INTERSECCIONALIDADES CATEGORIAS ARTICULADAS A EXPERIÊNCIAS DE TRABALHADORAS EM CONTEXTO DE PANDEMIA DE COVID-19

  • Hayanne Barbosa UFRN
  • Irene Paiva

Resumo


Neste estudo buscaremos entender a realidade ainda pouco conhecida de trabalhadoras em deslocamentos pendulares em período de pandemia de COVID-19. Situação indelével que modificou a realidade cotidiana de homens e mulheres em todo o mundo. Assim sendo, através do estudo qualitativo nos propormos a discutir os impactos e desafios de 4 trabalhadoras do ramo têxtil que vivenciam experiências de deslocamentos pendulares diante da paralisação da produção do ramo têxtil. Assim, buscaremos ainda refletir, neste contexto, a respeito das suas experiências de trabalhadoras e chefes de família, confortando face à sobreposição de identidades sociais de classe, gênero, raça/etnia dando ênfase, a interposição de sistemas de opressão, ou seja, a categoria interseccional. Nessa perspectiva, nos propormos ao duplo desafio de analisar o cotidiano dessas mulheres trabalhadoras pré-pandemia e durante o período de quarentena. Para tanto, esse ensaio-discussão recorre à teoria filosófica da interseccionalidade somada a experiências concretas de mulheres trabalhadoras. Os dados de campo expostos ao longo do texto são fruto de narrativas históricas de mulheres da comunidade de Capela (Ceará-Mirim) que trabalham nas fábricas do Grupo Riachuelo em Extremoz/RN.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
01-09-2020
Como Citar
BARBOSA, H.; PAIVA, I. INTERSECCIONALIDADES CATEGORIAS ARTICULADAS A EXPERIÊNCIAS DE TRABALHADORAS EM CONTEXTO DE PANDEMIA DE COVID-19. Revista Inter-Legere, v. 3, n. 28, p. c21157, 1 set. 2020.
Seção
DOSSIÊ A PANDEMIA DE COVID-19 NA VIDA DE MULHERES