A EDUCAÇÃO ENTENDIDA COMO CIVILIZAÇÃO: MEDIDAS INSTRUTIVAS REALIZADAS NO RIO DE JANEIRO DURANTE O PERÍODO JOANINO (1808-1821)

Autores

  • Anelise Oliveira UNESP - Campus Marília.

Resumo

Este trabalho apresenta considerações sobre as medidas instrutivas ocorridas na cidade do Rio de Janeiro em decorrência da permanência de D. João VI e da Corte Portuguesa no Brasil (1808-1821). Como objeto de investigação foram utilizados documentos do início do século XIX, os quais englobam os relatos de viajantes estrangeiros que estiveram no Brasil, o conjunto de leis sancionadas por D. João VI e os anúncios do periódico fluminense Gazeta do Rio de Janeiro. A análise dos documentos citados permite verificar que as medidas instrutivas adotadas tinham por finalidade, em grande parte, “civilizar” os modos e os costumes da camada dirigente fluminense, aperfeiçoando a formação moral e intelectual desse segmento da população. Assim, a política adotada pelo regente português no Brasil objetivou promover o distanciamento instrutivo da camada dirigente perante as demais. Os resultados indicam que o desenvolvimento das medidas instrutivas estava estritamente relacionado à concepção de civilização da época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anelise Oliveira, UNESP - Campus Marília.

Graduação (2006) e Mestrado (2009) em História pela UNESP - Campus Franca. Graduação em Pedagogia (2013) pela Universidade de Uberaba. Doutoranda em Educação (Linha de Pesquisa "Teoria e Práticas Pedagógicas") pela UNESP - Campus Marília, sob orientação da Prof. Dra. Raquel Lazzari Leite Barbosa. Integrante, desde 2013, do "Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Linguagem, Ensino e Narrativa de Professores" - GEPLENP - certificado pelo CNPq, coordenado pelos professores Raquel Lazzari Leite Barbosa e Sergio Fabiano Annibal.

Downloads

Publicado

12-02-2015

Como Citar

OLIVEIRA, A. A EDUCAÇÃO ENTENDIDA COMO CIVILIZAÇÃO: MEDIDAS INSTRUTIVAS REALIZADAS NO RIO DE JANEIRO DURANTE O PERÍODO JOANINO (1808-1821). Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], n. 11, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/6513. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Fundamentos da Educação e Ensino