Ensino remoto em tempos de distanciamento social: um estudo nos cursos de ciências contábeis e ciências atuariais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2022v14n2ID26358

Palavras-chave:

Ensino remoto; Educação superior; Instituição de ensino superior pública; Distanciamento social.

Resumo

Objetivo: Considerando as medidas de isolamento social, impostas para conter a disseminação do vírus Sars-Cov-2, causador da pandemia COVID-19, as aulas presenciais passaram a ser realizadas de forma remota. Essas medidas impactaram na Educação, principalmente por terem ocorrido de forma brusca, sem tempo sequer para preparação. O estudo se propõe a investigar como o ensino remoto está sendo desenvolvido nos Cursos de Ciências Contábeis e Ciências Atuariais, em uma Instituição de Ensino Superior Pública (IESP), em tempos de distanciamento social.

Metodologia: Foi realizada uma pesquisa tipo e-survey com os docentes e discentes para obter informações sobre o tema. Os dados coletados foram processados utilizando técnicas estatísticas para gerar resultados.

Resultados: Observou-se que a IES estudada não dispõe de recursos como Sala Invertida, Lousa Digital e outras ferramentas tecnológicas para auxiliar nas aulas remotas, uma vez que a modalidade “ensino remoto” se deu pela pandemia da COVID-19, que impediu os cursos de serem realizados presencialmente. A IES lançou programas de inclusão digital por meio de editais para aquisição de dados móveis e compra de equipamentos, como computadores/smartphones/tablets para os alunos, só que poucos alunos conseguiram esses recursos.

Contribuições do Estudo: Esta pesquisa contribuiu com resultados em estado da arte, no tocante aos cursos de graduação ao investigar sua evolução para o ensino remoto. Tais contribuições puderam vislumbrar informações e conhecimentos sobre o referido tema para a literatura científica nacional e para alicerçar e nortear outros cursos de instituições públicas e/ou privadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Sueli Arnoud Fernandes, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Doutora em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN). Professora da Universidade Federal da Paraíba.

Thiago Alexandre das Neves Almeida, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

Doutorado em Economic Business – Universidade de Salamanca (Espanha). Professor da Universidade Federal de Campina Grande.

Henrique César Melo Ribeiro, Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar)

Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho (2014), Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza (2009), possui graduação em Bacharelado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Piauí (2005), especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Piauiense (2007), e especialização em Controladoria Governamental pela Faculdade Piauiense (2010). Fui professor da Universidade Nove de Julho do Mestrado Profissional em Administração / Gestão do Esporte (MPAGE), do período de 2014 a 2016. Atualmente, sou professor Adjunto da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Reis Velloso (Parnaíba-PI).

Referências

Barbosa, A. M., Viegas, M. A. S., & Batista, R. L. N. F. F. (2020). Aulas presenciais em tempos de pandemia: relatos de experiências de professores do nível superior sobre as aulas remotas. Revista Augustus, 25(51), 255-280, jul./out. 2020. Recuperado de https://revistas.unisuam.edu.br/index.php/revistaaugustus/article/view/565.

Bezerra, I. M. P. (2020). State of the art of nursing education and the challenges to use remote technologies in the time of corona virus pandemic. Journal of Human Growth and Development, 30(1), 141-147. doi: 10.7322/jhgd.v30.10087.

Camacho, A. C. L. F., Fuly, P. dos S. C., Santos, M. L. S. C. dos., & Menezes, H. F. de. (2020). Alunos em vulnerabilidade social em disciplinas de educação à distância em tempos de COVID-19. Research, Society and Development, 9(7), 1-12. doi: 10.33448/rsd-v9i7.3979.

Cassundé, F. R. de S. A., Mendonça, J. R. C. de., & Barbosa, M. A. C. (2017). A influência das condições institucionais no desenvolvimento de competências eletrônicas dos professores para o ensino na EAD: proposição de um modelo analítico. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), 22(2), 469-493. doi: 10.1590/S1414-40772017000200012.

Dhawan, S. (2020). Online learning: a panacea in the time of COVID-19 crisis. Journal of Educational Technology Systems, 5-22. doi: 10.1177/0047239520934018.

Fernandes, S. M., Henn, L. G., & Kist, L. B. (2020). O ensino a distância no Brasil: alguns apontamentos. Research, Society and Development, 9(1), 1-24. doi: 10.33448/rsd-v9i1.1551.

Ferrarini, R., Saheb, D., & Torres, P. L. (2019). Metodologias ativas e tecnologias digitais: aproximações e distinções. Revista Educação em Questão, Natal, 57(52), 1-30, e-15762, abr./jun. 2019. Recuperado em 20 de junho, 2021, de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/15762.

