Análise do uso de plataformas, mídias e redes sociais para o ensino no curso de ciências contábeis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2024v16n1ID31594

Palavras-chave:

Plataformas, Mídias e redes sociais, Ensino-aprendizagem, Docentes, Ciências Contábeis

Resumo

Objetivo: Analisar a percepção dos docentes do curso de Ciências Contábeis das universidades federais brasileiras em relação ao uso de plataformas, mídias e redes sociais como ferramentas de apoio no processo de ensino-aprendizagem.

Metodologia: A pesquisa utilizou-se de levantamento para coleta de dados. Um questionário online foi aplicado, por meio do Google Forms, para docentes de cursos de graduação em Ciências Contábeis vinculados a instituições de ensino federais de todas as regiões brasileiras. Foram obtidas 154 respostas válidas de docentes de 31 instituições diferentes. Para análise, adotou-se da técnica de estatística descritiva.

Resultados: Os resultados mostram que a maioria dos docentes utilizam o Whatsapp e Youtube como mídias e redes sociais no processo de ensino-aprendizagem. Quanto as plataformas, a maioria dos respondentes começaram a utilizar em decorrência da pandemia de COVID-19, com destaque para a adoção do Google Meet e Moodle. O uso de plataformas, mídias e redes sociais auxiliam no compartilhamento de materiais de aula, interatividade e rapidez no contato com os discentes. Todavia, há necessidade de capacitação dos docentes para a utilização de tais tecnologias, uma vez que alguns docentes relataram terem dificuldades e pontuam aspectos negativos, tais como problemas de acessibilidade por parte dos discentes.

Contribuições do Estudo: A pesquisa contribui ao confirmar resultados já observados por outras pesquisas realizadas, bem como por oferecer insights em relação ao uso de plataformas, mídias e redes sociais no processo de ensino-aprendizagem. Ademais, a pesquisa propicia o conhecimento acerca da percepção dos docentes quanto ao uso de tais ferramentas, considerando aspectos que englobam dificuldades, facilidades e benefícios da implementação, o que possibilita a avaliação para melhor aplicação e obtenção de resultados favoráveis para as instituições de ensino, docentes e discentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Maria Gomes Ribeiro, Universidade Federal de Uberlândia - UFU.

Graduanda em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia.

Renata Mendes de Oliveira, Universidade Federal de Uberlândia - UFU.

Doutora em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção e Serviço Social da Universidade Federal de Uberlândia.

Marli Auxiliadora da Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia. Professora da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção e Serviço Social da Universidade Federal de Uberlândia.

Erika Monteiro de Souza Alves Dias, Universidade Federal de Uberlândia - UFU.

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo.

Referências

Al-Fraihat, D., Joy, M., & Sinclair, J. (2020). Evaluating E-learning systems success: An empirical study. Computers in Human Behavior, 102, 67-86. https://doi.org/10.1016/j.chb.2019.08.004

Braga, P. D. C., & Peters, M. R. S. (2019). Uso da Tecnologia da Informação e Comunicação: estudo de caso no curso de Ciências Contábeis. Revista Conhecimento Online, 1, 16-37. https://doi.org/10.25112/rco.v1i0.1470

Carvalho, A. K. S., Silva, A. H. B., Rocha, R. M., & Becker, K. L. (2021). Estratégias didáticas como instrumento para inovação e desenvolvimento do ensino: estudo de caso em uma instituição de ensino superior no norte do Piauí. In: Colóquio Internacional de Gestão Universitária – CIGU (pp. 1-16), Piauí. Recuperado em 24 de fevereiro de 2022, de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/230274.

Celestino, M. S., Colloca, N. A. M. S., Ananias Junior, L. F., Albino, J. P., & Valente, V. C. P. N. (2019). As mídias sociais no contexto da educação superior. Informática na Educação: Teoria & Prática, 22(2), 210-228. https://doi.org/10.22456/1982-1654.91646

Ciribeli, J. P., & Paiva, V. H. P. (2011). Redes e mídias sociais na internet: realidades e perspectivas de um mundo conectado. Revista Mediação, 13(12), 57-74.

