Barreiras informacionais e desafios organizacionais em gestão de convênios entre universidades e fundações de amparo à pesquisa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-0198.2022v6n1ID29360

Palavras-chave:

fluxo informacional, gestão de convênios, agência de fomento, Fundação Araucária, gestão da informação

Resumo

Este artigo aborda o tema gestão da informação de convênios firmados entre as universidades e as Fundações de Amparo. Tem como objetivo identificar as barreiras informacionais relacionadas à fase de execução dos convênios firmados entre universidades públicas paranaenses e a Fundação Araucária e propor possíveis soluções, com base na Gestão da Informação, para melhorar a gestão dos convênios. A pesquisa é qualitativa com a realização de estudo de casos múltiplos. Foram investigadas a Universidade Federal do Paraná e a Universidade Estadual de Maringá, sendo empregadas as seguintes técnicas para coleta de dados: entrevistas, questionários e pesquisa documental. Como principais resultados, foram identificadas barreiras informacionais relacionadas à fase de execução dos convênios, entre elas: falta de comunicação; falha na comunicação; comunicação intempestiva; limitações nos canais de comunicação; tecnologia (inexistência de sistema informatizado; não integração entre sistemas), limitações ao acesso e uso das informações, falta de qualidade da informação; e falta de transparência. Foram identificados desafios organizacionais, entre eles: excesso de burocracia; ausência de tecnologias; falta de conhecimento e deficiências na gestão administrativa. A pesquisa contribui para uma compreensão mais apurada sobre as barreiras informacionais que podem dificultar a execução dos convênios firmados entre universidades públicas e fundações de amparo e auxilia as universidades em termos de repensar como a gestão da informação pode contribuir na gestão dos convênios e com isso otimizar a utilização dos recursos recebidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilaine de Azevedo Vieira, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Mestra em Gestão da Informação pela Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Brasil.

Taiane Ritta Coelho, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Doutora em Administração. Professora do Departamento de Ciência e Gestão da Informação (DECIGI) e do Quadro Permanente do Programa de Pós Graduação em Gestão da Informação (PPGGI) da Universidade Federal do Paraná. 

Referências

ALVES, A.; BARBOSA, R. R. Influências e barreiras ao compartilhamento da informação: uma perspectiva teórica. Ciência da Informação, Brasília, v. 39, n. 2, p.115-128, maio/ago. 2010. DOI: 10.18225/ci.inf.v39i2.1282. DOI: https://doi.org/10.18225/ci.inf..v39i2.1282. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1282. Acesso em: 15 mar. 2021.

BARBOZA, E. L. Gestão da informação nas organizações e a atuação do profissional da informação. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, v. 6, n. esp., p. 91-101, 2019. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/103. Acesso em: 13 ago.2020.

BRASIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 22 jun. 1993. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em: 5 jun. 2020.

CASTRO, S. C. Convênios Firmados entre uma Fundação de Apoio Institucional e uma Instituição Federal de Ensino Superior no Amazonas: Análise da Transparência dos Dados Governamentais Abertos. Revista Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 141–161, maio/ago. 2020. DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.22200. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/scg/article/view/22200. Acesso em: 25 maio 2021.

CELESTINO, M. L. et al. Análise da Execução de Convênios no Âmbito da Plataforma + Brasil em uma Universidade Federal do Nordeste. Research, Society and Development, [S.l.], v.9, n. 11, p. 1–26, 2020. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9987. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/9987. Acesso em: 26 jan. 2022.

DAGOSTINI, L.; MASCARENHAS, N.; LIMA FILHO, S.S. Execução orçamentária em órgãos públicos com recursos financiados por entidades de fomento, sob a ótica do princípio da Anualidade. Revista ABRACICON Saber, Brasília, DF, ed. 33, p. 41-47, ago./set./out. 2020. Disponível em: https://issuu.com/abracicon/docs/revista_20abracicon_20saber_20ed_2033/50. Acesso em: 14 mar. 2022.

DI PIETRO, M.S. Z. Direito administrativo. 22. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

EISENHARDT, K. Building theories from case study research. Academy of Management Review, Ada, Ohio, v.14, n.4, p. 532-550, 1989.

