Ecos warburguianos na arte do presente: Cristina Brattig Almeida em "Nephele (Fragile)"

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36025/arj.v9i1.29663

Palavras-chave:

Nephele (Ninfa das nuvens), Pathos, Movimento e ninfas, Instalação com ninfas

Resumo

Um dos temas do Simpósio Internacional Warburg 2019 foi Ecos warburguianos en el arte del presente, de onde surgiu o título do trabalho, em que alguns ecos marcam presença em Cristina Brattig Almeida na instalação Nephele (Fragile), materializando-as como Nephele (Ninfa das nuvens), que é também o nome de uma espécie de mariposa, atraída pela luz. A imagem da ninfa revela-se na sua permanente e obsessiva presença em vários estudos, autores, artistas. A ninfa, imagem-sintoma, retorna do mundo antigo para o século XXI, em um museu, voando no espaço, em nove esculturas de cerâmica modeladas a mão. Vemos nesta instalação um dos atributos mais fundamentais para uma autêntica irrupção da ninfa: o movimento. Reconhecemos a força disseminativa da ninfa que permite que seja encontrada em toda parte num “jogo de transformações e metamorfoses” e que resiste a qualquer procedimento que intente atribuir-lhe um significado determinado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Makowiecky , Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Sandra Makowiecky é professora titular de Estética e História da Arte do Centro de Artes da UDESC, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil, e do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais. É membro da Associação Internacional de Críticos de Arte – Seção Brasil AICA UNESCO. Membro do Comitê Brasileiro de História da Arte e da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas. Suas pesquisas estão centradas em epistemologia e abordagens metodológicas da história da arte, que envolvem estudos sobre Aby Warburg.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Ninfas. São Paulo: Hedra, 2012.

ALPHEN, Ernst van. Lances de Hubert Damisch: pensando a arte na história. 2012. Disponível em < https://www.ppgav.eba.ufrj.br/wp-content/uploads/2012/01/ae13_Ernst_Alphen.pdf>. Acesso em: 10 dez. 2019.

BOTELHO, Marcela Tavares. O(s) tempo(s) da imagem [manuscrito]: uma investigação sobre o estatuto temporal da imagem a partir da obra de Didi-Huberman. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Filosofia, Artes e Cultura. Departamento de filosofia. Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2012. 114 f.

BURUCÚA, Jose Emílio et... [et al.]. Ninfas, serpientes, constelaciones: la teoría artística de Aby Warburg. - 1a ed . - Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Museo Nacional de Bellas Artes. Ministerio de Educación, Cultura, Ciencia y Tecnología, Secretaría de Gobierno de Cultura., 2019. 156 p.; 30 x 23 cm.

CALVINO, Ítalo. Por que ler os clássicos. São Paulo: Companhia de bolso, 2007.

CAMPOS, Daniela Queiróz. Heroína do Nachleben. A ninfa em Aby Warburg e em Georges Didi-Huberman. In: FLORES, M. B.; PETERLE, P. (Orgs.). História e arte: herança, memória e patrimônio. São Paulo: Rafael Copetti Editor, 2014.

CAMPOS, Daniela Queiroz. Uma outra ninfa moderna: A pin-up como uma ninfa de Aby Wargurg e Georges Didi-Huberman. In: Porto Arte: Revista de Artes Visuais. Porto Alegre: PPGAV-UFRGS, v. 22, n. 36, p.1-13, jan.-jun. 2017. e-ISSN 2179-8001. DOI: http://dx.doi. org/10.22456/2179-8001.56421

CAMPOS, Daniela Queiroz; FLORES, Maria Bernardete Ramos. Vênus Desnuda: a nudez entre o pudor e o horror. In: Rev. Bras. Estud. Presença, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 248-276, abr./jun. 2018. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/2237-266074145> Acesso em: 10 dez. 2019

DAMISCH, Hubert. Théorie du /nuage/. Pour une histoire de la peinture. Paris : Éditions du Seuil, 1972: 147.

