Diretrizes para Autores

Normas Gerais (para artigos e traduções de artigos):

  • Os autores das submissões devem ser mestrandos em co-autoria com seus orientadores, mestres, doutorandos ou doutores. Os seus perfis devem estar preenchidos por completo no sistema da revista, com o link do seu Lattes em URL e o da sua conta orcid (https://orcid.org/).
  • As submissões devem ser digitadas em fonte Arial, corpo 12, espaçamento 1,5 e margens (superior, inferior, direita e esquerda) 2,5cm, em papel tamanho A4.
  • Nas submissões não devem constar o(s) nome(s) do(s) autor(es), nem qualquer indicação no corpo do texto que possibilite a sua identificação. Havendo o sobrenome do autor no corpo do trabalho ou nas referências, substitua-o pela palavra 'autor'. No caso das traduções, o nome do tradutor não deve ser indicado no texto. 
  • Para maior diversidade de temas e alcance acadêmico da revista, a quantidade de submissões por ano é limitada a uma por autor, independentemente ele se figurar como autor ou coautor.

Normas para artigos:

  • Os artigos devem conter entre 15 e 20 páginas, incluindo anexos.
  • O título, em fonte tamanho 14 e com a primeira letra maiúscula, deve estar destacado em negrito, com alinhamento centralizado e entrelinha simples. Na linha seguinte, deve ser indicada a versão do título em inglês.
  • O resumo, de 100 a 150 palavras,  corpo 12, deve estar em português ou na língua do corpo do artigo, com espaçamento simples. O termo “RESUMO” deve estar em negrito, com letras maiúsculas e seguido de dois pontos. 
  • As palavras-chave, em português ou na língua do corpo do artigo, devem ter a mesma configuração do resumo. O termo “PALAVRAS-CHAVE” deve estar em negrito, com letras maiúsculas e seguido de dois pontos. A extensão é de 3 a 5 palavras, que são separadas entre si por ponto e concluídas com ponto (NBR 6028). Para facilitar a localização em consultas bibliográficas, as palavras-chave devem corresponder a conceitos gerais da área do trabalho.
  • Após a apresentação do Resumo e das Palavras-chave, deve ser apresentada a sua tradução (ABSTRACT e KEYWORDS), seguindo as mesmas configurações. 
  • Em caso de artigos escritos em inglês, além do abstract e das keywords, o autor também deve apresentar o resumo e as palavras-chave em português. No caso de o artigo ser submetido em francês ou espanhol, além do resumo e das palavras-chave na língua do texto, o autor deve apresentá-los em inglês e português. 
  • Todos os títulos de seções, incluindo a Introdução e a Conclusão, e subtítulos devem ser numerados sem o ponto após o numeral. Todos devem usar fonte tamanho 12, em negrito, empregando-se somente a primeira inicial maiúscula (exceto nomes próprios, que também recebem inicial maiúscula).
  • Artigos que partam de dissertações ou teses devem mencionar a pesquisa no resumo e na introdução e a sua referência ser apresentada em Referências. Além disso, o artigo deve dialogar com o trabalho de conclusão (dissertação ou tese), não sendo um simples recorte dele.
  • Artigos que analisam dados que envolvam seres humanos devem apresentar o número de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da respectiva Instituição (Resolução nº 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde, ao considerarem as Ciências Humanas e Sociais). No caso de Insituições internacionais, um documento equivalente deve ser apresentado no ato da submissão. 
  • No caso de artigos que usam imagens (da internet, de livros, screen shots de filmes, etc.), o autor deve enviar a permissão de uso concedida pelos autores das imagens aos editores da revista Odisseia. Não serão publicados artigos que usem imagens sem permissão de uso.
  • Imagens, quadros ou gráficos que acompanharem o texto devem constar dentro do documento no espaço previsto e ser enviados em arquivos separados, para o caso de problemas na formatação.
  • Artigos que utilizem símbolos fonéticos devem ser salvos incorporando fontes “true type”.
  • Citações e referências devem seguir as normas da ABNT NBR 10520 e ABNT NBR 6023/2018 (2ª edição), respectivamente. As citações com recuo devem ter fonte tamanho 11, e as notas de rodapé, tamanho 10. Não usar idem, ibidem, op. cit..
  • Referências de artigos que têm acesso livre na Internet devem trazer o endereço do site do artigo (e não o endereço geral do periódico) e a data de acesso aos artigos pelo autor do trabalho a ser submetido.
  • Ao citar o título de uma obra no corpo do trabalho e nas referências, deve-se usar itálico para destacá-lo (e não negrito ou grifo). Assim como nas referências (NBR 6023), o subtítulo, o título de capítulos e de artigos não recebem nenhum destaque no corpo do texto.
  • Obras que são coletâneas de ensaios do mesmo autor ou capítulos de autores diferentes não devem ser referenciadas de forma geral. Cada ensaio ou cada capítulo deve ser referenciado separadamente. 

Alguns exemplos da ABNT NBR 6023/2018 (2ª edição) de referências mais utilizadas em artigos acadêmicos:

Livro

GOMES, A. C.; VECHI, C. A. Estática romântica: textos doutrinários comentados. Tradução Maria Antonia
Simões Nunes, Duílio Colombini. São Paulo: Atlas, 1992.

BAVARESCO, A.; BARBOSA, E.; ETCHEVERRY, K. M. (org.). Projetos de filosofia. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2011. E-book. Disponível em: http ://ebooks.pucrs.br/edipucrs/projetosdefilosofia.pdf. Acesso em: 21 ago. 2011.

Capítulo de livro

ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G.; SCHMIDT, J. (org.). História dos jovens 2: a época contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

Dissertação ou Tese

COELHO, Ana Cláudia. Fatores determinantes de qualidade de vida física e mental em pacientes com doença pulmonar intersticial: uma análise multifatorial. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/16359/000695147.pdf?sequence1. Acesso em: 4 set. 2009.

Capítulo de dissertação ou tese

RODRIGUES, Ana Lúcia Aquilas. Aspectos éticos. In: RODRIGUES, Ana Lúcia Aquilas. Impacto de um programa de exercícios no local de trabalho sobre o nível de atividade física e o estágio de prontidão para a mudança de comportamento. 2009. Dissertação (Mestrado em Fisiopatologia Experimental) – Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. f. 19-20.

Artigo

RIBEIRO, P. S. G. Adoção à brasileira: uma análise sociojurídica. Dataveni@, São Paulo, ano 3, n. 18, ago. 1998. Disponível em: http://www.datavenia.inf.br/frame.artig.html. Acesso em: 10 set. 1998.

DANTAS, José Alves et al. Regulação da auditoria em sistemas bancários: análise do cenário internacional
e fatores determinantes. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 25, n. 64, p. 7-18, jan./abr. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1519-70772014000100002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772014000100002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 maio 2014.

Para demais tipos de referência, consultar a ABNT.

 

Os artigos traduzidos:

  • As normas dos artigos traduzidos seguem as mesmas normas dos artigos inéditos.
  • Os artigos traduzidos não devem exceder 5 anos da publicação do seu original. Os tradutores dos artigos que fogem deste quesito devem, antes de qualquer submissão, contactar os editores para esclarecê-los sobre a relevância da publicação, por meio do e-mail geral da revista.
  • O tradutor deve encaminhar à editoria da revista Odisseia (revistaodisseia2016@gmail.com ), o e-mail em que tanto o autor do artigo original e o editor da revista onde o artigo original foi publicado declarem a permissão para a publicação da tradução.