Modos de educação católica em Florianópolis: final do século XIX e meados do século XX

  • Norberto Dallabrida Universidade do Estado de Santa Catarina
Palavras-chave: Colégio. Grupo escolar. Catolicismo.

Resumo

O presente trabalho se propõe compreender a intervenção da Igreja Católica no campo educacional em Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, entre o final do século XIX e meados do século XX. As Irmãs da Divina Providência criaram o Colégio Coração de Jesus, voltado especialmente para meninas e moças, e os jesuítas fundaram o Ginásio Catarinense, direcionado para meninos e moços. Esses colégios internos educavam as elites. Por outro lado, a Igreja Católica dirigiu também grupos escolares em áreas periféricas de Florianópolis e o Abrigo de Menores, procurando escolarizar as classes desfavorecidas. A Igreja Católica instituiu diferentes modos de educação, que concorriam para a construção do dualismo escolar e a desigualdade de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-08-2005
Como Citar
Dallabrida, N. (2005). Modos de educação católica em Florianópolis: final do século XIX e meados do século XX. Revista Educação Em Questão, 23(9), 102-118. Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/8345
Seção
Artigos