Da cultura corporal à corporeidade: por uma inversão epistêmica na educação física

  • Pierre Normando Gomes da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Kátia Brandão Cavalcanti Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Cultura corporal. Corporeidade.

Resumo

Este texto se propõe em responder ao seguinte problema: Qual o lugar teórico da corporeidade nas ciências sociais?Para isso, especificamos o “olhar” teórico-metodológico da corporeidade sobre o modo de operar do corpo na cultura, distinguindo-o da perspectiva das “Técnicas Corporais”(1934), de Marcel Mauss, e prolongando-se da “Tecnologia do Eu,”de Michel Foucault (1983).As ações e inações corporais são pensadas por aquilo que as move, força sexual em busca do prazer, conforme Freud (1905), em oposição aos códigos sociais impostos. O enfoque está na apreensão da capacidade de por a motricidade em movimento no interior da cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-04-2004
Como Citar
Silva, P. N. G. da, & Cavalcanti, K. B. (2004). Da cultura corporal à corporeidade: por uma inversão epistêmica na educação física. Revista Educação Em Questão, 19(5), 69-87. Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/8643
Seção
Artigos