Coelho, F. M. T. S., & Bottentuit Junior, J. B. (2019). O Youtube como instrumento de estímulo ao processo de aprendizagem nas universidades. Revista Intersaberes, 14(31), 20-36.

D'Andréa, C. (2020). Pesquisando plataformas online: conceitos e métodos. 1 ed. Salvador: EDUFBA. Recuperado em 21 de julho de 2021, de https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/32043/4/PlataformasPDF.pdf.

D’Aquila, J. M., Wang, D., & Mattia, A. (2019). Are instructor generated YouTube videos effective in accounting classes? A study of student performance, engagement, motivation, and perception. Journal of Accounting Education, 47, 63–74. https://doi.org/10.1016/j.jaccedu.2019.02.002

Dias, É., & Pinto, F. C. F. (2020). A Educação e a Covid-19. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 28(108), 545-554. https://doi.org/10.1590/S0104-40362019002801080001

Dias, F. A. S, & Dias, J. V. (2018). O Uso das Tecnologias Digitais nas Aprendizagens de Jovens e Adultos. Redin-Revista Educacional Interdisciplinar, 7(1), 1-9.

Felcher, C., Pinto, A., & Ferreira, A. (2017). O uso do Facebook como Ambiente Virtual de Aprendizagem para o ensino dos números racionais. Revista Paranaense de Educação Matemática, 6(10), 246-271.

Fernandes, R. M. M. (2018). Studygram: Interação e compartilhamento de processos de ensino-aprendizagem através do Instagram. In Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE (Vol. 29, nº 1, p. 1964). http://dx.doi.org/10.5753/cbie.sbie.2018.1964

Fleury, P. F., & Possolli, G. E. (2022). Prática docente e o uso das tecnologias de informação e comunicação no ensino remoto na educação superior em humanidades e saúde. Revista Brasileira de Desenvolvimento, 8(1), 7442-7451. https://doi.org/10.34117/bjdv8n1-501

Fonseca, E. S., & Verni, D. E. S (2021). O uso do ambiente Teams para o ensino híbrido durante a pandemia do COVID-19. RECIMA21-Revista Científica Multidisciplinar-ISSN 2675-6218, 2(11), e211998-e211998. https://doi.org/10.47820/recima21.v2i11.998

Fontes, A. S., Costa, E. F., Silva, D. F., & Santos, O. R. (2021). Contribuições para o Ensino: plataforma Moodle. Formação@ Docente, 13(2), 86-103.

França, T., Rabello, E. T., & Magnago, C. (2019). As mídias e as plataformas digitais no campo da Educação Permanente em Saúde: debates e propostas. Saúde em Debate, 43, 106-115. https://doi.org/10.1590/0103-11042019S109

Galvão, N. M. S. (2019). O Youtube como ferramenta de estudo para o exame de suficiência em contabilidade. Revista EDaPECI, 19(2), 76-84. https://dx.doi.org/10.29276/redapeci.2019.19.2170738.76-84

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas.

Góes, C. B., & Cassiano, G. (2020). O uso das Plataformas Digitais pelas IES no contexto de afastamento social pela Covid-19. Folha de Rosto, 6(2), 107-118. https://doi.org/10.46902/2020n2p107-118

Gonçalves, V. (2020). COVIDados a inovar e a reinventar o processo de ensino-aprendizagem com TIC. Pedagogia em Ação, 13(1), 43-53.

Lechakoski, A. C. P. S., & Vieira, A. M. D. P. (2022). O ensino remoto durante a pandemia: desafios, aprendizagens e expectativas de alunos de um Programa de Pós-Graduação. Revista Cocar, 17(35), 1-22.

Levy, P. (2018). Como utilizar as mídias sociais no curso que ministro na universidade. Revista Clóvis Moura de Humanidades, 4(1), 19-26.

Lima, J. D. S. B., & Vicente, K. B. (2019). As vantagens do uso das TICs como apoio complementar da metodologia do docente no ambiente acadêmico. Multidebates, 3(1), 36-46.

