A inspeção escolar e a campanha nacionalista: políticas e práticas na escola primária catarinense

  • Ademir Valdir dos Santos
Palavras-chave: Escola primária. Inspeção escolar. Nacionalismo.

Resumo

Durante as primeiras décadas do século XX, a educação escolar foi estrategicamente utilizada pelo governo com a intenção de eliminar focos contrários à campanha nacionalista. As escolas primárias catarinenses foram alvo de medidas que objetivaram forjar uma identidade nacional, se opondo à cultura escolar caracterizada pelo uso de língua e costumes estrangeiros. Nosso objetivo é discutir a inspeção escolar como elemento utilizado pelo governo brasileiro para atingir seus intentos nacionalistas durante a primeira metade do século XX. A metodologia é baseada na pesquisa documental, com análise de conteúdo de textos da política educacional produzidos, fontes primárias inéditas sobre a inspeção no âmbito da campanha no Estado de Santa Catarina. Os resultados evidenciaram que a inspeção escolar foi um instrumento usado pelo governo com eficácia para desestruturar as perspectivas culturais das escolas estrangeiras e incutir as orientações nacionalistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ademir Valdir dos Santos
Prof. Dr. Ademir Valdir dos Santos | Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) |Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Educação e História: Cultura Escolar e Prática Pedagógica | E-mail: ademir.santos@utp.br
Publicado
15-09-2008
Como Citar
Santos, A. V. dos. (2008). A inspeção escolar e a campanha nacionalista: políticas e práticas na escola primária catarinense. Revista Educação Em Questão, 33(19). Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/3935
Seção
Artigos