Contextos e desafios para o desenvolvimento da Pós-Graduação profissional em artes no Brasil: A questão da pesquisa

Autores

  • Lucas Robatto Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia

DOI:

https://doi.org/10.36025/arj.v2i1.6738

Palavras-chave:

Pós graduação profissional em Artes, Conceito de Pesquisa, Marcos regulatórios brasileiros

Resumo

Partindo de uma breve introdução sobre os desenvolvimentos históricos da pós graduação nos contextos internacional e brasileiro e da análise do arcabouço normativo pertinente no Brasil, o presente trabalho pretende contribuir para o delineamento conceitual do que seriam as atividades de pesquisa dentro dos programas de pós graduação stricto sensu na área de Artes no Brasil. Sem pretender abordar questões epistemológicas ou teóricas sobre a conceituação de pesquisa, este trabalho objetiva uma conceituação “prática”, dirigida à operacionalização dos diversos aspectos que tratam da pesquisa no funcionamento dos programas de pós graduação profissional em Artes no Brasil, apresentando em sua conclusão alguns conceitos derivados da experiência da aplicação desta conceituação em um Mestrado Profissional na área das Artes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Robatto, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia

Professor da UFBa e 1º Flautista da OSBA. Graduado e mestre pela Escola Superior de Música de Karlsruhe (Alemanha), doutor pela Universidade de Washington, Seattle (Estados Unidos). Foi bolsista do DAAD (Alemanha), da Fundação Vitae (Brasil) e da Capes (Brasil), tendo sido premiado em vários concursos nacionais e internacionais. Tem participado ativamente como artista convidado em numerosas orquestras, cursos e festivais de música no Brasil, Europa, Américas do Sul e do Norte. Atualmente exerce o cargo de Coordenador do Mestrado Profissional em Música da UFBa e é o Secretário do Fórum Nacional dos Mestrados Profissionais do Brasil.

Referências

BOURNER, Tom; BOWDEN, Rachel; LAING, Stuart. Professional Doctorates in England. In: Studies in Higher Education, Londres, v. 26, n. 1, p. 65-83, 2001.

BRASIL. Conselho de Educação Superior. Parecer 977/65. De 03 de dezembro de 1965. Disponível em: <http://www.foprof.org.br/documentos/parecer-977-ces-newton-sucupira/>. Acesso em: 23 fev. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2005-2010. Coordenação de Pessoal de Nível Superior: Brasília, 2004. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/PNPG_2005_2010.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 5.798. De 7 de junho de 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5798.htm>. Acesso em: 23 fev. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa Nº 17. De 28 de dezembro de 2009. Disponível em: <http://www.foprof.org.br/documentos/portaria-normativa-mec-n17-28-12-2009/>. Acesso em: 23 fev. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2011-2020: volume I. Coordenação de Pessoal de Nível Superior: Brasília, 2010. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/Livros-PNPG-Volume-I-Mont.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A Necessidade de Desenvolvimento da Pós-Graduação Profissional e o Ajustamento do Sistema de Avaliação às Características desse Segmento: documento anexo à ata da 65a reunião do Conselho Técnico-Científico da CAPES, realizada nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2002. In: INFOCAPES: Boletim Informativo, Brasília, v. 10, n. 1, p. 49-56, 2002. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/Infocapes10_2_2002.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área e Comissão da Trienal 2013 [Área de Avaliação: Artes Música], 2013a. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacaotrienal/Docs_de_area/Artes_Musica_doc_area_e_comissão_16out.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área e Comissão da Trienal 2013 [Área de Avaliação: Interdisciplinar], 2013b. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacaotrienal/Docs_de_area/Interdisciplinar_doc_area_e_comissão_block.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

CAVALCANTE, Luiz Ricardo. Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: uma análise com base nos indicadores agregados. In: Textos para Discussão do IPEA, Rio de Janeiro, n. 1458, 2009. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/TDs/td_1458.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

COELHO, Edmundo Campos. A Sinecura Acadêmica: a ética universitária em questão. São Paulo: Edições Vértice, 1988.