Lopes, N., & Gomes, A. (2020). O “boom” das plataformas digitais nas práticas de ensino: Uma experiência do E@ D no ensino superior. Revista Practicum, 5(1), 106-120. https://doi.org/10.24310/RevPracticumrep.v5i1.9833

Malhotra, N. (2006). Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman.

Martins, E. R., & Gouveia, L. M. B. (2018). O uso do WhatsApp como ferramenta de apoio a aprendizagem no Ensino Médio. Renote, 16(2), 51-60. https://doi.org/10.22456/1679-1916.89233

Martins, N. H. S. P. (2022). ADEQUAÇÕES PARA O ENSINO REMOTO: TRANSFORMANDO O YOUTUBE® EM SALA DE AULA. Experiências em Ensino de Ciências, 17(1), 485-495.

Mazzioni, S. (2013). As estratégias utilizadas no processo de ensino-aprendizagem: concepções de alunos e professores de ciências contábeis. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, 2(1), 93-109. https://doi.org/10.15210/REAT.V2I1.1426

Moura, F. N. S., Rodrigues, C. M. C., & Menezes, J. B. F. (2019). Tecnologias digitais educacional: tessituras da prática docente. Ensino em Foco, 2(5), 72-86. https://doi.org/10.55847/ef.v2i5.646

Nagumo, E., Teles, L. F., & Silva, L. A. (2020). A utilização de vídeos do Youtube como suporte ao processo de aprendizagem. Revista Eletrônica de Educação, 14, 1-12. http://dx.doi.org/10.14244/198271993757

Nienov, O. H. & Capp, E. (Orgs.). (2021). Estratégias didáticas para atividades remotas. Porto Alegre, ISBN: 978-65-00-22620-1. Recuperado em 21 de julho de 2021, de https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/223470/001128225.pdf?sequence=1.

Melo, A. P., Paiva, A. C., & Marques, R. M. G. (2020). O processo de ensino-aprendizagem e as redes sociais: a necessidade de uma educação digital. # Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, 9(1), 1-15. https://doi.org/10.35819/tear.v9.n1.a3654

Othman, R., & Zambi, N. M. (2021). Social Media as Learning Tool in Cost and Management Accounting. ANP Journal of Social Science and Humanities, 2(2), 39-46. https://doi.org/10.53797/anpjssh.v2i2.5.2021

Piccoli, M. R., & Biavatti, V. T. (2017). Avaliação da aprendizagem no curso de ciências contábeis: uma abordagem a partir dos instrumentos avaliativos dos planos de ensino das disciplinas do eixo profissional. Revista Brasileira de Contabilidade, 225, 52-65.

Pontes, V. F. (2021). Efeitos da COVID-19 no sistema educacional: uma análise na visão dos alunos da PUC Minas. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Pontifica Universidade Católica de São Paulo, Belo Horizonte. Recuperado em 23 de fevereiro de 2022, de https://www.pucminas.br/iceg/CienciasContabeis/Documents/2021%20TCC%20Destaque%20-%20Vit%C3%B3ria%20Ferreira%20Pontes.pdf.

Recuero, R. (2009). Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina.

Rezende, D. V. (2017). Uso criativo das tecnologias da informação e comunicação na educação superior: Atuação de professores e percepção de estudantes. Tese (Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde), Universidade de Brasília, Brasília. Recuperado em 01 de maio de 2023, de https://repositorio.unb.br/handle/10482/23479

Sá, E. F. D, Quadros, A. L., Mortimer, E. F., Silva, P. S., & Talim, S. L. (2017). As aulas de iniciante em uma universidade pública federal: planejamento, estratégias didáticas e engajamento dos estudantes. Revista Brasileira de Educação, 22(70), 625-650.

