"Fragmentos de um noturno": interlocuções e história em Paulo Gaiad

Palavras-chave: Paulo Gaiad, Fragmentos de um Noturno, Interlocuções e interdisciplinaridade, História da arte, Artes visuais

Resumo

Fragmentos de um noturno (2008) é a obra analisada no artigo, partindo da premissa que o artista, nomeadamente artista visual, oferece nessa série a possibilidade de experienciarmos outras manifestações de artes, interlocuções matéricas e conceituais, a ver, a música e a composição musical, sendo o piano e a música erudita abordados por Gaiad como imagem, desdobramentos de sua própria experiência de vida. Percepções visuais de uma sonoridade que não nos alcança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane R. N. Garcez, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Professora e crítica de arte. Mestre em Teoria e História da Arte pelo PPGAV – UDESC, bolsista Capes. Doutora pela Université Aix-Marseille, França, na área de Estudos e Ciências da Arte. Pós-doutora na linha de Teoria e História da Arte, pelo PPGAV-CEART, UDESC; bolsista CAPES/ PNPD, sob orientação de Sandra Makowiecky. É membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte Seção Brasil Aica Unesco (ABCA); membro da Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA/UNESCO); membro da Associação Nacional de Pesquisadores de Artes Plásticas (ANPAP). Publica frequentemente pesquisas na área de História da Arte bem como arte contemporânea.

Referências

BASCHIROTTO, Viviane. Considerações sobre o gesto na fatura. In: Dossiê Paulo Gaiad, Punctum, Florianópolis, UFSC, 2014. Disponível em: http://www.punctum.ufsc.br/consideracoes-sobre-o-gesto-na-fatura/. Acesso em: 25 out. 2020.

CASTRO, Elisiana T.; VIANA, Alice de O. A morte nos detalhes: religiosidade e elementos da estética funerária dos cemitérios de imigrantes alemães na Grande Florianópolis (SC). 2009. Disponível em: https://elisianacastro.files.wordpress.com/2009/06/artigo1-elisiana-e-alice.pdf. Acesso em: 10 mar. 2019.

CHEREM, Rosângela M. Sensibilidades biográficas e percepções temporais na obra de Paulo Gaiad. In: Anais do XXVIII Simpósio Nacional de História – Lugares dos historiadores, velhos e novos desafios. Florianópolis, 27 a 31 de julho de 2015. Disponível em: http://www.snh2015.anpuh.org/resources/anais/39/1434396861_ARQUIVO__SensibilidadesbiograficasepercepcoestemporaisnaobradePauloGaiad.pdf

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 2007.

DIDI-HUBERMAN, Georges. O que vemos, o que nos olha. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Editora 34, 1998.

GARCEZ, Luciane R. N. Paulo Gaiad e a poética da melancolia. In: Anais da ANPAP. 26º Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas Memórias e InventAÇÕES. Campinas, setembro de 2017. Disponível em: http://anpap.org.br/anais/2017/PDF/HTCA/26encontro______GARCEZ_Luciane_Ruschel_Nascimento.pdf

RIBENBOIM, Ricardo. Janelas Imaginárias. In: Dossiê Paulo Gaiad, Punctum, dez. 2014. Disponível em: http://www.punctum.ufsc.br/janelas-imaginarias/. Acesso em: 02 fev. 2019.

Publicado
26-10-2020
Como Citar
RUSCHEL NASCIMENTO GARCEZ, L. "Fragmentos de um noturno": interlocuções e história em Paulo Gaiad. ARJ – Art Research Journal / Revista de Pesquisa em Artes, v. 7, n. 2, 26 out. 2020.
Seção
Dossiê: Perspectivas Multidisciplinares no Campo da Arte