Ensino Secundário e TIC:

uma reflexão sobre a Educação em Portugal

  • Solange Vera Nunes de Lima D’água Universidade Estadual Paulista
  • Bento Duarte da Silva Universidade do Minho
  • Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Palavras-chave: Ensino secundário, TIC, Integração, Políticas públicas

Resumo

Este artigo apresenta parte de pesquisa realizada em estágio de pós-doutoramento cujo objetivo foi analisar as políticas públicas relacionadas ao Ensino Secundário e ao uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) em Portugal. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada por meio de estudo documental e bibliográfico que apresenta, além de conciso histórico da integração das tecnologias na educação em relação aos programas realizados no Ensino Secundário de Portugal, dados extraídos do Observatório de Trajectos dos Estudantes do Ensino Secundário do Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (Otes/Gepe), que ampliam o campo de análise. Os resultados indicam a importância do apetrechamento tecnológico disponibilizado nas escolas como resultante de políticas públicas, a relevante participação da universidade na formação contínua de professores e a importância de ações relacionadas à valorização da cultura digital entre os professores e alunos da escola públicaEste artigo apresenta parte de pesquisa realizada em estágio de pós-doutoramento cujo objetivo foi analisar as políticas públicas relacionadas ao Ensino Secundário e ao uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) em Portugal. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada por meio de estudo documental e bibliográfico que apresenta, além de conciso histórico da integração das tecnologias na educação em relação aos programas realizados no Ensino Secundário de Portugal, dados extraídos do Observatório de Trajectos dos Estudantes do Ensino Secundário do Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (Otes/Gepe), que ampliam o campo de análise. Os resultados indicam a importância do apetrechamento tecnológico disponibilizado nas escolas como resultante de políticas públicas, a relevante participação da universidade na formação contínua de professores e a importância de ações relacionadas à valorização da cultura digital entre os professores e alunos da escola pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini. Educação e tecnologias no Brasil e em Portugal em três momentos de sua história. Educação, Formação & Tecnologias, Lisboa, v. 1, p. 23-36, 2008. Disponível em:http://eft.educom.pt.

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini. Integração das tecnologias de informação e comunicação na educação do Brasil e de Portugal: convergências e especificidade a partir do olhar dos professores. Psic. da Educação, São Paulo, v. 35, p.171-196, 2012. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/psicoeduca/article/view/27985. Acesso em: 11 jun. 2016.

COSTA, Fernando Albuquerque, PERALTA, Helena. VISEU, Sofia. As TIC na educação em Portugal. In: COSTA, Fernando VISEU, Sofia, PERALTA, Helena. A utilização das TIC nas escolas portuguesas:alguns indicadores e tendências. Porto: Editora Porto, 2007.

COSTA, Fernando. (Coord). Competências TIC. Estudo de Implementação. Lisboa: Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE).2008 (v. 1).

DIAS, António Figueiredo. Computadores nas Escolas. Fundação Calouste Gulbenkian. Revista Colóquio – Ciências, Lisboa, jan./abr. 1989. Disponível em: http://adfig.com/pt/wp-content/uploads/2010/10/adf89.pdf. Acesso em: 2 abr. 2016.

FREITAS, Candido Varela; COUTINHO, Clara. As Conferências Challenges. In: Freitas, Varela Cândido. Dez anos de desafios à Comunidade Educativa. Braga. Universidade do Minho: EDITORA, 2009.

FUSARI, Jose Cherci; FRANCO, Alexandre de Paula.AFormação contínua como um dos elementos organizadores do Projeto Político-Pedagógico da Escola. In:Formação contínua de professores. MEC/SEED,2005. Disponível em:http://cdnbi.tvescola.org.br/resources/VMSResources/contents/document/publicationsSeries/150934FormacaoCProf.pdf. Acesso em: 20 maio. 2016.

LIVRO VERDE.Livro Verde para a Sociedade da Informação em Portugal: Missão para a Sociedade da Informação, Lisboa, Graforim, 1997. Disponível em: http://homepage.ufp.pt/lmbg/formacao/lvfinal.pdf. Acesso em: 19 abr. 2016

MAY, Tim. Pesquisa documental: escavações e evidências. In: Pesquisa social: questões, métodos e processos. Tradução Carlos Alberto Silveira Netto Soares. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

NÓVOA, Antonio. Nada será como antes.Revista Pátio: “O Futuro Fora da Escola”, n. 72, nov. 2014. (Entrevista António Nóvoa). Disponível em: http://www.grupoa.com.br/revista-patio/artigo/10938/nada-sera-como-antes.aspx. Acesso em: 22 ago. 2015

Organização para Cooperação Desenvolvimento Econômico (OCDE). Perspectivas das Políticas de Educação– Portugal.Better Polices for Better Lives. 2014. Disponível em: http://www.dgeec.mec.pt/np4/58/. Acesso em: 22 ago. 2015

PEREIRA, Hugo Alexandre Baião. Plano Tecnológico da Educação – intenções, expectativas e impacto nas práticas. 2011. 299f.Dissertação (Mestrado em Educação) −Programa de Especialização em Tecnologia Educativa, Universidade do Minho, Braga, 2011.