Freitas, N. L., & Boechat, L. T. (2020). Desafios do ensino remoto em tempos de isolamento social. Recuperado de https://www.partes.com.br/2020/05/22/desafios-do-ensino-remoto-em-tempos-de-isolamento-social/.

Garcia, C., Filho, Vieira, L. J. E. de S., & Silva, R. M. da. (2020). Buscas na internet sobre medidas de enfrentamento à COVID-19 no Brasil: descrição de pesquisas realizadas nos primeiros 100 dias de 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29, 1-6. doi: 10.5123/S1679-49742020000300011.

Gonçalves, P. P., & Silva, C. N. da. (2020). Educação a distância e formação profissional do/da assistente social: elementos para o debate. Revista Katálysis, 23(1), 90-100. doi: 10.1590/1982-02592020v23n1p90.

Gouvêa, M. A., Onusic, L. M., & Mantovani, D. M. N. (2016). Qualidade e lealdade ao curso no ensino superior. Revista de Administração da UFSM, 9(1), 26-45.

Hair, J. F., Black, W. C., Babin, B. J., Anderson, R. E., & Tatham, R. L. (2009). Análise multivariada de dados [recurso eletrônico]. 6. ed. Porto Alegre: Bookman.

He, S., Lai, D., Mott, S., Little, A., Grock, A., Haas, M. R., & Chan, T. M. (2020). Remote e-work and distance learning for academic medicine: best practices and opportunities for the future. Journal of Graduate Medical Education, 256-263. doi: 10.4300/JGME-D-20-00242.1.

Kaiser, H. F. (1960). The application of electronic computers to factor analysis. Educational and Psychological Measurement, 20, 141-151.

Kuwahara, K., Kuroda, A., & Fukuda, Y. (2020). COVID-19: Active measures to support community-dwelling older adults. Travel Medicine and Infectious Disease. doi: 10.1016/j.tmaid.2020.101638.

Maciel, C. E., Cunha Júnior, M., & Lima, T. da S. (2019). A produção científica sobre permanência e evasão na educação superior no Brasil. Educação e Pesquisa, 45, 1-20. doi: 10.1590/S1678-4634201945198669.

Malan, M. (2020). Engaging students in a fully online accounting degree: an action research study. Accounting Education, 29(4), 321-339. doi: 10.1080/09639284.2020.1787855.

Manchein, C., Brugnago, E. L., Silva, R. M. da, Mendes, C. F. O., & Beims, M. W. (2020). Strong correlations between power-law growth of COVID-19 in four continents and the inefficiency of soft quarantine strategies. Chaos: An Interdisciplinary Journal of Nonlinear Science, 30(4). soi: 10.1063/5.0009454.

Marasca, A. R., Yates, D. B., Schneider, A. M. de A., Feijó, L. P., & Bandeira, D. R. (2020). Avaliação psicológica online: considerações a partir da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) para a prática e o ensino no contexto a distância. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, 1-11. doi: 10.1590/1982-0275202037e200085.

Markowska-Manista, U., & Zakrzewska-Ol?dzka, D. (2020). Family with children in times of pandemic – what, where, how? dilemmas of adult-imposed prohibitions and orders. Society Register, 4(3), 89-110. doi: 10.14746/sr.2020.4.3.05.

Martins, R. X. (2020). A covid-19 e o fim da educação a distância: um ensaio. EmRede - Revista de educação a distância, 7(1), 242-256, jan./jun. 2020. Recuperado de https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/620.

Martins, L. M. de., & Ribeiro, J. L. D. (2019). Proposta de um modelo de avaliação do nível de engajamento do estudante da modalidade a distância. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), 24(1), 8-25. doi: 10.1590/S1414-40772019000100002.

Mingoti, S. A. (2007). Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagem aplicada. Belo Horizonte: Editora UFMG.

Pimenta, A. M., Rosso, S. D., & Sousa, C. A. L. de. (2019). A reprodução educacional renovada: dualidade intrainstitucional no programa Universidade Aberta do Brasil. Educação e Pesquisa, 45, 1-14. doi: 10.1590/S1678-4634201945187362.

Portaria n. 343, de 17 de março de 2020. (2020). Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/Portaria/PRT/Portaria%20n%C2%BA%20343-20-mec.htm.

Ribeiro, H. C. M. (2014). O envolvimento da governança corporativa, sob a ótica da teoria dos stakeholders, na gestão e no controle das entidades esportivas. Tese (Doutorado em Administração), UNINOVE, São Paulo.

Ribeiro, H. C. M., & Corrrêa, R. (2021). Ensino remoto na educação superior em tempos de distanciamento social: uma investigação nas instituições de ensino superior privada de um grupo educacional do brasil. Revista GUAL, Florianópolis, 14(3), 139-161, set./dez. 2021. doi: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2021.e79255.

