INTEGRALIDADE E CAPITAL SOCIAL: Reflexões no cenário do Sistema Único de Saúde

Autores

  • Palmyra Sayonara de Góis
  • Edmilson Lopes Junior
  • Soraya Maria de Medeiros
  • Severina Alice da Costa Uchoa

Resumo

O Sistema Único de Saúde (SUS) se insere em um contexto social e econômico marcado por diferentes realidades e necessidades. A integralidade se insere nessa conjuntura como princípio norteador de políticas, de organização de políticas e orientador das práticas dos profissionais. Percebemos que a integralidade é um desafio como princípio a ser fortalecido e efetivado nas práticas do SUS. Utilizamos a pesquisa bibliográfica, qualitativa, desenvolvida a partir de material constituído, principalmente, de livros e de artigos científicos. A integralidade como princípio do SUS constitui-se o grande desafio para a saúde na atualidade e, desta forma, responde pelo grande desafio a ser enfrentado por todos os que nela trabalham. O capital social vem contribuir com a discussão quando percebido como importante elemento na perspectiva de fortalecimento das redes sociais, da cidadania, da equidade política, da participação dos cidadãos no processo de gestão/governo e, consequentemente, na efetivação dos princípios do SUS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-12-2013

Como Citar

GÓIS, P. S. de; JUNIOR, E. L.; MEDEIROS, S. M. de; UCHOA, S. A. da C. INTEGRALIDADE E CAPITAL SOCIAL: Reflexões no cenário do Sistema Único de Saúde. Revista Inter-Legere, [S. l.], v. 1, n. 7, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/view/4674. Acesso em: 24 jun. 2024.