PORTUGAL. Resolução do Conselho de Ministros nº 137, de 18 de setembro de 2007. Direção Geral de Educação Estatísticas da Educação e Ciência2007.Aprova Plano Tecnológico de Educação. Disponível em:http://www.dgeec.mec.pt/np4/244.html. Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Resolução do Conselho de Ministros n.º 118,de 30 de setembro de 2009.Autoriza a realização das despesas para a aquisição de 250 000 computadores portáteis ultraleves. Disponível em:http://www.dgeec.mec.pt/np4/244.html. Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Portaria do Conselho de Ministros n.º 1181, de 16 de novembro de 2010. Define os procedimentos de criação, alteração e extinção de agrupamentos e de estabelecimentos da educação pré-escolar, do ensino básico e do ensino secundário da rede pública do Ministério da Educação. Disponível em:https://www.igec.mec.pt/upload/Legislacao_Site/Instituicoes_EPE_EBS.pdfAcesso em 10 de abril de 2016.

PORTUGAL. Direção Geral de Educação. Decreto-Lei n.º 139, de 5 de julho de 2012. Estabelece os princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos, da avaliação dos conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos dos ensinos básico e secundário. Disponível em:http://www.dge.mec.pt/legislacao. Acesso em: 7 abr. 2016.

PORTUGAL. Direção Geral de Educação.Decreto-Lei n.º 10252, de 15 de setembro de 2015. Determina a constituiçãoda Equipe de Recursos e Tecnologias Educativas –ERTE. Disponível em http://www.erte.dge.mec.pt/sites/default/files/Arquivo/Legislacao/10252_2015.pdf. Acesso em 10 de abril de 2016.

PORTUGAL. Direção Geral de Estatísticas da Educação e Ciência. Observatório de Trajectos de Estudantes do Ensino Secundário. Gabinete de Estatísticas e Planeamento da Educação. 2008. Disponível em: http://www.dgeec.mec.pt/np4/47/. Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Relatório à Entrada do Secundário 2013-2014.Disponível em: http://www.dgeec.mec.pt/np4/47/.Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Lei n.º 85/2009de 27 de agosto. Estabelece o regime de escolaridade obrigatória e consagra a universalidade da educação pré-escolar para as crianças a partir dos 5 anos de idade. Disponível em: http://www.dge.mec.pt/legislacao-2.Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Sindicato dos Professores da Região Centro Portaria n.º 1181/2010de 16 de novembro.Estabelece os agrupamentos das unidades escolares em níveis e ciclos. Disponível em: http://www.sprc.pt/index.php/legislacao-gestao-escolar.Acesso em: 10 abr. 2016.

PORTUGAL. Ministério de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior. Direção Geral de Ensino Superior.Estratégia de Lisboa, 2000. Disponível em:http://www.dges.mctes.pt/.Acesso em: 22 maio 2016.

PORTUGAL. Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP). 2016. Disponível em:https://www.rcaap.pt/. Acesso em: 13 abr. 2016.

SILVA, Bento Duarte; OSÓRIO, António.As tecnologias de Informação e Comunicação da Educação na Universidade do Minho. In: Freitas, Varela. Cândido. Dez anos de desafios à Comunidade Educativa. Braga: Universidade do Minho, 2009.

SILVA, Bento; GOMES, Maria João & SILVA, Ana. Avaliação de políticas e programas em TICE:análise do Plano Tecnológico da Educação emPortugal (ano de lançamento 2006-2007). In:CONGRESSO INTERNACIONAL DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO.Aprender ao longo davida: contributos,perspectivas e questionamentos do currículo e da avaliação, 2., 2011, Braga. Actas... Braga: CIEd, 2011.

SILVA, Bento. A tecnologia é uma estratégia. In: Paulo Dias & Varela de Freitas (org.) 2001, 854f. In:CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO, DESAFIOS, 2. 2001, Braga. Actas... Braga: Centro de Competência Nónio Século XXI da Universidade do Minho, 2001.

SILVA, Bento. As tecnologias de informação e comunicação nas reformas educativas em Portugal.Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 14, n. 2, p. 111-153, 2001a. (Universidade do Minho).

SILVA, Bento& SILVA, Ana. Programa Nónio Século XXI: O desenvolvimento dos Projectos das Escolas do Centro de Competência da Universidade do Minho Relatório Final de Avaliação (1997-2001). Braga: CIEd da Universidade do Minho, 2002.

SILVA, Bento; PEREIRA, Maria Graça. Contributos da Escola para a Inclusão Digital.Innovación Educativa, Santiago de Compostela, nº 21, p. 217-227, 2011.(Vigo: IEC − Instituto de Ciencias da Educación da Universidade de Santiago de Compostela, Número temático “Educación Inclusiva”).

WECKELMANN,Valeria Faria. Indicadores de mudança nas práticas pedagógicas com uso do computador portátil em escolas do Brasil e em Portugal. 2012. 375f Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação e Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: http://www.sapientia.pucsp.br. Acesso em: 16 jun. 2016.

Publicado
26-07-2017
Como Citar
D’água, S. V. N. de L., Silva, B. D. da, & Almeida, M. E. B. de. (2017). Ensino Secundário e TIC:. Revista Educação Em Questão, 55(44), 191-215. https://doi.org/10.21680/1981-1802.2017v55n44ID12211
Seção
Artigos