seu conteúdo é atual?
● A apresentação do artigo é adequada (é coerente, organizado, está escrito de forma compreensível, tem boa ortografia)?
● As referências bibliográficas se ajustam ao tema, são atuais e estão no formato correto?

O(s) autor(es) terá(ão) entre 15 e 21 dias para qualquer eventual correção na primeira ronda. Outras rondas talvez sejam necessárias. Cabe ao Editor-Chefe dirimir dúvidas, impasses e a decisão final sobre a edição.

Política de Acesso Aberto

Esta é uma revista de acesso aberto, o que significa que todos os conteúdos podem ser acessados livremente, sem custos para o usuário e a instituição. Os usuários podem ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, buscar ou enlaçar os artigos completos desta revista, sem a necessidade de requerer permissão ao editor ou ao autor, de acordo com a Licença Creative Commons.

A revista também não cobra taxas de processamento de artigos aos autores.

Diretrizes Éticas

De acordo com o Committee on Publication Ethics (COPE), a revista deve ter políticas que versam sobre a integridade no processo de publicação. Para isso é
necessário definir as responsabilidades do Editor-Chefe, do editor e Comitê Editorial, dos pareceristas e dos autores.

Responsabilidades do Editor-Chefe: implementar a política editorial; supervisionar o processo editorial; mediar as relações do periódico com os autores, pareceristas, leitores, indexadores, agências de apoio a pesquisa, a comunidade científica e o público geral; investigar suspeitas de má conduta.

Responsabilidades do editor e Comitê Editorial: avaliar com imparcialidade os manuscritos antes de encaminhá-los a avaliação pelos pares; preservar os aspectos éticos da publicação; resolver conflitos com rapidez e transparência; publicar Erratas e Retificações em casos de má conduta.

Responsabilidade dos pareceristas: comprometer-se em privilegiar a imparcialidade, integridade e confidencialidade da sua avaliação; priorizar críticas construtivas; cumprir os prazos combinados com a revista.

Responsabilidade do(s) autor(es): atentar-se quanto ao plágio, inclusive o autoplágio, fazendo as devidas citações e referências; confirmar que o manuscrito não está em processo de avaliação em outras revistas; declarar conflitos de interesse; notificar o editor da revista caso algum erro seja identificado no manuscrito; confirmar que todos os autores identificados fizeram parte do processo de elaboração do manuscrito; retirar os agradecimentos ou qualquer referência aos autores na versão do manuscrito enviada para a avaliação, a fim de preservar a avaliação às cegas.

Histórico do periódico

A Revista Informação na Sociedade Contemporânea é um periódico aberto às diversas correntes de pensamento acerca do fenômeno informacional nos mais diferentes segmentos sociais, dando preferência a artigos originais, resultados de estudos e pesquisas. Aprovada institucionalmente no ano de 2013 pelo conselho gestor do Portal de Periódicos da UFRN  a revista iniciou como uma publicação do Grupo de Pesquisa “Informação na Sociedade Contemporânea” privilegiando os temas vinculados às grandes áreas de suas linhas de pesquisa: Estudos Métricos da Informação em Ciência, Tecnologia e Inovação; Inteligência Competitiva, Empreendedorismo e Redes Sociais; Organização e Tratamento da Informação; Redes e Transferência da Informação.

Com a implementação do Mestrado Profissional em Gestão da Informação e do Conhecimento do PPGIC, o escopo da RISC se ampliou, abrangendo também os estudos e pesquisas desenvolvidos neste âmbito.