Idolatria iconoclasta: figurações paradoxais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36025/arj.v9i1.29693

Palavras-chave:

Vulvas, Marianismo, Engrama, Sincretismo visual

Resumo

Com o pensamento de Aby Warburg, este texto articula criação, historiografia e iconologia em reinvenções e apropriações de ícones da Virgem Maria junto a imagens de genitais. Ao se textualizar interstícios entre a estrita pesquisa imagética e o projeto poético Idolatria Iconoclasta, o problema historiográfico que se apresenta é seu próprio atlas. Este constitui uma amostra polivalente de santas e vulvas, constituindo uma grande coleção de referências e coincidências. As ramificações labirínticas das imagens, assim como seus critérios de seleção, mostram as dificuldades para se extrair uma síntese unitária, mesmo operando agrupamentos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paola Zordan, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Paola Zordan (doutora) é professora do Departamento de Artes Visuais e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coordena grupos transdisciplinares em criações variadas. Vive e trabalha em Porto Alegre, Brasil.

Referências

DELEUZE, Gilles. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 1988.

DIDI-HUBERMAN, Georges. A imagem sobrevivente: história e tempo dos fantasmas segundo Aby Warburg. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Atlas ou o gaio saber inquieto. O olho da História, III. Belo Horizonte, Editora UFMG, 2018.

Disponível em: https://seer.ufrgs.br/presenca/article/view/78859

FILHO, Olinto Rodrigues dos Santos. A Matriz de Santo Antônio em Tiradentes. Brasília: IPHAN/Programa Monumenta, 2010.

GOMBRICH. O uso das imagens. Porto Alegre: Bookman, 2012.

GOMES, Paola B.M.B. Genitais Femininos e os Lugares da Diferença. In: FONSECA, Tânia Mara Galli e KIRST, Patrícia Gomes (Orgs.) Cartografias e Devires: a construção do presente. Porto Alegre, Editora da UFRGS, 2003, p. 273-297.

TORELLY, Gabriel ; ZORDAN, Paola. Língua Mata Virgem Brasílica: um perspectivismo dos saberes transversos. REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS DA PRESENÇA, v. 9, p. 1, 2019.

WARBURG, Aby. Atlas Mnemosyne. Madrid: Akal, 2010.

WARBURG, Aby. Histórias de Fantasma para Gente Grande: escritos, esboços e conferências. São Paulo: Editora Schwarcz, 2015.

ZORDAN, Paola. Melodrama e Ideal Ascético em Nietzsche: para pensar o mau gosto. Palíndromo, v. 3, p. 203-221, 2010.

ZORDAN, Paola. O cuidado feminino. Margens (UFPA), v. 4, p. 157-196, 2008.

ZORDAN, Paola. Princesas: produção de subjetividade feminina no imaginário de consumo. Curitiba: CRV, 2019.

ZORDAN, Paola. Virgem Senhora Nossa Mãe Paradoxal. História: Questões & Debates, Curitiba, volume 65, n.2, p. 239-263, jul./dez. 2017. Disponível em: http://revistas.ufpr.br/historia/article/view/47241/33505

ZORDAN, Paola; MOMBACH, Vania. Corpo de passagem. In: 16o. Encontro Nacional da Associação Nacional de Pesquisa em Artes Plásticas: dinâmicas epistemológicas em artes visuais, 2007, Florianópolis - SC. Dinâmicas epistemológicas em Artes Visuais. Florianópólis (SC): Clicdata Multimídia, 2007. p. 1-10.

Downloads

Publicado

28-07-2022

Como Citar

BASSO MENNA BARRETO GOMES ZORDAN, P. Idolatria iconoclasta: figurações paradoxais. ARJ – Art Research Journal: Revista de Pesquisa em Artes, [S. l.], v. 9, n. 1, 2022. DOI: 10.36025/arj.v9i1.29693. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/artresearchjournal/article/view/29693. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Outros tempos e outras geografias / Otras épocas y otras geografías