A VIDA COMO CONCEPÇÃO EDUCATIVA NO PENSAMENTO DE RUBEM ALVES E ORTEGA Y GASSET

Autores

  • Enock da Silva Peixoto Mestre em educação pela universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO. Doutorando em Filosofia pela UERJ e UFRJ.

Resumo

RESUMO

Neste artigo abordaremos o tema: A vida como concepção educativa no pensamento de Rubem Alves e Ortega y Gasset. Consideramos que os dois teóricos, embora partindo de momentos históricos e culturais diferentes, tem em comum, o fato de não considerarem a vida como algo trivial para pensarmos as questões educacionais. Os pensadores supracitados contêm reflexões que contribuem para a análise do contexto educativo numa perspectiva vital, pois consideram a existência concreta, em seu devir, em sua circunstancia, como algo essencial no processo de repensar os objetivos e processos da formação humana. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enock da Silva Peixoto, Mestre em educação pela universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO. Doutorando em Filosofia pela UERJ e UFRJ.

Graduado em Filosofia e Pedagogia. Mestre em educação pela UNIRIO; doutorando e filosofia pela UERJ e UFRJ.

Downloads

Publicado

18-01-2018

Como Citar

PEIXOTO, E. da S. A VIDA COMO CONCEPÇÃO EDUCATIVA NO PENSAMENTO DE RUBEM ALVES E ORTEGA Y GASSET. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], v. 18, n. 1, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/13260. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Fundamentos da Educação e Ensino