Circuito Curto de Comercialização Agroecológico

o caso do Mercado da Vida (Bonito/Pernambuco)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1982-1662.2024v7n39ID32246

Palavras-chave:

Mercado da Vida, Circuitos curto de comercialização, Produtos agroecológicos, Iramuteq

Resumo

É crescente o movimento em torno de um sistema agroalimentar sustentável, valorizando os produtos agroecológicos. Isso se deve, em grande parte, ao fato de os consumidores virem se questionando quanto à qualidade daquilo que eles têm consumido, devido às crises alimentares e às críticas ao modelo convencional. Diante desse contexto, o presente texto tem como objetivo delimitar atributos de práticas agroecológicas tomando como base empírica experiências de agricultores familiares em circuito curto de comercialização de alimentos no Mercado da Vida (Bonito/PE). Como metodologia, além da revisão bibliográfica, foi construído um estudo de caso. O trabalho contou com entrevistas semiestruturadas com os agricultores familiares e uma gestora da secretaria de agricultura e meio ambiente do município. Os dados coletados nas entrevistas foram processados no software Iramuteq e analisados por meio da lexicometria. É possível observar que o grupo adquiriu maior autonomia para decidir sobre o que produz, como produz e para quem vender. No entanto, a partir da reflexão sobre essa iniciativa, foi possível constatar que, apesar do seu êxito, ainda são muitos os desafios a que enfrentar, sendo o principal conquistar o consumidor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia de Souza Amaral, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestra pelo programa de pós-graduação em Estudos Urbanos e Regionais (UFRN). Atualmente, discente no programa de pós-graduação em administração (UFRN). Possui experiência como pesquisadora e em ações de extensão na área de Economia Rural. Suas áreas de interesse são: sistema agroalimentar, agricultura familiar, circuitos curtos de comercialização, agroecologia e questões de gênero na agricultura.

Suzana Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestre em Administração (PPGA-UFRN, 2018). Graduação em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015). Professora EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Doutoranda em Administração (PPGA-UFRN). Experiência na área de Administração, com ênfase em Gestão Social, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão social, política habitacional, participação social, gestão de pessoas e marketing.

Washington Sousa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professor Titular do Departamento de Administração Pública e Gestão Social (DAPGS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atua em ensino, pesquisa e extensão no campo da Gestão Social e orienta alunos de graduação, especialização, mestrado e doutorado em temas como economia solidária, reforma agrária, agricultura familiar, trabalho voluntário, gestão de organizações não governamentais e gestão social de políticas públicas com foco na participação e no controle social. Coordena o Curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas desde 2014. 

Referências

ALTIERI, Miguel A.; FUNES-MONZOTE, Fernando R.; PETERSEN, Paulo. Agroecologically efficient agricultural systems for smallholder farmers: contributions to food sovereignty. Agronomy For Sustainable Development, [s.l.], v. 32, n. 1, p.1-13, 14 dez. 2011. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s13593-011-0065-6.

AMARAL, L. S. Circuitos curtos de comercialização: um estudo sobre a CECAFES. 2020. 138f. Dissertação (Mestrado em Estudos Urbanos e Regionais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.

AMARAL, L. S. et al. O papel das Cadeias Curtas de Comercialização na construção de um modelo de desenvolvimento rural sustentável no semiárido nordestino: o caso da Central de Comercialização da Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte (CECAFES). Desenvolvimento e meio ambiente, v. 55, 2020.

CAMARGO, B. V.; JUSTO, A. M. Tutorial para uso do software IRAMUTEQ. Santa Catarina: Universidade Federal de Santa Catarina, 2016.

CAPORAL, F R; COSTABEBER, J A. SEGURANÇA ALIMENTAR E AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: UMA PERSPECTIVA AGROECOLÓGICA. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 1, n. 1, nov. 2006. ISSN 2236-7934. Disponível em: http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/1471. Acesso em: 06 ago. 2019.

CARVALHO, Leandro de et al. O processamento artesanal de alimentos e os mercados de circuito curtos como estímulos ao desenvolvimento de sistemas de produção mais sustentáveis. Cadernos de Agroecologia, v. 13, n. 1, 2018.

COSTA, Maria da Graça. Agroecologia, (eco)feminismos e 'bem-viver': emergências descoloniais no movimento ambientalista brasileiro. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 & 13th Women's Worlds Congress, 2017, Florianópolis. Anais do XI Seminário Internacional Fazendo Gênero [recurso eletrônico]: 13th. Women’s Worlds, p. 1-12, 2017.

CHIFFOLEAU, Y.; PREVOST, B. Les circuits courts, dês inovations sociales pour une alimentation durable dans lês territoires. Norois, No 224, p.7-20, 2012.

