As funções da controladoria desempenhadas nas empresas startups

Palavras-chave: Controladoria, Startup, Funções da Controladoria

Resumo

Objetivo: O presente trabalho tem como objetivo identificar as funções da controladoria desempenhadas nas startups da Grande Florianópolis/SC e compreender a percepção dessas empresas sobre a importância de ter um departamento de controladoria estruturado.

Metodologia: A pesquisa se caracteriza como descritiva por meio de levantamento, com abordagem quantitativa e qualitativa. A população da pesquisa compreende 145 startups da Grande Florianópolis de acordo com o site Startup SC. As informações foram coletadas por meio de questionário aplicado através do site Typeform, com os responsáveis pela área de controladoria, responsáveis financeiros ou Chief Executive Officer (CEO) de uma amostra de 31 startups.

Resultados: Os resultados demonstraram que o departamento de controladoria é presente em somente cinco destas empresas, no entanto para os respondentes esse setor é importante para oferecer confiabilidade e consistência no processo decisório.

Contribuições do Estudo: As funções que se destacaram nas empresas que possuem um departamento de controladoria, ou não, foram: Contabilidade Fiscal, Planejamento Tributário, Contabilidade Gerencial, Elaboração das demonstrações contábeis e Planejamento estratégico. A função menos apontada pelas empresas foi Auditoria interna, a qual também não teve destaque nos estudos relacionados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alaide Almeida Novaes Nocetti, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Bacharel em Ciências Contábeis
Carlos Eduardo Facin Lavarda, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutor em Contabilidade pela Universitat de Valencia, Espanha

Referências

Almeida, L. B., Parisi, C., & Pereira, C. A. (2010). Controladoria. In: A. Catelli (Coord.). Controladoria: uma abordagem da Gestão Econômica - GECON (pp. 341-355). São Paulo: Atlas.

Azevedo, E. M. L., da Silva, A. C. O., & May, M. R. (2018). Análise do Modelo de Negócio das Ventures Builders. REGEPE-Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, 7(1), 104-129.

Bardin, L. (2010). Análise de conteúdo (Edição revista e actualizada). Lisboa: Edições.

Beuren, I. M. (2002). O papel da controladoria no processo de gestão. In: P. Schmidt (Org.). Controladoria: agregando valor para a empresa. (pp. 15-38). Porto Alegre: Bookman.

Blank, S. (2010). What’s A Startup? First Principles. Recuperado em 16 abril, 2017, de https://steveblank.com/2010/01/25/whats-a-startup-first-principles/

Borinelli, M. L. (2006). Estrutura conceitual básica de controladoria: sistematização à luz da teoria e da práxis. Tese de Doutorado em Controladoria e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Burke, J., Barbero, E. R., Moraes, G. H., & Hashimoto, M. (2016). Mitigação de riscos em investimento-anjo: modelo conceitual e evidências qualitativas. Gestão & Planejamento-G&P, 17(2).

Carraro, W. B. W. H. & Santanna, D. H. W. (2017). The structure of controllership area in organizations. Revista de Negócios, 22(2), 23-33.

Dullius, A. C., & Schaeffer, P. R. (2016). As Capacidades de Inovação em Startups: Contribuições para uma Trajetória de Crescimento. Revista Alcance, 23(1), 34-50.

Endeavor Brasil. (2015). Controladoria: dicas para sua gestão não derrapar e sair da disputa. Recuperado em 14 janeiro, 2017, de https://endeavor.org.br/controladoria/

Figueira, K., Hörbe, T. D. A., Vargas, K. D. F., Machado, E., & Moura, G. L. (2017). Startups: estudo do processo de abertura e gerenciamento. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, 10.

Fundacity. (2015). Fundacity Investiment Report Brazil – First Semester 2015. Recuperado em 16 abril 2017 de http://www.fundacity.com/investment-report-brazil-2015.

Gil, A. C. (2002). Métodos e técnicas de pesquisa social. (4. ed.) São Paulo: Atlas.

Gitahy, Y. (2016). O que é uma startup? Recuperado em 16 abril, 2017, de http://exame.abril.com.br/pme/o-que-e-uma-startup/

Gomes, V. S. (2009). A atuação da controladoria em empresas de franquia. Dissertação de Mestrado em Contabilidade, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brasil.

Gonçalves, M., Santos, C. A. D., & Lavarda, C. E. F. (2016). Estudo dos Aspectos Procedimentais da Estrutura Conceitual Básica de Controladoria na Gestão das Indústrias do Estado de Santa Catarina. Pensar Contábil, 18(65).

