QUALIDADE DA ÁGUA CONSUMIDA EM UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN

  • Cíntia Aracelli Borges de Souza UFRN/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
  • Ernani Leite de Oliveira UFRN/Biólogo/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
  • Mirela Bezerra Avelino UFRN/Fisioterapeuta/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
  • Ranyelle Christian Dias Rodrigues UFRN/Tecnóloga em Saneamento Ambiental/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
  • Maísa Paulino Rodrigues UFRN/Professora
  • Maria Ângela Fernandes Ferreira UFRN/Professora
  • Wilton Rodrigues Medeiros UFRN/Sanitarista do Hospital Universitário Ana Bezerra
Palavras-chave: Qualidade da Água, Enterobacteriaceae, Educação Infantil.

Resumo


Introdução: A água destinada ao consumo humano deve atender aos padrões de potabilidade em consonância com a Portaria Nº 2.914 /2011 do Ministério da Saúde. Sabe-se que as alterações nas características físicas, químicas, microbiológicas e/ou radioativas podem colocar em risco a saúde das pessoas. Objetivo: Analisar a qualidade da água consumida por crianças em Unidades de Educação Infantil (UEI) na cidade de Mossoró, estado do Rio Grande do Norte. Metodologia: Para tanto, tomou-se por base os laudos laboratoriais arquivados no banco de dados do setor de Vigilância Sanitária proveniente de inspeções sanitárias. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, realizado em 33 estabelecimentos de ensino no ano de 2012.  Resultados: Os resultados apontam que a água analisada apresenta-se imprópria para o consumo humano em 60,6% das UEI à medida que se detectou a presença de coliformes totais e/ou coliformes termo tolerantes, mostrando a necessidade de providencias imediatas por parte do poder público, com vistas a proteger a saúde das crianças. Conclusão: Faz-se necessário também, capacitar os gestores e educadores para que, de forma consciente, adotem medidas de higiene nos bebedouros, filtros e reservatórios nas UEI de Mossoró/RN.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cíntia Aracelli Borges de Souza, UFRN/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
UFRN/Educadora Física/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
Ernani Leite de Oliveira, UFRN/Biólogo/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
UFRN/Biólogo/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
Mirela Bezerra Avelino, UFRN/Fisioterapeuta/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
UFRN/Fisioterapeuta/Aluno do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
Ranyelle Christian Dias Rodrigues, UFRN/Tecnóloga em Saneamento Ambiental/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
UFRN/Tecnóloga em Saneamento Ambiental/Aluna do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária
Maísa Paulino Rodrigues, UFRN/Professora
Odontologia/Saúde Coletiva
Maria Ângela Fernandes Ferreira, UFRN/Professora
Odontologia/Saúde Coletiva
Wilton Rodrigues Medeiros, UFRN/Sanitarista do Hospital Universitário Ana Bezerra
UFRN/Sanitarista do Hospital Universitário Ana Bezerra
Publicado
21-07-2015
Como Citar
SOUZA, C. A. B. DE; OLIVEIRA, E. L. DE; AVELINO, M. B.; RODRIGUES, R. C. D.; RODRIGUES, M. P.; FERREIRA, M. ÂNGELA F.; MEDEIROS, W. R. QUALIDADE DA ÁGUA CONSUMIDA EM UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN. Revista Ciência Plural, v. 1, n. 2, p. 57-67, 21 jul. 2015.
Seção
Artigos