AVALIAÇÃO DE INDICADORES PARA CÂNCER DE MAMA NO PERÍODO DE 2009 A 2013

  • Thais Raquel Pires Tavares Graduada em Enfermagem pela Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte. E-mail:
  • Fábia Barbosa de Andrade Professora Adjunto II da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
  • Débora Kaynara Ferreira Dantas Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
  • Maura Roberta Guilherme de Lima Ludovico V Unidade Regional de Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Brasil
  • Daísy Vieira de Araújo Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/ Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Palavras-chave: neoplasias da mama, mamografia, sistemas de informação, epidemiologia

Resumo


Introdução: O câncer de mama se apresenta como a doença mais relevante no âmbito da Saúde da Mulher, da Saúde Coletiva e da Gestão em Saúde. Objetivo: Avaliar os indicadores para câncer de mama, na região do Trairi, a partir de dados gerados pelo SISMAMA, no período de 2009 a 2013. Métodos: Estudo ecológico que utilizou dados coletados na V URSAP, do Estado do Rio Grande do Norte, referentes ao acompanhamento do câncer de mama na região do Trairi. Resultados: Percebeu-se baixa cobertura da mamografia. A faixa etária trabalhada é semelhante a mesma sugerida pela política existente e por vários estudos consultados na literatura. A maior prevalência de alterações foi encontrada na mama esquerda. As informações incompletas e a subnotificação apontam fragilidades no sistema de consolidação dos dados. Conclusão: É importante a realização de diagnósticos situacionais periódicos, embasados nos indicadores estudados, para que se alcance melhor cobertura e controle do câncer de mama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábia Barbosa de Andrade, Professora Adjunto II da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunto II da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Débora Kaynara Ferreira Dantas, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Graduanda em Enfermagem pela Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Bolsista PROPESQ/UFRN.
Maura Roberta Guilherme de Lima Ludovico, V Unidade Regional de Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Brasil
Contadora. Coordenadora Regional de Saúde da Mulher da V Unidade Regional de Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Brasil.
Daísy Vieira de Araújo, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi/ Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Enfermeira. Doutoranda em Ciências da Saúde. Professora Adjunto I da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA)/Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Referências

  • Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional do Câncer. Coordenação Geral de Ações Estratégicas. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2014: incidência de câncer no Brasil. INCA; 2014. [online][acesso em 2014 nov 22]. Disponível em http://www.inca.gov.br/estimativa/2012/estimativa20122111.pdf.

  • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher: princípios e diretrizes. 1 ed. Ministério da Saúde; 2004. [online] [acesso em 2013 jun 18] Disponível em http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2007/politica_mulher.pdf.

  • Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012: Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: MS; 2013. [online] [acesso em 2014 nov 23] Disponível em http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

  • Marchi AA, Gurgel MSC. Adesão ao rastreamento mamográfico oportunístico em serviços de saúde públicos e privados. Rev Bras Ginecol Obstet. 2010; 32(4): [online] [acesso em 2014 nov 25]. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbgo/v32n4/v32n4a07.

  • Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Parâmetros técnicos para o rastreamento do câncer de mama. Recomendações para gestores estaduais e municipais. Instituto Nacional de Câncer; 2009. [online] [acesso em 2014 nov 25]. Disponível em http://www.acervo.epsjv.fiocruz.br/beb/textocompleto/009471.

  • Brasil. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 11.664, de 29 de abril de 2008. Dispõe sobre a efetivação de ações de saúde que assegurem a prevenção, a detecção, o tratamento e o seguimento dos cânceres do colo uterino e de mama, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. Brasília: 2008. [online] [acesso em 2014 nov 27] Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11664.htm.

  • Santos SB, Koch HA. Análise do Sistema de Informação do Programa de Controle do Câncer de Mama (SISMAMA) mediante avaliação de 1.000 exames nas cidades de Barra Mansa e Volta Redonda. Radiol Bras. 2010; 43(5):[online] [acesso em 2014 nov 25]. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rb/v43n5/v43n5a07.pdf.

  • Rosa LM, Radunz V. Taxa de sobrevida na mulher com câncer de mama: estudo de revisão. Texto contexto - enferm. 2012; 21(4): [online] [acesso em 2014 nov 25). Disponível em http://www.scielo.br/pdf/tce/v21n4/31.pdf.

  • Rodrigues DCN, Et al. Avaliação do desempenho dos centros de diagnóstico na classificação dos laudos mamográficos em rastreamento oportunista do Sistema Único de Saúde (SUS). Radiol Bras. 2013; 46(3): [online] [acesso em 2014 nov 25]. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rb/v46n3/pt_0100-3984-rb-46-03-149.pdf.

  • Martins AFS, Nogueira G, Santos IP, Borges DT. Determinação do perfil das pacientes que realizam mamografia em Santa Cruz do Sul – RS a partir do sistema de informação do controle do câncer de mama (SISMAMA). In: Anais do III Salão de Ensino e Extensão Vivenciando a Integração [online]. Santa Cruz do Sul: Universidade de Santa Cruz do Sul; 2012. [acesso em 2014 nov 25] Disponível em http://online.unisc.br/acadnet/anais/index.php/salao_ensino_extensao/article/view/10511/339.

Publicado
30-08-2016
Como Citar
TAVARES, T. R. P.; ANDRADE, F. B. DE; DANTAS, D. K. F.; LUDOVICO, M. R. G. DE L.; ARAÚJO, D. V. DE. AVALIAÇÃO DE INDICADORES PARA CÂNCER DE MAMA NO PERÍODO DE 2009 A 2013. Revista Ciência Plural, v. 2, n. 1, p. 30-41, 30 ago. 2016.
Seção
Artigos