COLONIZAÇÃO DA CONTABILIDADE: UM ESTUDO SOBRE O PROCESSO DE CONVERGÊNCIA DA CONTABILIDADE BRASILEIRA AOS PADRÕES INTERNACIONAIS

  • Suênia Graziella Oliveira de Almeida Santos do Nascimento Faculdade Nova Roma/FGV
  • Jorge Expedito de Gusmão Lopes Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Romualdo Douglas Colauto Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Marcleide Maria Macêdo Pederneiras Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Resumo

 

Este artigo tem o propósito de investigar a percepção dos docentes na perspectiva habermasiana sobre o processo de convergência da contabilidade brasileira aos padrões internacionais. Para a realização da pesquisa, utilizou-se o método empírico-indutivo com abordagem metodológica quali-quantitativa. Para coleta dos dados utilizou-se questionários estruturados, aplicado aos professores do curso de Ciências Contábeis de duas instituições de ensino superior do nordeste brasileiro, sendo uma pública e outra privada. Os dados coletados foram submetidos à Análise de Correspondência Múltipla (ACM) com a finalidade de identificar uma combinação de respostas e categorias que pudessem apresentar uma maior estabilidade, quando estivessem plotadas no espaço multidimensional, resultando em duas conjecturas de respostas. Os resultados mostram que há indícios de colonização da contabilidade no Brasil. Assim, no mundo da vida do referido caso, deveria estar havendo uma integração social, entre todos os que fazem parte da classe contábil, para que houvesse um compartilhamento comunicativo das normas emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB), as quais norteiam as ações dos referidos atores sociais envolvidos.

Palavras-chave: Convergência Contábil.Normas Internacionais de Contabilidade. Colonização Interna do Mundo da Vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suênia Graziella Oliveira de Almeida Santos do Nascimento, Faculdade Nova Roma/FGV
Possui Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco e Graduação em Ciências Contábeis na mesma Universidade. Atualmente é Contadora da Xinguara Indústria e Comércio S/A e Coordenadora da Graduação em Ciências Contábeis da Faculdade Nova Roma/FGV. 
Jorge Expedito de Gusmão Lopes, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Possui graduação em Geografia e Estudos Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1969), graduação em Pedagogia - Suam (1975), mestrado em Administração Escolar - Penn State (1981) e doutorado em Administração Escolar - University of Miami (1985).Possui pós-doutorado em Educação em 1989. É Research Scholar da University of Miami desde 1990 Professor Associado III da Universidade Federal de Pernambuco aposentado.
Romualdo Douglas Colauto, Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Pós-doutor em Controladoria e Contabilidade pela FEA/USP. Doutor e Mestre em Engenharia de Produção na Área de Gestão de Negócios pela UFSC (2005); Especialista em Consultoria Empresarial pela Faculdade Estadual de Ciências Econômica de Apucarana (1999); Graduado em Ciências Contábeis (1993) e em Letras (1998). Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Contabilidade da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Coordenador do Programa de Mestrado em Contabilidade da UFPR. Professor Permanente no Curso de Mestrado em Contabilidade da UFPR.
Marcleide Maria Macêdo Pederneiras, Universidade Federal da Paraíba - UFPB
Possui graduação em Ciências Contábeis - Unipê Centro Universitário de João Pessoa (1995), graduação em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal da Paraíba (1988) e mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília (2003). Doutoranda em Administração pelo PRODPAD/UFPE. Atualmente é professora assistente da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Ciências Contábeis, atuando principalmente nos seguintes temas: educação em contabilidade, contabilidade avançada, elaboração trabalhos científicos, análise de artigos científicos. É vice- lider do GEPEC-GRUPO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CONTABILIDADE. Co-Autora do livro O FAZER DO TRABALHO CIENTÍFICO EM CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS. Autora e organizadora do livro EDUCAÇÃO CONTÁBIL: tópicos de ensino e pesquisa; autora e organizadora do livro os NOVOS PARADIGMAS PARA A CIÊNCIA CONTÁBIL. Autora e organizadora do livro ESTUDANDO TEORIA DA CONTABILIDADE; autora do Livro DIDÁTICA e PESQUISA aplicada ao ensino da CONTABILIDADE. Organizadora e co-autora do livro CONSULTORIA ORGANIZACIONAL: Teorias e Práticas, publicado em out de 2010, e Coordenadora nacional do I SBTCont- I Simpósio Brasileiro de Teoria da Contabilidade. Possui diversos artigos publicados em periódicos nacionais e vasta participação em eventos nacionais.
Publicado
03-07-2014
Como Citar
NASCIMENTO, S. G. O. DE A. S. DO; LOPES, J. E. DE G.; COLAUTO, R. D.; PEDERNEIRAS, M. M. M. COLONIZAÇÃO DA CONTABILIDADE: UM ESTUDO SOBRE O PROCESSO DE CONVERGÊNCIA DA CONTABILIDADE BRASILEIRA AOS PADRÕES INTERNACIONAIS. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 6, n. 2, p. 134-151, 3 jul. 2014.
Seção
ARTIGOS