DELEUZE, Gilles. Cinema 2. A Imagem-tempo. São Paulo: Brasiliense, 2005.

DIDI-HUBERMAN, G. “S’inquiéter devant chaque image”: depoimento. [Outubro, 2006]. In: Paris: Revista Vacarme, n. 37. Entrevista concedida a Mathieu Potte-Bonneville e Pierre Zaoui. Disponível em: http://www.vacarme.org/article1210.html. Acesso em: 13 dez. 2019.

DIDI-HUBERMAN, G. La imagen mariposa. Barcelona: Mudito & Co, 2007.

DIDI-HUBERMAN, Georges. La condition des images : Entretien avec Frederic Lambert et François Niney. In: Mediamorphoses, n.22, p. 6-17, 2008. Disponível em: http://documents.irevues.inist.fr/handle/2042/28239 Acesso em: 23 nov. 2018.

DIDI-HUBERMAN, Georges. A imagem sobrevivente. História da arte e tempo dos fantasmas segundo Aby Warburg. Rio de Janeiro: Editora Contraponto/Museu de Arte do Rio de Janeiro, 2013.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Ninfa moderna. Paris: Gallimard, 2002.

DIDI-HUBERMAN, Georges. De la Nymphe, et de sa chute. In: DIDI-HUBERMAN, Georges. Ninfa moderna. Paris: Gallimard, 2002. p. 7-24.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Ninfa Fluida. Essai sur le drapé-désir. Paris : Éditions Gallimard, 2015, p.44.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Ouvrir Vênus : Nudité, rêve, cruauté. Paris: Gallimard, 1999.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Venus rajada. Buenos Aires: Editorial Losada, 2005.

GOETHE, Johann Wolfgang von. O jogo das nuvens. Trad. João Barrento. 2 ed. Lisboa: Assírio & Alvim, 2012.

MARCELINO, L. Detalhes em movimento ou a sobrevivência da ninfa. In: Gambiarra (Niterói), v. 1, p. 87-101, 2014.

MARQUES, Luiz. (org.) A Fábrica do antigo. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2008, p .11-23.

MICHAUD, Philipe-Alain. Aby Warburg e a imagem em movimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013.

NOVAES, Adauto. Herança sem testamento? In: NOVAES, Adauto (org.). Mutações. Ensaios sobre as novas configurações do mundo. SESC/ SP. Rio de janeiro: Agir, 2008. s.p.

OVÍDIO. Metamorphoses. São Paulo: Editora 34, 2017. Edição: Edição bilíngue (30 de junho de 2017).

WARBURG, Aby. A Renovação da Antiguidade Pagã. Contribuições científico-culturais para a história do Renascimento europeu. Tradução de Markus Heideger. Rio de Janeiro: Editora Contraponto, 2014.

WARBURG, Aby. Atlas Mnemosyne. Madri: EdicionesAkal, 2010.

WARBURG, Aby. O nascimento de Vênus e a Primavera. In: WARBURG, Aby. A renovação da Antiguidade pagã. Contribuições científico-culturais para a história do Renascimento europeu. Rio de Janeiro: Editora Contraponto, 2013.

WARBURG, Aby. Ninfa Florentina. Fragmento de um projeto sobre as ninfas. Porto: Projecto Ymago, KKYM, 2012.

WEDEKIN, Luana Maribele. No caminhar da ninfa: processos de potencialização e domesticação da imagem em Warburg e Panofsky. In Anais do 27o Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, 27o, 2018, São Paulo. Anais do 27o Encontro da Anpap. São Paulo: Universidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Artes, 2018. p.1931-1946.

Downloads

Publicado

28-07-2022

Como Citar

MAKOWIECKY , S. Ecos warburguianos na arte do presente: Cristina Brattig Almeida em "Nephele (Fragile)". ARJ – Art Research Journal: Revista de Pesquisa em Artes, [S. l.], v. 9, n. 1, 2022. DOI: 10.36025/arj.v9i1.29663. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/artresearchjournal/article/view/29663. Acesso em: 26 set. 2022.