CÁLCULO DO CUSTO DE CATÁSTROFES: PROPOSTA DE ABORDAGEM

  • Olga Maria Panhoca da Silva
  • Luiz Panhoca
  • Lauro Brito de Almeida

Resumo

Este trabalho propõe um método para o cálculo dos custos de catástrofes naturais e o custo do atendimento após a ocorrência do fato. As questões de pesquisas, os custos de catástrofes naturais e os custos de atendimento ex-post facto permitem a verificaçáo da açáo orçamentária e do emprego das verbas destinados a este fim. Salienta-se que a dinâmica social que força a situaçáo da catástrofe é a territorializaçáo dos empobrecidos, portanto social e de importância para a contabilidade de custos. O potencial de risco associado às catástrofes é crescente e a questáo do planejamento e da gestáo de custos é fundamental e pertinente. Para o equacionamento aplicam-se técnicas econométricas e contabilométricas na busca de soluções ex-post do problema. O equacionamento do custo e do atendimento é matematicamente descrito como sistema. O custo da distribuiçáo de recursos é um problema de allocation of resources. O custo das atividades pós-catástrofes representam uma sequência de ações com soluçáo do problema do caminho ótimo, routing problem, ou de menor custo. Supôs-se que essas atividades sáo representadas por um sistema descrito por uma variável escalar discreta. Verifica na prática das ações de grupos de atendimento que existe um controle das operações. Considerou-se o exercício do controle para se ter o mínimo custo nas operações “observaçáo – controle” onde o controle tem um custo que deve ser considerado. Observa-se, portanto um processo de decisáo seqüencial com soluçáo de mínimo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
17-12-2013
Como Citar
SILVA, O. M. P. DA; PANHOCA, L.; ALMEIDA, L. B. DE. CÁLCULO DO CUSTO DE CATÁSTROFES: PROPOSTA DE ABORDAGEM. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 2, n. 2, p. 18-32, 17 dez. 2013.
Seção
ARTIGOS