DAROLT, M. R.; LAMINE, C.; ALENCAR, M. de C. F.; ABREU, L. S. Redes alimentares alternativas e novas relações produção-consumo na França e no Brasil. In: BRANDENBURG, A.; BILLAUD, J.; LAMINE, C. (Org.). Redes de agroecologias: experiências no Brasil e na França. Curitiba: Kairós Edições, p. 111-133, 2015.

DIAS, Valéria da Veiga; RÉVILLION, Jean Philippe; TALAMINI, Edson. Cadeias curtas de alimentos orgânicos: aspectos das relações de proximidade entre consumidores e agricultores no Brasil. In: GAZOLLA, Márcio; SCHINEIDER, Sérgio. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas: negócios e mercados da agricultura familiar. Porto Alegre: Ufrgs, p. 23-67, 2017.

FONSECA, Maria Fernanda de Albuquerque Costa; ALMEIDA, Lucia Helena Maria de; COLNAGO, Nathalia Fendeler. Características, estratégias, gargalos, limites e desafios dos circuitos curtos de comercialização de produtos orgânicos no Rio de Janeiro: as feiras. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 4, n. 2, 2009.

GOODMAN, D. Espaço e lugar nas redes alimentares alternativas: conectando produção e consumo. In: Schneider, S.; Gazolla, M. (org.). Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas: negócios e mercados da agricultura familiar. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p.259-280, 2017.

GOODMAN, D. The quality ‘turn’ and alternative food practices: reflections and agenda. Journal of Rural Studies, New York, v. 19, p.1-7, 2003.

GOODMAN, D.; DUPUIS, E.; GOODMAN, M. Alternative food networks. London; New York: Routledge, 2012.

GUÉNEAU, E. et al. A construção das políticas estaduais de agroecologia e produção orgânica no Brasil. Revista Brasileira de Agroecologia. Dois Vizinhos, PR. Vol. 14, n. 2 (jun. 2019), p.[7]-21, 2019.

NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano de. A nova arquitetura dos mercados para produtos orgânicos: o debate da convencionalização. In: NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano de; VEZZANI, Fabiane Machado. Agroecologia: Prática, Mercados e Políticas para uma Nova Agricultura. Curitiba: Kairós, p. 23-67, 2013.

PLOEG, J. D. Mercados aninhados recém criados: uma introdução teórica. In: MARQUES, F.C.; CONTERATO, M.A.; SCHNEIDER, S. Construção de mercados e agricultura familiar – desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2016.

PLOEG, J. D. Camponeses e Impérios Alimentares: lutas por autonomia e sustentabilidade na era da globalização. Porto Alegre: UFRGS Editora, 2008.

RENTING, H.; MARSDEN, T.; BANKS, Jo. Compreendendo as redes alimentares alternativas: o papel de cadeias curtas de abastecimento de alimentos no desenvolvimento rural. In: Gazolla, M.; Schneider, S. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas: negócios e mercados da agricultura familiar. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p. 27-51 , 2017.

SANTOS, Boaventura de Sousa; MENESES, Maria Paula. (Orgs.) Epistemologias do Sul. São Paulo; Editora Cortez, 2010.

SCHNEIDER, Sérgio. Mercados e Agricultura Familiar. In: MARQUES, Flávia Charão; CONTERATO, Marcelo Antônio; SCHNEIDER, Sérgio. Construção de Mercados e Agricultura Familiar. Desafios para o Desenvolvimento Rural. Porto Alegre: UFRGS, p. 93-140, 2016.

SONNINO, Roberta; MARSDEN, Terry. Além da linha divisória: repensando relações entre redes alimentares alternativas e convencionais na Europa. In: Cadeias Curtas e Redes Agroalimentares Alternativas: Negócios e Mercados da Agricultura Familiar. UFRGS-Universidade Federal do Rio Grande do Sul, p. 105-128, 2017.

SOUZA ROSSI et al. Rede regional de agroecologia–um plano piloto: um sistema de informações integradas na gestão rural sustentável. Cadernos de Agroecologia, v. 2, n. 1, 2007.

Downloads

Publicado

31-01-2024

Como Citar

AMARAL, L. de S.; MELISSA DE MOURA MAFRA DA SILVA, S.; JOSÉ DE SOUSA, W. Circuito Curto de Comercialização Agroecológico: o caso do Mercado da Vida (Bonito/Pernambuco). Revista Inter-Legere, [S. l.], v. 7, n. 39, p. c32246, 2024. DOI: 10.21680/1982-1662.2024v7n39ID32246. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/view/32246. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)