OS DOCUMENTOS OFICIAIS SOBRE A DISCIPLINA DE FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE TEÓRICA

Autores

  • Yvisson Gomes dos Santos Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Resumo

o presente artigo tratar-se-á de analisar os documentos do MEC e dá-los uma interpretação a luz de pesquisadores da filosofia da Educação. A obrigatoriedade do ensino da disciplina de filosofia desde o ano de 2008 vem arregimentando a ideia da imprescindibilidade da mesma no Ensino Básico. Pensar a filosofia é pensar as categorias da razão, da criticidade, da emancipação dos sujeitos da educação e, principalmente, da cidadania. Graças aos documentos do MEC serem visto como um avanço a referida disciplina no ensino médio, conclui-se que com a oficialização desses documentos oficiais a busca de autonomia do aluno e, seguramente, a efetivação do ato de pensar e questionar o mundo hodierno de forma filosófica ganharam respaldos legais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yvisson Gomes dos Santos, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Mestrando em Educação pelo PPGE/CEDU/UFAL e tutor a distância pelo CIED/UAB/UFAL

Downloads

Publicado

12-02-2015

Como Citar

GOMES DOS SANTOS, Y. OS DOCUMENTOS OFICIAIS SOBRE A DISCIPLINA DE FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE TEÓRICA. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], n. 11, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/6519. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Fundamentos da Educação e Ensino