A SOCIOLOGIA DA CULINÁRIA BRASILEIRA DE UMA PERSPECTIVA MATERIALISTA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1982-1662.2019v2n25ID18350

Resumo

O presente artigo procura mostrar que dentre os vários domínios da sociologia da alimentação, aquele que cuida da transformação material do alimento, a sociologia da culinária, precisa reconhecer que seus pressupostos são específicos, conferindo centralidade ao processo de produção e aos seus componentes – como ingredientes e técnicas – para poder contribuir ao entendimento holístico da alimentação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Dória, IFCH/UNICAMP

Possui doutorado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (2007) e pós-doutorado pela mesma universidade (2011). Especializado em sociologia da alimentação e em sociologia do conhecimento.

Downloads

Publicado

29-07-2019

Como Citar

ALBERTO DÓRIA, C. A SOCIOLOGIA DA CULINÁRIA BRASILEIRA DE UMA PERSPECTIVA MATERIALISTA. Revista Inter-Legere, [S. l.], v. 2, n. 25, p. c18350, 2019. DOI: 10.21680/1982-1662.2019v2n25ID18350. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/view/18350. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ SOCIOLOGIA DA ALIMENTAÇÃO