Kfouri, E. (2016). Como não quebrar sua startup. Recuperado em 16 abril, 2017, de http://convergecom.com.br/tiinside/webinside/03/03/2016/como-nao-quebrar-sua-startup/

Leite, M., Reif, E., & Lavarda, C. E. F. (2018). Análise da controladoria e suas funções: estudo de caso em uma organização da construção civil. Desafio Online, 6(1).

Longhi, F. (2011). A história da revolução das startups. Recuperado em 11 fevereiro, 2017, de https://imasters.com.br/artigo/20027/mercado/a-historia-da-revolucao-das-startups

Lourensi, A., & Beuren, I. M. (2011). Inserção da Controladoria em teses da FEA/USP: uma análise nas perspectivas dos aspectos conceitual, procedimental e organizacional. Contabilidade Vista & Revista, 22(1), pp. 15-42.

Lunkes, R. J., Schnorrenberger, D., & Gasparetto, V. (2010). Um estudo sobre as funções da controladoria. Revista de Contabilidade e Organizações, 4(10), pp. 106-126.

Lunkes, R. J., Schnorrenberger, D., & Rosa, F. S. (2013). Funções da Controladoria: uma análise no cenário brasileiro. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, 15(47), 283-299.

Medeiros Júnior, J. V., Añez, M. E. M., de Sousa Neto, M. V., & Bezerra, M. H. (2015). Elaboração do mapa de recursos: processo de apoio ao planejamento de um novo negócio de Internet. Revista de Administração Mackenzie, 16(5).

Mendes, A. C. A., Kruger, S. D., & Lunkes, R. J. (2017). Características da estrutura de controladoria: um estudo empírico em empresas do oeste catarinense. Contabilidade Vista & Revista, 28(2), 121-140.

Morettin, P. A., & Bussab, W. O. (2013). Estatística básica. Editora Saraiva.

Nunes, A. A. B. (2014). Controladoria como suporte à estratégia da empresa: Estudo multicaso em empresas de transporte. Dissertação de Mestrado em Ciências Contábeis, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, Brasil.

Nunes, A. A. B., & Sellitto, M. A. (2016). A Controladoria como Suporte à Estratégia da Empresa: Estudo Multicaso em Empresas de Transporte. RAM. Revista de Administração Mackenzie, 17(1), 135-164.

Oliveira, L. M.; Perez, J. H. Jr.; & Silva, C. A. S. (2009). Controladoria estratégica. (5.ed.) São Paulo: Atlas.

Palazzo, J., Carvalho, L. F., Neto, A. R., Falleiros, A. E. S., & Lemes, S. (2007). O papel da controladoria no processo de gestão em empresas de grande porte da cidade de Uberlândia. Anais do Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Resende, RJ, Brasil, 9.

Politelo, L., Guse, J. C., Leite, M., da Silva, T. P., & Dörr, A. C. (2014). Uma análise em organizações sob a ótica da controladoria empresarial. Desafio Online, 2(1), 35-52.

Ries, E. (2012). A startup enxuta: Como os empreendedores atuais utilizam a inovação contínua para criar empresas extremamente bem-sucedidas. São Paulo: Lua de Papel.

Rosa, S. C., Schreiber, D., Schmidt, S., & Kuhn Junior, N. (2017). Management practices that combine value cocreation and user experience. An Analysis of the Nubank startup in the Brazilian market. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 7(2), 22-43.

Santos, M. (2014). Gestão de metas: como implementar a metodologia OKR?. Recuperado em 7 junho, 2017, de https://endeavor.org.br/gestao-metas-metodologia-okr/

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. (2017). Critérios de classificação de empresas: MEI - ME - EPP. Recuperado em 3 junho, 2017, de http://www.sebrae-sc.com.br/leis/default.asp?vcdtexto=4154

SPELL (2018). Scientific Periodicals Electronic Library. Recuperado em 29 setembro, 2018, de http://www.spell.org.br/

Startup SC (2017). Recuperado em 8 abril, 2017, de http://mapa.startupsc.com.br/#

Sturzbecher, J. C. (2008). Controladoria: Um estudo de caso em uma Instituição Financeira. Trabalho de Conclusão de Curso da Graduação do Curso de Ciências Contábeis, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Toledo, M. (2017). Startups: O que é uma startup? Recuperado em 7 abril, 2017, de http://marcelotoledo.com/startups-o-que-e-uma-startup/

Publicado
08-12-2018
Como Citar
NOCETTI, A. A. N.; LAVARDA, C. E. F. As funções da controladoria desempenhadas nas empresas startups. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 11, n. 1, p. 182-200, 8 dez. 2018.
Seção
Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) (S3)