A CRISE DA AUTORIDADE DA EDUCAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT

Autores

  • Leonardo Pellegrinello Camargo Colégio Estadual do Paraná

Resumo

Este artigo tem o objetivo de pesquisar a obra de Hannah Arendt para verificar as suas considerações sobre  a crise da autoridade na educação. Para tanto serão analisadas duas obras da autora: “A crise na educação” e “Reflexões sobre Little Rock”, onde abordaremos o seu pensamento a respeito dos problemas relativos à educação, no caso, a dos Estados Unidos. Nestas obras, a autora elabora conceitos originais e pertinentes sobre a educação e como este campo foi influenciado pela crise da cultura ocidental, característica no século XX. Procuraremos, contudo, relacionar o seu pensamento com a realidade educacional atual, mesmo entendendo as várias diferenças entre os momentos históricos e entre culturas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Pellegrinello Camargo, Colégio Estadual do Paraná

Mestre em Filosofia (PUC-PR)

Professor de Filosofia - Colégio Estadual do Paraná

Downloads

Publicado

09-02-2018

Como Citar

CAMARGO, L. P. A CRISE DA AUTORIDADE DA EDUCAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], n. 17, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/12870. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Fundamentos da Educação e Ensino