COESSENS, Kathleen; DOUGLAS, Anne; CRISPIN, Darla. The Artistic Turn: A Manifesto, Orpheus Research Centre in Music Series, 1, Leuven: Leuven University Press, 2009.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Quadragésimo Ano do Parecer CFE No 977/65. In: Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 30, p. 7-20, 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000300002&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 23 fev. 2015.

FISCHER, Tânia. Seduções e Riscos: a experiência do mestrado profissional. In: Revista de Administração de Empresas, São Paulo, vol. 43, n. 2, 2003. Disponível em: <http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S0034-75902003000100010.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

FISCHER, Tânia. Educação Profissional: proposições sobre educação profissional em nível de pós-graduação para o PNPG 2011-2020. In: BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2011-2020: volume I. Coordenação de Pessoal de Nível Superior: Brasília, 2010, p. 259-276.

HASKINS, Charles Homer. The Rise of Universities. New York: Henry Holt and Company. 1923. Disponível em: <http://www.elfinspell.com/UniversitiesTitle.html>. Acesso em: 23 fev. 2015.

HOSTINS, Regina Célia Linhares. Os Planos Nacionais de Pós-graduação (PNPG) e suas Repercussões na Pós- graduação Brasileira. In: Perspectiva, Florianópolis, v. 24, n. 1, p. 133-160, 2006. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/10315/9578>. Acesso em: 23 fev. 2015.

LEE, Nancy-Jane. Achieving your Professional Doctorate. Berkshire: Open University Press. 2009.

MENDONÇA, Ana Waleska Pollo Campos. A Pós- Graduação como Estratégia de Reconstrução da Universidade Brasileira. In: Educar em Revista, Curitiba, n. 21, p. 289-308. 2003. Disponível em: <http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs/index.php/educar/article/view/2136/1788>. Acesso em: 23 fev. 2015.

MOREIRA, Maria Lígia; VELHO, Lea. Pós-Graduação no Brasil: da concepção “ofertista linear” para “novos modos de produção do conhecimento” - implicações para avaliação. In: Avaliação, Sorocaba, v. 13, n. 3, p. 625-645, 2008. Disponível em: <http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php?journal=avaliacao&page=article&op=view&path%5B%5D=275&path%5B%5D=276>. Acesso em: 23 fev. 2015

MUSCARÁ, Francisco. Sobre la Naturaleza de los Estudios Universitarios. In: Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.45, p. 3-23, 2012. Disponível em: <http://www.histedbr.fe.unicamp.br/revista/edicoes/45/art01_45.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

NATIONAL ASSOCIATION OF SCHOOLS OF MUSIC. Handbook 2014–15. Reston: National Association of Schools of Music, 2014. Disponível em: <http://nasm.arts-accredit.org/site/docs/Handbook/NASM_HANDBOOK_2014-15.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

OCDE. Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Manual de Frascati. São Paulo: Editora Pancrom/F.Iniciativas, 2013. Disponível em: <http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/2043.html>. Acesso em: 23 fev. 2015.

RASHDALL, Hastings. The Universities in Europe in the Middle Ages. 2 v. Oxford: Claredon Press, 1895.

ROBATTO, Lucas. A Interpretação Musical: o trânsito entre prática e academia mediado pela ideologia. In: VIEIRA, Lia Braga; TOURINHO, Ana Cristina Gama dos Santos; ROBATTO, Lucas (Org.). Trânsito entre Fronteiras na Música. Belém: PPGArte/UFPA, 2013, p. 56-94.

SANTOS, Cássio Miranda dos. Os Primeiros Passos da Pós-Graduação no Brasil: a questão da dependência. In: Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, Rio de Janeiro, v.10, n.37, p. 479-492, 2002. Disponível em: <http://educa.fcc.org.br/pdf/ensaio/v10n37/v10n37a05.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2015.

Publicado

30-06-2015

Como Citar

ROBATTO, L. Contextos e desafios para o desenvolvimento da Pós-Graduação profissional em artes no Brasil: A questão da pesquisa. ARJ – Art Research Journal: Revista de Pesquisa em Artes, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 95–111, 2015. DOI: 10.36025/arj.v2i1.6738. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/artresearchjournal/article/view/6738. Acesso em: 26 set. 2022.