O tempo na escrita de um espaço

a cidade de Russas-CE na obra do escritor Airton Maranhão

  • Ruan Mendes Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Tempo, Espaço, Literatura, História

Resumo

Toda a obra literária de Maranhão foi dedicada à cidade de Russas e sua gente. Vamos investigar a escrita desse autor como construtora de memórias, constituindo-se assim numa escrita formuladora de sentidos para o passado e para as espacialidades, uma arte ficcional desejosa de ser uma arte capaz “de dar tempo ao espaço”. O objetivo é analisar a concepção de tempo na obra do escritor russano e compreender seus usos e acionamentos em uma prática de escrita pela qual visou dotar um espaço – o seu “torrão natal” - de uma inscrição na história. Também analisaremos quais as relações de Maranhão dentro do “campo artístico” do qual fez parte e os usos que fez - pela via literária - do “fantástico” para construir memórias para um espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruan Mendes, Universidade Federal do Ceará

Graduado em História pela UECE/FAFIDAM. Mestre Interdisciplinar em História e Letras pela UECE/FECLESC. Doutorando em História Social pela UFC. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0627947482271690. E-mail: ruan.carlos.mendes@hotmail.com.

Publicado
18-07-2020
Como Citar
MENDES, R. O tempo na escrita de um espaço. Revista Espacialidades, v. 16, n. 2, p. 122-138, 18 jul. 2020.