A mulher negra viajante: experiências e estratégias de combate à sua (in)visibilidade no turismo

The black woman traveler: experiences and strategies to combat their (in)visibility in tourism

  • Joice dos Santos Bacharel em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Salvador/BA, Brasil
  • Natália Silva Coimbra de Sá Professora Adjunta no Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Salvador/BA, Brasil

Resumo

Este artigo tem como objetivo evidenciar a presença de mulheres negras viajantes no turismo como estratégia de combate ao racismo. Essa discussão é relevante no contexto da representatividade, pois questiona sobre a invisibilidade das mulheres viajantes e seu impacto no imaginário do que é ser turista e como esta categoria é vista socialmente, buscando desmistificar a imagem do turista branco como o único tipo de consumidor do turismo. Foi utilizada a metodologia de caráter qualitativo, descritivo e exploratório, pautada em pesquisa bibliográfica, documental e com levantamento de dados online, identificando os casos para análise por meio de redes sociais; sites oficiais de empresas de afroturismo e/ou turismo afrocentrado, assim como iniciativas voltadas para mulheres negras viajantes; e plataformas de turismo reconhecidas pelo trade turístico e turistas como referências para busca de serviços de hospitalidade. Por fim, a partir da discussão teórica e da reflexão sobre os casos observados, chegou-se à conclusão de que é necessário um turismo antirracista, que reconheça e valorize as pessoas negras, em especial as mulheres, por serem o grupo mais invisibilizado pelo racismo, destacando seu papel como gestoras da atividade turística, empreendedoras e também como turistas. E que isso seja um compromisso de todos os atores que compõem o trade turístico, em especial aqueles responsáveis pelo marketing e pelo planejamento da atividade, pautados em políticas públicas que promovam a igualdade, a inclusão e o respeito no turismo.

Palavras-chave: Mulher Negra. Viajante. Turismo. Invisibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-05-2021
Como Citar
DOS SANTOS, J.; SILVA COIMBRA DE SÁ, N. A mulher negra viajante: experiências e estratégias de combate à sua (in)visibilidade no turismo. Revista de Turismo Contemporâneo, v. 9, n. 2, p. 252-269, 3 maio 2021.
Seção
Artigos