Efeitos sintáticos e temáticos na resolução de pronomes ambíguos em Português Brasileiro

  • Mahayana Godoy
  • Renata Sabrinne Souza de Carvalho UFRN

Resumo

Este artigo tem por objetivo investigar, de forma experimental, que tipo de informações influenciam falantes nativos do Português Brasileiro durante a resolução online de um pronome pleno ambíguo. Em contextos de transferência de posse (e.g. Rodrigo serviu a torta para Caio), estudos anteriores nessa língua identificaram que o pronome é resolvido levando em conta informações do papel temático do antecedente, sem influência significativa de informações sintáticas. No entanto, os estímulos experimentais desses trabalhos continham uma sobreposição de papel temático e função sintática, o que dificulta a identificação de vieses de preferência por antecedente com base em sua posição sintática. Realizamos um experimento de complementação de sentenças para investigar até que ponto falantes de português brasileiro realmente se pautam apenas por informações temáticas para interpretar pronomes ambíguos em contextos de transferência de posse. Nossos resultados indicam que, ao contrário do que ocorre em outras línguas, informações sintáticas não mudam as probabilidades associadas às preferências de interpretação de pronomes plenos. Mais uma vez, falantes de Português Brasileiro sofreram influência do papel temático do antecedente. Discutirmos como esses resultados podem ser explicados por um modelo probabilístico de resolução de pronomes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
22-07-2020
Como Citar
GODOY, M.; SOUZA DE CARVALHO, R. S. Efeitos sintáticos e temáticos na resolução de pronomes ambíguos em Português Brasileiro. Revista do GELNE, v. 22, n. 2, p. 131-142, 22 jul. 2020.
Seção
Artigos