CONHECIMENTOS E PRÁTICAS DE SAÚDE BUCAL POR PACIENTES INTERNADOS E EQUIPE HOSPITALAR

  • Anderson de Souza Fernandes
  • Gustavo Barbalho Guedes Emiliano
  • Ana Rafaela Luz de Aquino Martins
  • Georgia Costa de Araújo Souza
Palavras-chave: Saúde bucal, Higiene bucal, Assistência hospitalar, Serviços hospitalares, Educação em saúde, Assistência integral à saúde.

Resumo


Introdução: Indivíduos hospitalizados mantêm maior atenção para as doenças de base. Logo, negligenciam outros cuidados como a higiene bucal. Não obstante, a equipe hospitalar multidisciplinar, na ausência do cirurgião-dentista, em geral não se considera responsável pelos cuidados bucais dos pacientes. Objetivo: Identificar os conhecimentos e práticas de saúde bucal dos pacientes internados, além de analisar as ações de promoção e prevenção em saúde bucal prestadas pelos profissionais de um Hospital de referência para a Região do Seridó, Rio Grande do Norte. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório e transversal, realizada com 166 pacientes e 50 profissionais da equipe hospitalar. Utilizou-se de entrevistas semiestruturadas como instrumento de coleta de dados. Resultados: No período da internação hospitalar, 85,5% (n=142) dos pacientes estavam com escova e creme dental, porém 15,7% (n=26) não escovaram os dentes e 18,1% (n=30) escovaram apenas uma vez em todo o período da internação. O fio dental não foi utilizado por 97,6% (n=162) dos entrevistados. Ademais, 97,6% (n=162) dos pacientes não receberam quaisquer orientações de saúde bucal pelos profissionais. Por outro lado, 58,0% (n=29) da equipe hospitalar consideram seus conhecimentos sobre saúde bucal insatisfatórios. Conclusões: É fato que alguns pacientes negligenciam os hábitos de higiene bucal, além de não ser rotina dos profissionais cuidar da saúde bucal dos enfermos. Com isso, percebe-se o quão importante é a atuação do cirurgião-dentista no âmbito hospitalar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

  • Proença MO, Agnolo CMD. Internação em unidade de terapia intensiva: percepção de pacientes. Rev. Gaúcha Enferm. 2011; 32(2): 279-286.

  • Silvestre-Rangil J, Silvestre FJ, Espín-Gálvez F. Hospital dental practice in special patients. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. 2014; 19(2): 163-169.

  • Sousa LLA, Silva Filho WLSe, Mendes RF, Moita Neto JM, Prado Junior RR. Oral health of patients under short hospitalization period: observational study. J Clin Periodontol. 2014; 41: 558-563.

  • Terezakis E, Needleman I, Kumar N, Moles D, Agudo E. The impacto of hospitalization on oral health: a systematic review. J Clin Periodontol. 2011; 38: 628-636.

  • Needleman I, Hyun-Ryu J, Brealey D, Sachdev M, Moskal-Fitzpatrick D, Bercades G, et al. The impact of hospitalization on dental plaque accumulation: an observational study. J Clin Periodontol 2012; 39: 1011–1016.

  • Barnes CM. Dental hygiene intervention to prevent nosocomial pneumonias. J Evid Dent Pract. 2014; 14: 103-114.

  • Oliveira LCBS, Carneiro PPM, Fischer RG, Tinoco EMB. A presença de patógenos respiratórios no biofilme bucal de pacientes com pneumonia nosocomial. Rev Bras Ter Intensiva. 2007; 19(4): 428-33.

  • Neto AC, Ramos SP, Sant’ana ACP, Passanezi E. Oral health status among hospitalized patients. Int J Dent Hygiene. 2011; 09: 21-29.

  • Santos CML, Gomes-Filho IS, Passos JS, Cruz SS, Goes CSB, Cerqueira EMM. Fatores associados à doença periodontal em indivíduos atendidos em um hospital público de Feira de Santana, Bahia. Revista Baiana de Saúde Pública. 2011; 35: 87-102.

  • Kahn S, Garcia CH, Júnior JG, Namen FM, Machado WAS, Júnior JAS, et al. Avaliação da existência de controle de infecção oral nos pacientes internados em hospitais do estado do Rio de Janeiro. Ciênc. saúde coletiva. 2008; 13(6): 1825-1831.

  • Lima DC, Saliba NA, Garbin AJI, Fernandes LA, Garbin CAS. A importância da saúde bucal na ótica de pacientes hospitalizados. Ciênc. Saúde Coletiva. 2011; 16(1): 1173-1180.

  • Schawartzmann PV, Volpe GJ, Vilar FC, Moriguti JC. Pneumonia comunitária e pneumonia hospitalar em adultos. Medicina (Ribeirão Preto). 2010; 43(3): 238-248.

  • Godoi APT, Francesco AR, Duarte A, Kemp APT, Silva-Lovato CH. Odontologia Hospitalar no Brasil. Uma visão geral. Revista de Odontologia da UNESP. 2009; 38(2): 105-109.

  • Araújo RJG, Vinagre NPL, Sampaio JMS. Avaliação sobre a participação de cirurgiões-dentistas em equipes de assistência ao paciente. Acta Scientiarium Maringá. 2009; 31(2): 153-157.

  • Faiçal AMB, Mesas AE. Cuidados com a saúde bucal de pacientes hospitalizados: conhecimento e práticas dos auxiliares de enfermagem. Revista Espaço para a Saúde. 2008; 10(1): 01-06.

  • Mattevi GS, Figueiredo DR, Patrício ZM, Rath IBS. A Participação do Cirurgião-Dentista em Equipe de Saúde Multidisciplinar na Atenção à Saúde da Criança no Contexto Hospitalar. Ciência & Saúde Coletiva. 2011; 16(10): 4229-4236.

  • Moysés SJ. Desigualdades em saúde bucal e desenvolvimento humano: um ensaio em preto, branco e alguns tons de cinza. Revista Brasileira de Odontologia em Saúde Coletiva. 2000; 1(1):7 -17.

  • Lorenzo JL. Microbiologia para o estudante de odontologia. São Paulo: Atheneu; 2004.

Publicado
14-04-2017
Como Citar
FERNANDES, A. DE S.; EMILIANO, G. B. G.; MARTINS, A. R. L. DE A.; SOUZA, G. C. DE A. CONHECIMENTOS E PRÁTICAS DE SAÚDE BUCAL POR PACIENTES INTERNADOS E EQUIPE HOSPITALAR. Revista Ciência Plural, v. 2, n. 3, p. 3-16, 14 abr. 2017.
Seção
Artigos