Santos, E. A., Costa, W. K. S., Bispo, S. C., & Santos, L. M. R. (2020). Tecnologias da informação e comunicação usadas por professores do curso de ciências contábeis: um estudo nas universidades federais. Revista FSA, 17 (5), 42-61. http://dx.doi.org/10.12819/2020.17.5.3

Santos, M. G., Souza, A. C., & Macedo, M. C. (2019). WALO: ferramenta para gerenciamento de mídias sociais. Brazilian Journal of Development, 5(10), 22652-22662. https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-377

Saraiva, K., Traversini, C., & Lockmann, K. (2020). A educação em tempos de COVID-19: ensino remoto e exaustão docente. Práxis Educativa, 15, 1-24. https://doi.org/10.5212/praxeduc.v.15.16289.094

Scherer, A. L, & Farias, J. G. (2018). Uso da rede social Facebook como ferramenta de ensino-aprendizagem em cursos de ensino superior. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, 17(1), 1-19. https://doi.org/10.17143/rbaad.v17i1.44

Schneider, C. K., Caetano, L., & Ribeiro, L. O. M. (2012). Análise de vídeos educacionais no Youtube: caracteres e legibilidade. Revista Renote: novas tecnologias na educação, 10(1), 1-11. https://doi.org/10.22456/1679-1916.30816

Senna, V., & Drehmer-Marques, K. C. (2022). Percepções de acadêmicos e professores quanto ao ensino remoto durante a pandemia de Covid-19. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, 11(1), e37711125111-e37711125111. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i1.25111

Silva, C. D., Santos, J. J., Melo, J. J. S, & Santos, M. R. C. (2022). Os professores de língua portuguesa e as aulas remotas: uma análise sobre o ensino durante o período de distanciamento social. TICs & EaD em Foco, 8(3), 106-120. https://doi.org/10.18817/ticseademfoco.v8i3.589

Silva, W. A., Costa, F. A., Mateus, S., Oliveira, J. V., & Truquete, M. K. (2021). Experiências da utilização do Moodle no Ensino Remoto Emergencial em uma universidade pública da Amazônia Ocidental. EmRede-Revista de Educação a Distância, 8(1), 1-17. https://doi.org/10.53628/emrede.v8.1.721

Slomski, V. G., Araujo, A. M. P. D., Camargo, A. S. S., & Weffort, E. F. J. (2016). Tecnologias e mediação pedagógica na educação superior a distância. JISTEM-Journal of Information Systems and Technology Management, 13, 131-150. https://doi.org/10.4301/S1807-17752016000100007

Sousa, S. M. R., Costa, G. O. P., Sousa, R. P., Santos, M. N., Oliveira, N. G. S., Toussaint, L. S. M., ... & Moreiras, F. S. (2022). Technological strategies used in teaching during the pandemic. Research, Society and Development, 11 (1), e20911124762-e20911124762. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i1.24762

Souza, C. S., Manzoni, G. L., Charlo, P. B., Sabino, M. B., & Lima, A. F. (2022). Impacto pandêmico no ambiente de trabalho e vida docente feminina. Global Academic Nursing Journal, 3(5), e323-e323. https://doi.org/10.5935/2675-5602.20200323

Souza, E. P. (2020). Educação em tempos de pandemia: desafios e possibilidades. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, 17(30), 110-118. https://doi.org/10.22481/ccsa.v17i30.7127

Teixeira, D. A. O., & Nascimento, F. L. (2021). Ensino remoto: o uso do Google Meet na pandemia da covid-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), 7(19), 44-61. https://doi.org/10.5281/zenodo.5028436%20%20%20

Vale, L. M. (2020). Aulas remotas e as ferramentas do Google. Fluência Digital. Recuperado em 21 de julho de 2021, de https://fluenciadigital.net.br/blog/aulas-remotas-e-as-ferramentas-do-google/.

Xavier, F., Olenscki, J. R. W., Acosta, A. L., Sallum, M. A. M., & Saraiva, A. M. (2020). Análise de redes sociais como estratégia de apoio à vigilância em saúde durante a Covid-19. Estudos avançados, 34(99), 261-282. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3499.016

Downloads

Publicado

02-01-2024

Como Citar

RIBEIRO, J. M. G. .; OLIVEIRA, R. M. de; SILVA, M. A. da; DIAS, E. M. de S. A. Análise do uso de plataformas, mídias e redes sociais para o ensino no curso de ciências contábeis. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 304–327, 2024. DOI: 10.21680/2176-9036.2024v16n1ID31594. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/31594. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) (S3)