A construção da Paróquia

Espaço e participação na capitania do Rio Grande do Norte

Autores

  • Thiago do Nascimento Torres de Paula UFRN

Palavras-chave:

Igreja, Paróquia, Colono, Participação

Resumo

O objetivo deste texto é discutir como se configurou o espaço de uma paróquia no período colonial. Dessa maneira selecionamos a paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, que correspondia no século XVIII a cidade do Natal e regiões vizinhas. Para isso, fizemos o uso das seguintes fontes: os Assentos de batismo, casamento e óbito, incluído também neste corpus documental o primeiro Livro de Tombo da igreja matriz e o testamento de Dona Catharina Peralta Rangel. Documentos estes que foram tratados e analisados a luz da História social. Por fim, concluímos que a presença do clero secular, da igreja matriz e suas capelas, assistindo religiosamente os colonos que participavam ativamente da vida cotidiana daquele espaço, dava a paróquia o real sentido de sua existência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago do Nascimento Torres de Paula, UFRN

Graduado em História pela UFRN, mestre em História pela mesma universidade, professor da Rede Estadual do Rio Grande do Norte e Municipal de Ensino de Tibau do Sul.

Arquivos adicionais

Publicado

09-06-2010

Como Citar

DE PAULA, T. do N. T. A construção da Paróquia: Espaço e participação na capitania do Rio Grande do Norte. Revista Espacialidades, [S. l.], v. 3, n. 02, p. 01–26, 2010. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/espacialidades/article/view/17656. Acesso em: 4 fev. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)