Santos, A. G., Pereira, R. da S., Palmisano, A., & Lucas, E. C. (2020). Instituições de ensino superior de capital aberto atuantes no Brasil: análise sob a ótica da governança e da responsabilidade socioambiental. Gestão & Regionalidade, 36(108), 181-201. doi: 10.13037/gr.vol36n108.5960.

Silva, A. G. da, Miranda, D. M., Diaz, A. P., Teles, A. L. S., & Malloy-Diniz, L. F. (2020). Mental health: why it still matters in the midst of a pandemic. Brazilian Journal of Psychiatry, 42, 229-231. doi:10.1590/1516-4446-2020-0009.

Silveira, S. R., Bertolini, C., Parreira, F. J., Cunha, G. B. da., & Bigolin, N. M. (2020). O Papel dos licenciados em computação no apoio ao ensino remoto em tempos de isolamento social devido à pandemia da COVID-19. Série Educar – Volume 40 – Prática Docente.

Schmitt, D. C., Bugalho, D. K., & Kruger, S. D. (2021). Percepções docentes e às estratégias de ensino-aprendizagem durante o isolamento social motivado pelo COVID-19. Revista Catarinense da Ciência Contábil, 20, e3133-e3133.

Souza, C J. de, Guerra, T. R. B., Carvalho, D. da S., Jesus, R. V. L. de., Costa, L. H. O. da, Issobe, M. K., Vieira, H. L. de S., Santos, D. A. dos., & Zamba, C. F. dos S. (2020). As interfaces da (re) invenção do ensino na graduação em enfermagem em tempo de COVID-19. Research, Society and Development, 9(7), 1-19. doi: 10.33448/rsd-v9i7.4190.

Valenti, V. E., Menezes, P. de L., Abreu, A. C. G. de, Vieira, G. N. A., & Garner, D. M. (2020). Medidas de distanciamento social podem ter reduzido as mortes estimadas relacionadas à COVID-19 no Brasil. Journal of Human Growth and Development, 30(2), 164-169. doi: 10.7322/jhgd.v30.10360.

Yamanaka, T. B., & Cappellozza, A. (2018). Explorando a influência integrada do Estímulo Docente sobre a intenção de uso das bibliotecas virtuais por estudantes de cursos à distância e presenciais no Brasil. Investigación bibliotecológica, 32(75), 19-45. doi: 10.22201/iibi.24488321xe.2018.75.57941.

Wargo, E. S., & D’alene, C. (2020). Intertwined higher education places and spaces. Journal for the Study of Postsecondary and Tertiary Education, 5, 79-84. doi: https://doi.org/10.28945/4535.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB. (2020). Edital simplificado emergencial nº 06/2020 seleção para auxílio instrumental prape/coape/ufpb. Recuperado em 14 novembro, 2020, de https://www.ufpb.br/prape/contents/editais-2020/edital-06-2020-auxilio-instumental-1.pdf/view.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB. (2020). Edital simplificado emergencial nº 07/2020 seleção para ação de inclusão digital Distribuição de Chip para Serviço Móvel Pessoal (SMP) com dados para acesso à internet PRAPE/COAPE/UFPB. Recuperado em 14 novembro, 2020, de https://www.ufpb.br/prape/contents/manuais/edital-07-2020-inclusao-digital-chips.pdf/view.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB. (2020). Resolução CONSEPE Nº 19/2020. Dispõe sobre a regulamentação de oferta de componentes curriculares para a graduação em um Período Suplementar, considerando o isolamento social decorrente da pandemia da Doença causada pelo Coronavírus 2019 (Covid-19), com início em 08 de setembro e término em 16 de dezembro de 2020. João Pessoa: UFPB, 2020. Recuperado em 14 novembro, 2020, de https://www.ufpb.br/ded/contents/documentos/resolucoes/resolucao-consepe-19-2020.pdf/view.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB. (2020). Resolução CONSEPE Nº 20/2020. Dispõe sobre a Regulamentação dos Encargos Docentes, em caráter excepcional e temporário, flexibilizando critérios presentes na Resolução n o 52/2018 do CONSEPE, em razão da pandemia da Doença causada pelo Coronavírus 2019 (Covid-19), durante a execução do Período Suplementar, compreendido entre 08 de setembro a 16 de dezembro de 2020. Recuperado em 14 novembro, 2020, de https://sig-arq.ufpb.br/arquivos/202011201533c62382342091e9d4ea1e6/Resp20.20_1.pdf.

Downloads

Publicado

04-07-2022

Como Citar

FERNANDES, M. S. A.; ALMEIDA, T. A. das N. .; RIBEIRO, H. C. M. Ensino remoto em tempos de distanciamento social: um estudo nos cursos de ciências contábeis e ciências atuariais. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 380–408, 2022. DOI: 10.21680/2176-9036.2022v14n2ID26358. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/26358. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) (S3)