A Valorização Docente na (re)construção da Identidade dos Profissionais do Ensino Superior em Angola

Palavras-chave: Ensino Superior, Identidade, Profissão docente, (Re)construção, valorização

Resumo

O presente artigo tem como finalidade refletir em torno da valorização docente, na (re)construção da identidade dos profissionais do Ensino Superior (ES) em Angola. O estudo faz uso de uma abordagem qualitativa, inserida no paradigma interpretativo, recorrendo à análise de discurso e de conteúdo, articulada aos documentos normativos e estudos realizados por diversos investigadores sobre a temática em diferentes contextos educativos e sociais de modo geral, e na realidade dos docentes e vivência dos autores no Ensino Superior em Angola em particular, enquanto campo da atuação de dois dos autores. O objetivo principal do estudo é articular as orientações expressas nos documentos normativos e a importância que os diferentes autores atribuem a esta temática, com a análise da realidade angolana. As conclusões rementem para uma compreensão da temática a partir de uma visão unilateral reforçando a necessidade valorizar profissionalmente os docentes do Ensino Superior em Angola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANGOLA. Decreto-Lei nº 7/2009, de 12 de maio 2009. Estabelece a reorganização da rede das Instituições de Ensino Superior Públicas, a criação de novas Instituições do Ensino Superior e o redimensionamento da Universidade Agostinho Neto (UAN). Diário da República I – Série, 87, 2009.

ANGOLA. Decreto-Lei nº 17/2016 de 7 de outubro de 2016. Aprova a Lei de Bases do Sistema de Educação e Ensino em Angola. Diário da República I – Série, 170, 2016.

ANGOLA. Decreto-Lei nº 191/2018 de 8 de agosto de 2018. Aprova o Estatuto da Carreira Docente do Ensino Superior em Angola. Diário da República I – Série, 118, 2018.

BUZA, Juliana Lando Canga; GONÇALVES, Terezinha Valentin Oliveira. Motivação ao magistério e identidade de professores que ensinam ciências em um país em reconstrução: Angola/Cabinda. 2007. Disponivél em: http://www.nutes.ufrij.br/abrapec . Acesso em: 15 fev. 2019.

BUZA, Juliana Lando Canga; BUZA, Alfredo Gabriel. Gestão do ensino superior em angola os desafios endógenos e exógenos. 2015. Disponível em: http://www.aforges.org/wp-content/. Acesso em: 27 fev. 2019.

CARDOSO, Ermelinda Monteiro Silva; FLORES, Maria Assunção. A formação incial de professores em Angola: problemas e dasafios. In: CONGRESSO INTERNACIONAL GALEGO-PORTUGUÊS DE PSICOPEDAGOGIA. 10. 2019. Actas [...] Braga: Universidade de Minho, 2009.

CARDOSO, Jorge Rio. O professor do futuro: valorizar os professores, melhorar a educação. Lisboa: Clube do Livro. 2013.

CASSULE, Abel da Costa; SIMÕES, Aníbal João Ribeiro. Representações sociais sobre a constrtução da identidade profissional docente: um caso do ISCED-Huambo. Revista Electrónica Formación y Calidad Educativa (REFCalE), Vicerrectorado Académico de la Universidad Laica Eloy Alfaro de Manabí, Ecuador, v. 6, n. 3, p. 203-214, set./dez. 2018.

CUTATELA, Arão Chilulo. A importância do trabalho colaborativo na formação contínua de docentes do Departamento de Ciências da Educação da Escola Superior Pedagógica do Bié. Revista Órbita Pedagógica, Isced-Huambo, v. 5, n. 3, p.12-23, set./dez. 2018.

DAY, Christopher. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Portugal: Porto Editora,1999.

DETOMINI, Gabriela Mendes; MARIOTINI, Sérgio Donizeti. Fracasso no exercício do ofício docente: consequências da desvalorização social da profissão docente. Cadernos de Educação: Ensino e Sociedade, Bebedouro (São Paulo), v, 4, n. 1, p. 368-383, mar./jun. 2017.

ESTRELA, Maria Teresa. Profissão docente: dimensões afetivas e éticas. Portugal: AREAL Editores, 2010.

FORMOSINHO, João. A academização da da formação de professores. In: FORMASINHO, João. Formação de professores: aprendizagem profissional e acção docente. Porto: Porto Editora/ LDA, 2009.

GALINDO, Wedna Cristina Marinho. A construção da Identidade profissional docente. Revista Psicologia Ciência e Profissão, Araraquara, v. 24, n. 2, p.14-23, abr./ago. 2004.

HARGREAVES, Any. Ser Professor na era da insegurança. In ÁUREA Adão e ÉDIO Martins (orgs). Os professores: identidades (re) reconstruidas. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, 2004.

IRMA-PANZO, Boaventura Joaquim. A extensão universitária em Angola. Tendências, acções e projeções. Angola: Luanda, 2018.

IZA, Dijnane Fernanda Vedovatto; BENITES, Larissa Cerignoni; SANCHES NETO, Luiz; CYRINO, Marina; Ananias, ELISANGELA Venâncio; ARNOSTI, Rebeca Possobom; SOUZA DE NETO, Samuel (Org.). Identidade docente: as várias faces da constituição do ser professor. Revista Eletrônica de Educação, v. 8, n. 2, p. 273-292, fev./abr. 2014.