GONÇALVES, R. de S. et al. Prestação de contas de projetos de pesquisa: uma análise dos relatórios e dos controles internos em uma fundação de apoio no Brasil. Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, v. 18, p. 1-19, 2019. DOI: https://doi.org/10.16930/2237-766220192813. Disponível em: https://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/2813. Acesso em: 20 maio 2021.

INOMATA, D. O. et al. Barreiras ao acesso e uso da informação: evidências em projetos de inovação. Brazilian Journal of Information Science: research trends, [S.l.], v. 11, n. 1, p. 79-89, 2017. DOI: https://doi.org/10.36311/1981-1640.2017.v11n1.09.p79. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/5147. Acesso em: 30 jan. 2022.

LEAO, A. C. de A. S. Barreiras na gestão de programas de fomento à pesquisa em uma instituição de saúde pública. 2018. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública) – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/29613. Acesso em: 10 jan. 2021.

LIMA, F. J. de et al. Gerenciamento de Projetos: Um Modelo de Monitoramento e Controle de Projetos Públicos Executados com Recursos de Transferências Voluntárias. Revista de Gestão e Projetos, v. 8, n. 1, p. 102–117, jan./abr. 2017. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v8i1.485. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/gep/article/view/9663. Acesso em: 25 set. 2021.

LUCAS, F. B. C. O processo de Prestação de Contas (Accountability) de Convênios na UNEMAT: desafios e possibilidades. 2021, 98f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/58419/5/2021_dis_fbclucas.pdf. Acesso em: 15 maio 2021.

MOREIRA, L. de A.; SILVA, A. M. B. M. da. Gestão e comportamento de busca e uso da informação em contexto organizacional público. In: CARVALHO, A. V.; BARBOSA NETO, P. A. (org.). Desafios e perspectivas em gestão da informação e do conhecimento. Natal: EDUFRN, 2020. 437 p. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/29754. Acesso em: 10 out. 2021.

NASCIMENTO, G. S. do. Gerenciamento de Termos de Execução Descentralizada em uma Universidade Federal. 2017. 95f. Dissertação (Mestrado Gestão de Projetos Institucionais) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/24109. Acesso em: 10 fev. 2021.

NAZARENO, A. K. Auditoria de Ativos Informacionais: em foco as prestações de contas na UFERSA. 2021. 154 f. Dissertação (Mestrado em Gestão da Informação e do Conhecimento) – Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32716. Acesso em: 20 maio 2021.

PINHEIRO, F. O.; LIMA FILHO, R.; BRAGA, R. Captação e Gastos de Recursos de Convênios: Uma Análise da Ação Burocrática em uma Instituição de Ensino Superior Pública. Revista Opara, v. 2, p. 24-38, 2012. Disponível em: https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=3626465. Acesso em: 16 abr. 2021.

RAZZOLINI FILHO, E. Introdução à Gestão da Informação: A Informação para Organizações no Século XXI. Curitiba: Juruá, 2020.

STAREC, C. A dinâmica da informação: a gestão estratégica da informação para a tomada de decisão nas organizações. In: CHAVES, J. B. L.; STAREC, C.; GOMES, E. (org.) Gestão estratégica da informação e inteligência competitiva. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 47-66.

VIEIRA, E. de A. Gestão da informação em convênios entre universidade e fundações de amparo à pesquisa. 2022. 143 f. Dissertação (Mestrado em Gestão da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2022. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/76759. Acesso em: 25 jun. 2022.

WOLTER, A. P.; VELHO, A. da S. Gestão Pública no Brasil: Desafios e perspectivas. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, ano 5, ed. 2, v. 2, p. 18-27, fev. 2020. DOI: 10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/administracao/gestao-publica-no-brasil. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/administracao/gestao-publica-no-brasil. Acesso em: 10 set. 2021.

Downloads

Publicado

28-10-2022

Como Citar

VIEIRA, E. de A.; COELHO, T. R. Barreiras informacionais e desafios organizacionais em gestão de convênios entre universidades e fundações de amparo à pesquisa. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, [S. l.], v. 6, n. 1, p. e29360, 2022. DOI: 10.21680/2447-0198.2022v6n1ID29360. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/29360. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos