Foucault e a pesquisa educacional em arte

  • Marcilio de Souza Vieira
Palavras-chave: Arte. Educação. Lições foucaultianas.

Resumo

Este texto objetiva compreender como a obra de Foucault pode contribuir para a pesquisa educacional reconhecendo essas contribuições para o conhecimento na área da educação. Medéia e Hamlet, respectivamente dos tragediógrafos Eurípides e Shakespeare são possibilidades de exploração da loucura, da sexualidade e da linguagem que podemos encontrar nas obras de Foucault. Pensamos esta abordagem como lições que norteiam o pensamento de Foucault acerca da pesquisa educacional em Arte, embora o filósofo não tenha escrito sobre educação, mas exemplifica em suas obras, artistas e obras de arte que nos ajudam a compreender a loucura, a linguagem e a sexualidade e discuti-las nas aulas de Arte, em especial, nas aulas de teatro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcilio de Souza Vieira
Prof. Ms. Marcilio de Souza Vieira | Universidade Federal do Rio Grande do Norte | Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação (UFRN) | Integrante do Grupo de Estudos Corpo e Cultura de Movimento | E-mail: souvyer@yahoo.com.br
Publicado
15-09-2008
Como Citar
Souza Vieira, M. de. (2008). Foucault e a pesquisa educacional em arte. Revista Educação Em Questão, 33(19). Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/3931
Seção
Artigos