Literatura na mobilidade: relação de haitianos no Brasil com a obra “Senhores do Orvalho” de Jacques Roumain

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1517-7874.2024v26n1ID35481

Resumo

Com a recente intensificação dos fluxos migratórios da população haitiana ao Brasil, diversas questões que envolvem o universo cultural haitiano passaram a fazer parte também do universo brasileiro.  Este artigo tem por objetivo salientar as principais questões que pudemos observar na relação entre imigrantes haitianos no Brasil e a literatura de seu país, mais especificamente com a obra “Senhores do Orvalho” de Jacques Roumain. A metodologia utilizada na investigação foi a realização de entrevistas de História Oral. A pesquisa demonstra que existe uma grande relevância da literatura na construção de um sentimento de orgulho para população haitiana, como uma forma de poder carregar nas malas um pouco do seu país. Nesse sentido, o romance “Senhores do Orvalho” escrito por Jacques Roumain demonstrou ser um símbolo do Haiti, uma obra que consegue demonstrar em diversas esferas a cultura, história e resistência haitiana, além de uma ferramenta para enfrentar as dificuldades da mobilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taíse Staudt, Universidade Federal de Integração Latino Americana

Graduada no curso de Licenciatura em História na Universidade Federal da Fronteira Sul no ano de 2018, possuo Especialização em Ensino de História e América Latina pela Universidade Federal de Integração Latino Americana (Unila) em 2022 e Mestrado pelo Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos Latino Americanos (PPG-IELA) também na Unila, em 2022. Pesquiso na área de Interdisciplinaridade, História do tempo presente, história oral, memória, mobilidades contemporâneas, diáspora e literatura. Trabalho principalmente com as temáticas voltadas ao Haiti e ao Caribe. Atualmente é professora na rede estadual de Santa Catarina.

Lívia Santos de Souza, Universidade Federal de Integração Latino Americana

Doutora em letras neolatinas pela UFRJ (2018). Professora adjunta da Universidade Federal da Integração Latino-Americana. 

Downloads

Publicado

06-06-2024

Como Citar

STAUDT, T.; SANTOS DE SOUZA, L. Literatura na mobilidade: relação de haitianos no Brasil com a obra “Senhores do Orvalho” de Jacques Roumain. Revista do GELNE, [S. l.], v. 26, n. 1, p. e35481, 2024. DOI: 10.21680/1517-7874.2024v26n1ID35481. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/gelne/article/view/35481. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê temático: Literaturas latino-americanas em língua francesa