(RE)PENSANDO O CURRÍCULO ESCOLAR: A IMPORTÂNCIA DA LEITURA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA NO ENSINO-APRENDIZAGEM EM SALA DE AULA

  • Nedson Antônio Melo Nogueira Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Resumo

O presente trabalho tem como finalidade refletir sobre a importância da literatura afro-brasileira em sala de aula, tendo como base a lei federal sancionada 10.639/03, que torna obrigatório (como cumprimento de lei) as histórias e as culturas africanas e afro-brasileiras, assim como as histórias e as culturas indígenas (lei 11.645/08) nas instituições de ensino, sendo elas públicas ou privadas, aqui só enfatizaremos à primeira lei. Ancorados a uma perspectiva de leitura literária vinculada às práticas cotidianas e ao conhecimento de mundo trazido pelos/as alunos/as segundo os PCNs (1998), procuraremos problematizar as condições (e a falta delas) de se abordar uma prática de leitura constituinte e constitutiva para a formação crítica e participativa dos/as alunos/as como também possibilitar, além de resgatar, os saberes e os valores históricos e culturais construídos pelos povos africanos ao longo das gerações. Adotando pressupostos de teóricos/as que pensam a prática leitora no contexto escolar, entre eles (FREIRE, 1989; SILVA, 2003; DALVI, 2010), vemos o quanto é necessária a sua inserção no ensino-aprendizagem em aulas de língua portuguesa, em especial, nas de Literatura. Para finalizar, trazemos à baila as principais nuances que inviabilizam a falta de formação/qualificação dos/as educadores/as em desenvolverem atividades pedagógicas que sejam pertinentes a prática leitora assim como as temáticas africanas e afro-brasileiras a uma formação de pertença e autoafirmação afro-descendente; o descaso do currículo escolar no tocante as africanidades diante do que prioriza à lei supramencionada, e o que defende os documentos oficiais e suas diretrizes para o fortalecimento de uma educação antirracista e mais pluricultural.      

 

Palavras-Chave: Africanidades. Afro-descendência. Lei 10.639/03. Prática leitora.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
18-12-2018
Como Citar
NOGUEIRA, N. A. M. (RE)PENSANDO O CURRÍCULO ESCOLAR: A IMPORTÂNCIA DA LEITURA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA NO ENSINO-APRENDIZAGEM EM SALA DE AULA. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, v. 18, n. 3, 18 dez. 2018.
Seção
Fundamentos da Educação e Ensino