Formação e produção científica docente: uma análise dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola de Ciência da Informação da UFMG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-7842.2022v8n1ID26880

Palavras-chave:

Ciência da Informação, formação professores/pesquisadores, formação docente

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar a formação dos docentes dos Programas de Pós-Graduação stricto sensu da Escola de Ciência da Informação (ECI) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A Escola abriga dois Programas de Pós-Graduação stricto sensu em atividade, a saber: o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) e o Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento (PPGGOC), ambos integrantes da área de Comunicação e Informação com nota cinco na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (CAPES). Os procedimentos de coleta de dados foram feitos na plataforma de currículos lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que reúne dados e informações acadêmicas de pesquisadores brasileiros. Os nomes dos docentes credenciados nos Programas de Pós-Graduação foram identificados nos sites destes. Quanto aos procedimentos de análise dos dados, utilizaram-se as seguintes categorias: Graduação, Mestrado, Doutorado, Mestrado e Doutorado, sem formação em Ciência da Informação. Os resultados apontaram um total de 44 professores/pesquisadores: 22 do PPGCI, 10 dos quais não possuem formação em Ciência da Informação, e 22 do PPGGOC, cinco dos quais sem formação em Ciência da Informação. Os professores/pesquisadores são oriundos de 13 áreas científicas em nível de graduação. A maioria deles (14) tem graduação em Biblioteconomia. Nota-se um percentual significativo de professores /pesquisadores sem formação em Ciência da informação. Excluídas a Biblioteconomia e Ciência da Informação, convém ressaltar que outras 11 áreas do conhecimento também estão presentes nas atividades de docência e pesquisa nos Programas de Pós-Graduação analisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edcleyton Bruno Fernandes da Silva, PPGGOC-UFMG

Doutor em Gestão e Organização do Conhecimento pelo Programa de Pós-Graduação em Gestão & Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (PPGGOC/UFMG). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba.

Marlene Oliveira, PPGGOC-UFMG

Doutora em Ciências da Informação pela Universidade de Brasília. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduada em Biblioteconomia pela Fundação de Ensino Superior do Oeste de Minas.

Downloads

Publicado

20-04-2022

Como Citar

SILVA, E. B. F. da; OLIVEIRA, M. Formação e produção científica docente: uma análise dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola de Ciência da Informação da UFMG. BiblioCanto, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 1–20, 2022. DOI: 10.21680/2447-7842.2022v8n1ID26880. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bibliocanto/article/view/26880. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos