ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA: UMA ANÁLISE MULTIDIMENSIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

Autores

  • Marcelo de Araújo Abreu Pereira Acadêmico do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA)-UFRN
  • Dandara Rayssa Silva de Souza Enfermeira pela FACISA-UFRN
  • Ana Mayara Gomes de Souza Enfermeira. Mestranda do Programa em Pós-Graduação em Saúde Coletiva na UFRN
  • Tainara Lorena dos Santos Ferreira Enfermeira. Mestranda do Programa em Pós-Graduação em Saúde Coletiva na UFRN
  • Fábia Barbosa de Andrade Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunto IV da UFRN.

DOI:

https://doi.org/10.21680/2446-7286.2018v4n3ID17291

Palavras-chave:

Assistência em saúde, Avaliação em saúde, Serviços de saúde materno-infantil

Resumo

Introdução: A saúde infantil constitui-se como ações e práticas com intuito de proporcionar um atendimento integralizado a saúde da criança, vista como area prioritária no âmbito do cuidado. Objetivo: avaliar a qualidade da assistência prestada à criança desde os primeiros momentos de vida até a inserção e acompanhamento no programa de puericultura. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, avaliativo de abordagem quantitativa, com 200 mulheres mães/responsáveis por crianças menores de dois anos, atendidas em Unidades Básicas de Saúde, no município de Santa Cruz/RN. Resultados: Com relação os cuidados ofertados, observou-se que o apgar entre 7 a 10 no primeiro e quinto minuto foi atribuído na maioria da amostra; Tratando-se do estímulo ao vínculo materno/infantil, a maioria das mães afirmou que permaneceu junto ao seu filho no mesmo quarto após o parto; bem como amamentou seu filho logo após o parto. Por fim, sobre as condições de saúde no primeiro mês de vida, a maioria da relatou que não houve internamento por nenhum tipo de complicação.  Conclusão: Observou-se que as práticas assistenciais foram realizadas na sua maioria, destacando o comprometimento dos profissionais atuantes nos serviços de saúde, o que confere aos serviços uma boa qualidade frente às demandas solicitadas. Porém as fragilidades e desafios ainda existentes demonstram a necessidade de estratégias para implementação de medidas estratégicas em busca de melhores resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-04-2019

Como Citar

PEREIRA, M. de A. A.; SOUZA, D. R. S. de; SOUZA, A. M. G. de; FERREIRA, T. L. dos S.; ANDRADE, F. B. de. ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA: UMA ANÁLISE MULTIDIMENSIONAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE. Revista Ciência Plural, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 57–68, 2019. DOI: 10.21680/2446-7286.2018v4n3ID17291. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/17291. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos