Experiências temporais da vita activa e os desafios da transmissão intergeracional

Autores

  • José Sérgio Fonseca de Carvalho Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.21680/1983-2109.2018v25n48ID14173

Palavras-chave:

Condição Humana, Ricoeur, Temporalidade, Educação

Resumo

Em seu prefácio à edição francesa de A Condição Humana, Paul Ricoeur sugere a importância da temporalidade como categoria interpretativa das atividades humanas tal como Arendt as descreve. O presente artigo procura, a partir da exploração dessa chave interpretativa, vincular as experiências temporais da vita activa à responsabilidade política dos educadores em face dos recém-chegados e da durabilidade do mundo. Nele sugerimos que, para Arendt, seria precisamente na tensão e na complementariedade entre as dimensões temporais da experiência do animal laborans, do homo faber e do zoon politikon que se equilibraria a frágil possibilidade de que a política venha a se constituir como uma resposta digna à pluralidade como condição da vida comum e, assim, contrapor-se às tentações totalitárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Sérgio Fonseca de Carvalho, Universidade de São Paulo

Professor Titular da Faculdade de Educação da USP.

Referências

AGUIAR, O. A amizade como amor mundi em Hannah Arendt. O que nos faz pensar. Rio de Janeiro, v. 19, n. 28, dez. 2010, p. 131-144.

ARENDT, Hannah. Between the past and the future. New York: Penguin, 1996.

ARENDT, Hannah. Homens em tempos sombrios. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense, 2011.

CARVALHO, José Sérgio Fonseca. Política e educação em Hannah Arendt: distinções, relações e tensões. Educ. Soc. Campinas, v. 35, n. 128, jul.-set. 2014, p. 629-996.

CARVALHO, José Sérgio Fonseca. Educação: uma herança sem testamento – Diálogos com o pensamento de Hannah Arendt. São Paulo: Perspectiva; FAPESP, 2017.

LE NY, Marc. Hannah Arendt: le temps politique des hommes. Paris: L’Harmattan, 2013.

LEBRUN, G. Passeios ao léu. São Paulo: Brasiliense, 1983.

RICŒUR, Paul. Préface à Condition de l’homme moderne. In: RICŒUR, Paul. Lectures 1: autour du politique. Paris: du Seuil, 1991a.

RICŒUR, Paul. De la philosophie au politique. In: RICŒUR, Paul. Lectures 1: autour du politique. Paris: du Seuil, 1991b.

Downloads

Publicado

06-09-2018

Como Citar

CARVALHO, J. S. F. de. Experiências temporais da vita activa e os desafios da transmissão intergeracional. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), [S. l.], v. 25, n. 48, p. 259–280, 2018. DOI: 10.21680/1983-2109.2018v25n48ID14173. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/principios/article/view/14173. Acesso em: 8 fev. 2023.