O SERVIÇO DE GUARDA DE PRESÍDIOS:

um estudo a partir da experiência dos profissionais militares

Resumo


Uma das questões tratadas dentro da Política de Segurança Pública é a da gestão prisional, que, no atual contexto brasileiro, apresenta grandes desafios. Esses desafios se apresentam para todas as políticas públicas, mas especialmente para a de saúde e a de segurança pública, tendo em vista a pandemia de Covid-19, que assola o mundo. De fato, vivenciamos momentos difíceis, que estão exigindo novos hábitos como o do distanciamento, por exemplo. Esses podem gerar vários conflitos tanto nos espaços sociais comuns quanto nos de privação de liberdade. Nesse passo, este artigo tem como escopo geral verificar a possibilidade da retirada do serviço de guarda externa das unidades prisionais da grande Natal no estado do Rio Grande do Norte/RN. A pesquisa é de cunho exploratório com abordagem quantitativa, com aplicação de questionário, elaborado pelo Google Forms em virtude da pandemia de Covid/19, sua coleta se deu via Whatsapp no período de maio a junho de 2020, junto aos policiais militares que estão ou que já exerceram esse tipo de função nas referidas unidades. Evidenciaram que 60% dos policiais estão na função em presídios há menos de um ano, e ainda que 97% dos participantes concordam com a retirada da PM do serviço da guarda de presídios. Eles alegam que com isso há um desvio de função, que o governo do estado já está tomando as medidas judiciais para a retirada, e que a saída dos presídios beneficia a sociedade, pois essa ganha mais homens no policiamento ostensivo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hilderline Câmara Oliveira, UNIVERSIDADE POTIGUAR/UnP

Assistente Social  pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2001), Doutora em Ciências Sociais, Mestre em Serviço Social e Especialista  em Antropologia Cultural -UFRN. Realizou estágio de Doutoramento no Centro de Estudos Sociais (CES) na Universidade de Coimbra-Portugal. Faz parte do corpo docente do Programa do Mestrado Profissional em Psicologia Organizacional e do Trabalho da Universidade Potiguar (UnP), também leciona na graduação  de Serviço Social, Relações Internacionais e Direito. É professora convidada da Academia de Policia Militar do RN.

Francisco Assis Ferreira dos Santos, POLÍCIA MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE

Bacharel em Direito pela UERN, tenente coronel da PMRN, especialista em segurança pública.

Publicado
10-08-2021
Como Citar
OLIVEIRA, H. C.; FERREIRA DOS SANTOS, F. A. O SERVIÇO DE GUARDA DE PRESÍDIOS:. Revista Inter-Legere, v. 4, n. 31, p. c25287, 10 ago. 2021.