PERFIL DE PUBLICAÇÃO SOBRE NUTRIÇÃO ESPORTIVA NO APLICATIVO INSTAGRAM

  • Jarson Pedro da Costa Pereira Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA/ Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. http://orcid.org/0000-0001-5412-6467
  • Thaiz Mattos Sureira Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA UFRN
  • Jessica Raissa Carlos Gomes Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA
  • Taysa Priscila Pereira da Silva Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA
  • Rayssa Gomes da Costa Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA
Palavras-chave: Meios de comunicação, Internet, Rede social, Nutrição, Esporte.

Resumo


Introdução: A constante busca pela saúde e corpo perfeito, trouxe ao aplicativo Instagram um número considerável de usuários que utilizam o corpo como ferramenta discursiva e de convencimento, fazendo destes usuários guias de opinião diante dos demais. Objetivos: Sendo assim, buscou-se definir o perfil das publicações sobre nutrição esportiva no Instagram. Metodologia: A amostra compreendeu 58 perfis dedicados ao tema nutrição esportiva, identificados após a pesquisa dos verbetes “Nutrição Esportiva” e “Nutrição Fitness”, na área de busca do próprio aplicativo. Foi identificada a autoria e audiência dos perfis a partir dos dados apresentados em cada perfil avaliado, assim como, a quantificação dos seguidores e relacionou-se a audiência desses com as categorias analíticas de autoria. Resultados: Há cerca de 170 mil publicações sobre nutrição esportiva no Instagram. A maior parte foi publicada por perfis sem informações a cerca da inserção profissional dos autores (Loja de suplementos – 53%, sem definição - 17%). Os nutricionistas formados e os especializados em nutrição esportiva foram uns dos que menos possuíam perfis no aplicativo (15%), no entanto, foram os que apresentaram maior abrangência de público. Conclusão: Faz-se necessário o envolvimento dos profissionais nutricionistas na veiculação desses conteúdos nas redes sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaiz Mattos Sureira, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA UFRN

Docente adjunta da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/UFRN

Referências

  • Jacob H. Redes sociais, mulheres e corpo: um estudo da linguagem fitness na rede social Instagram. Rev. Communicar. 2014; 14(1): 88-105.

  • Batista G, Rodrigues RA Construção de Identidade na “Geração Fitness” do Instagram: a representação do eu e do corpo no ciberespaço. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Foz do Iguaçu, PR. 2014.

  • Freire C. Alimentação na mídia impressa: uma análise de conteúdo da Revista Boa Forma. [internet]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2011. [acesso em 2016 out 20]. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/34061

  • American Dietetic Association (ADA). In Dramatically Increasing Numbers, TV and Magazines Remain Consumers’ Most Popular Sources of Nutrition Information, American Dietetic Association Survey Shows. [acesso em 2016 out 20]. Disponível em: http://www.eatright.org

  • Azevedo E. Riscos e controvérsias na construção social do conceito de alimento saudável: o caso da soja. Rev. Saúde Pública. 2011; 45(4):781-788.

  • Faria JT. Uso de Mídias Sociais no Marketing em Saúde. Revista Movimenta. 2014; 7(4): 795-796.

Publicado
10-07-2017
Como Citar
DA COSTA PEREIRA, J. P.; MATTOS SUREIRA, T.; CARLOS GOMES, J. R.; PEREIRA DA SILVA, T. P.; GOMES DA COSTA, R. PERFIL DE PUBLICAÇÃO SOBRE NUTRIÇÃO ESPORTIVA NO APLICATIVO INSTAGRAM. Revista Ciência Plural, v. 3, n. 1, p. 3-11, 10 jul. 2017.
Seção
Artigos