JESUS, Saul Neves de. Motivação na Profissão docente: Perspetivas para o bem-estar docente. In ÁUREA Adão; ÉDIO Martinas (Org.). Professores: Identidades (re)construidas. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, 2004.

KANDINGI, Adelina Alexandra Carlos Pio de. A expansão do ensino superior em Angola. (Um estudo sobre o Impacto das instituições de ensino superior privado). Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade de Nova Lisboa, 2016.

LAWN, Martins. Os professores e a fabricação de identidades. In: ANTÓNIO Nóvoa; JURGEN Schriewer (Org.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa. 2000.

MANUEL, Tuca. A regulação do ensino superior como interface da regra do funcionalismo público do Estatuto da Carreira Docente em Angola. 2016. Disponível em: http://www.aforges.org/wp-content/uploads/2016/11/15-Tuca-Manuel. Acesso em: 15 nov. 2018.

MACHADO, Joaquim; FORMOSINHO, João. Professores, escola e formação. Políticas e práticas de formação contínua. In: FORMOSINHO João. A formação de professores: aprendizagem profissional e acção docente. Porto: Porto Editora, 2009.

MED. Reforma Educativa. Ministério da Educação de Angola. Luanda: Angola, 2010.

MELO, Daniela da Silva. Profissão docente: um estudo sobre a desvalorização/valorização da Carreira. In: JORNADA BAIANA DE PEDAGOGIA, 2; 2016. Anais […]. Ilhéus, 2016. Disponível em: http://www.Users/documents/profissao_docente_um_estudo_sobre_a.pdf. Acesso em: 5 nov. 2018.

MESCTI. Acta do 2º Conselho Nacional do Ensino Superior, Ciência Tecnologia e Inovação. Conselho Nacional. Luanda: Angola, 2018ª.

MESQUITA, Elza da Conceição. Formação inicial, profissão docente e competências para a docência: a visão dos futuros professores. Revista de Educação, EDUSER, Instituto Politécnico de Bragança – Escola Superior de Educação, v. 2, n 1, p. 3-19, Bragança, Portugal. 2010. Disponível em: http://www.eduser.ipb.pt. Acesso em: 18 out. 2018.

MOREIRA, Justina. Portefólio do professor: o prortefólio reflexivo no desenvolvimento profissional. Porto: Porto Editora, 2010.

NÓVOA, António. Para uma formação de professores construída dentro da profissão. Lisboa. Portugal: Universidad de Lisboa, 1999.

NÓVOA, António. Professores: Imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

NÓVOA, António. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, São Paulo SP Brasil, v, 47 n.166, p. 1106-1133, out./dez. 2017.

PND. Plano Nacional de Desenvolvimento (2018-2020). Luanda: Angola, 2018.

PNFQ. Plano Nacional de Formação de Quadros (2012-2020). Luanda: Angola, 2012.

RAUL, Rosa Manuel. A construção da identidade profissional dos professores: o caso da escola nº 2055 do município da Maianga. 2015. Dissertação. (Mestrado em Administração e Gestão Educacional) – Programa de Pós-Graduação, Universidade de Évora, 2015.

ROLDÃO, Maria dos Céu. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, Minho, v. 12, n. 34, p. 94-108, jan./abr. 2007.

SILVA, Rosa; SILVA, António Carvalho da. Um olhar sobre a formação de professores em Angola. In: COLÓQUIO CABO-VERDIANO DE EDUCAÇÃO – CEDU. 2; 2015. Anais […]. Praia: Cabo- Verde: Edições Uni-CV, 2015.

SIMÕES, Cristovão; SAMBO, Maria do Rosário; FERREIRA, Albano; FRESTA, Mário (Org.). Ensino superior em Angola: desafios e oportunidades ao nível institucional. Revista FORGES – Fórum da Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa. Forges, v. 3, n. 1, p. 79-102, 2016.

TEIXEIRA, Inês; BATISTA, Paula; GRAÇA, Amândio. A reconstrução da identidade profissional em comunidades de prática. In: CORREIA, Luís Grosso; POÇAS, Ruth Leão Sara (Org.). O tempo dos professores. Porto: Universidade do Porto, 2017.

TEODORO, António. Um estudo europeu sobre os professores. Atratividade, perfil e conteúdo ocupacional da profissão docente. In: ÁUREA Adão; ÉDIO. Martins. Os professores: identidades (re) construídas. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, 2004.

VARGAS, Jamily Charão. Refletindo sobre a obra “Profissão Professor”: contribuições de Antônio Nóvoa. Revista Partes: P@rtes (São Paulo- Brasil) www.partes.com.br/educacao.asp Acesso aos 1 de Outubro de 2018, 2008.

Publicado
07-02-2020
Como Citar
Cutatela, A. C., Maria de Jesus Paulo, A., & Alexandre da Fonseca Tinoca, L. (2020). A Valorização Docente na (re)construção da Identidade dos Profissionais do Ensino Superior em Angola . Revista Educação Em Questão, 58(55). https://doi.org/10.21680/1981-1802.2020v58n55ID18469
Seção
Artigos