CLASSES SOCIAIS E ESTRATIFICAÇÃO EM “OLHAIS OS LÍRIOS DO CAMPO”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1982-1662.2021v4n31ID17967

Resumo

O presente artigo analisa o romance “Olhai os lírios do campo” de Érico Veríssimo a partir da teoria de classe de Karl Marx e da estratificação social de Max Weber. Discute, a partir das relações do protagonista, Eugênio Fontes, como conceitos como ideologia, para Marx, e estamento, para Weber, operam no mundo do romance. Apesar das diferenças destas teorias, elas possibilitam acompanhar coisas como a resignação dos pais com a pobreza e o desconforto de Eugênio na interação com as rodas da elite.

 

Palavras-chave: Olhai os lírios do campo. Romance. Classes Sociais. Estratificação Social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-04-2021

Como Citar

SOUZA, A. A. CLASSES SOCIAIS E ESTRATIFICAÇÃO EM “OLHAIS OS LÍRIOS DO CAMPO”. Revista Inter-Legere, [S. l.], v. 4, n. 31, p. c17967, 2021. DOI: 10.21680/1982-1662.2021v4n31ID17967. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/view/17967. Acesso em: 8 fev. 2023.