AVALIAÇÃO DE ATITUDES DIANTE DA PREVENÇÃO DE ENTEROPARASITOSES EM ESCOLARES

Autores

  • Dayane Caroliny Pereira Justino Enfermeira. Mestre em Saúde Coletiva
  • Tainara Lorena dos Santos Ferreira Enfermeira. Mestranda do Programa em Pós-Graduação em Saúde Coletiva na UFRN
  • Daísy Vieira de Araújo Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Professora da FACISA/UFRN
  • Fábia Barbosa de Andrade Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunto IV da UFRN

DOI:

https://doi.org/10.21680/2446-7286.2018v4n3ID17288

Palavras-chave:

Educação em saúde, Parasitos, Promoção da saúde

Resumo

Introdução: As enteroparasitoses são doenças com um potencial de infecção cosmopolita, que afetam com alta frequência as faixas etárias que possuem imunidade debilitada, principalmente se os indivíduos estiverem em um ambiente propício a infecções. Todavia, esse tipo de doença pode ser evitado através de hábitos de higiene. Objetivo: Verificar o conhecimento sobre enteroparasitas e a atitude das crianças do Projeto Cidadão do Amanhã diante da prevenção de doenças. Metodologia: Trata-se de um estudo quase experimental, realizado com as crianças de 6 a 12 anos, cadastradas no Projeto Cidadão do Amanhã e atendidas na Clínica de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, ambas na cidade de Santa Cruz-RN. Utilizou-se como amostra 40 crianças, sendo utilizado para coleta de dados dois instrumentos. Resultados: Verificou-se o conhecimento de escolares em quatro categorias: 1) Hábitos de higiene; 2) Contaminação alimentar; 3) Autocontaminação e 4) Dermatites tópicas, observando no resultado do pós-teste aplicado ao grupo 2, melhora de acertos nas respostas, de modo que acredita-se que a educação em saúde seja a principal forma de prevenção tanto das enteroparasitoses, quanto de outras doenças que possam vir a afetar a vida não apenas do grupo aqui estudado, mas da população em geral. Conclusão: Conclui-se que há a necessidade de implantação e implementações de ações e serviços de saúde, bem como o fortalecimento da educação básica, para promover a saúde da referida população e prevenir o acometimento de parasitoses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-04-2019

Como Citar

JUSTINO, D. C. P.; FERREIRA, T. L. dos S.; ARAÚJO, D. V. de; ANDRADE, F. B. de. AVALIAÇÃO DE ATITUDES DIANTE DA PREVENÇÃO DE ENTEROPARASITOSES EM ESCOLARES. Revista Ciência Plural, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 31–42, 2019. DOI: 10.21680/2446-7286.2018v4n3ID17288. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/17288. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos