A Fundação Victor Civita e a rede de entidades públicas e privadas na educação

Palavras-chave: Fundação Victor Civita. Relação público-privada. Empresariado Brasileiro. Educação.

Resumo

Neste artigo, realiza-se um estudo sobre a articulação de diversas entidades privadas e públicas com a Fundação Victor Civita, que são expressas através da análise dos Editoriais de Estudos & Pesquisas Educacionais. Objetiva-se analisar a relação existente entre as entidades privadas e a Fundação Victor Civita no âmbito educacional. Utiliza-se os fundamentos do materialismo histórico dialético, segundo Kosik (1976) e Kopnin (1993). Defende-se a tese da existência de uma rede de entidades privadas que se articulam à Fundação Victor Civita por intermédio dos editoriais de pesquisa, a fim de viabilizar estudos que ratificam o conteúdo do projeto orgânico de dominação da elite brasileira, o qual visa à manutenção das desigualdades existentes. Constatou-se, mediante as análises das tensões e contradições, que a Fundação Victor Civita, em articulação com uma rede composta, principalmente, por entidades privadas − além de universidades, grupos de pesquisa e secretarias de educação municipais e estaduais − que atuam na educação com o objetivo de fortalecer o projeto privatista de educação e agudizar as desigualdades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Lopes de Sousa, Universidade Federal do Pará

Doutoranda em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação na Amazônia – PGEDA/Associação Plena em Rede (EDUCANORTE) vinculado a Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestra em Currículo e Gestão da Escola Básica (PPEB/UFPA). E-mail: crixxlopesaf@gmail.com. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Trabalho e Educação (GEPTE). Orcid: https://orcid.org/0000-0001-5851-7174.

 

Ronaldo Marcos de Lima Araujo, Universidade Federal do Pará

RONALDO MARCOS DE LIMA ARAUJO, Pedagogo, especialista em docência do ensino superior pela UFPA, Mestre em História e Filosofia da Educação pela PUC-SP, Doutor em Educação pela UFMG, com Pós-Doutoramento no PPFH-UERJ. Atualmente é Professor Titular do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica da UFPA atuando como professor da graduação e da pós-graduação ? mestrado e doutorado. Na UFPA coordena o GEPTE ? Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação. Mantem produção bibliográfica regular focando principalmente na área de Trabalho e Educação e, em particular, no ensino médio e na educação profissional. Tem experiência de orientação de dissertações/teses de mestrado e doutorado, trabalhos de Iniciação Científica, Trabalhos de Conclusão de Curso e monografias de cursos de especialização. Coordenou vários projetos de pesquisa com financiamento externo. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPA em três gestões, o Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica e o EDUCANORTE ? Programa de Pós-Graduação em Educação na Amazônia ? Doutorado, sendo eleito vice-coordenador do Fórum Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação, Coordenador do GT de Trabalho e Educação da ANPED, Diretor de Qualificação da Escola de Governo do Pará, Diretor de Ensino Médio e Educação Profissional da Secretaria de Educação do Pará, membro do Conselho Estadual de Educação, Diretor Geral do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica da UFPA e membro da Comissão da Área de Educação junto a CAPES. Atualmente é Superintendente de Assistência Estudantil da UFPA. É associado da ANPED, da ANPAE e da SBPC. Bolsista Produtividade do CNPq.

Referências

CASIMIRO, Fernando Henrique Calheiros. A nova direita: aparelhos de ação política e ideológica no Brasil contemporâneo. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

FREITAS, Luís Carlos. A reforma empresarial na educação: nova direita; velhas ideias. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

FREITAS, Luís Carlos de. Os empresários e a política educacional: como o proclamado direito à educação de qualidade é negado na prática pelos Reformadores Empresariais. Revista Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 6, n. 1, p. 48-59, jun. 2014 (Dossiê: Conjuntura).

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos & Pesquisas Educacionais – n. 1. Fundação Victor Civita, São Paulo, 2010.

Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/#volume-1. Acesso em: 24 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos & Pesquisas Educacionais – n. 2. Fundação Victor Civita, São Paulo, 2011. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/#volume-2. Acesso em: 24 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos & Pesquisas Educacionais – n. 3. Fundação Victor Civita, São Paulo, 2012. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/#volume-3. Acesso em: 24 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos & Pesquisas Educacionais – n. 4. Fundação Victor Civita, São Paulo, 2013. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/#volume-4. Acesso em: 24 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos & Pesquisas Educacionais – n. 5. Fundação Victor Civita, São Paulo, 2015. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/#volume-5. Acesso em: 24 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA (Site). Área de Estudos & Pesquisas. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/estudos-e-pesquisas/. Acesso em: 3 abr. 2020.

FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA (Site). Nossa história. Disponível em: https://fvc.org.br/especiais/fvc-nossa-historia/#nossa-historia. Acesso em: 3 abr. 2020.

KOPNIN, Pável. A Dialética como lógica e teoria do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1993.

KOSIK, Karel. Dialética do concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

PERONI, Vera Maria Vidal. Implicações da relação público-privada para a democratização da educação no Brasil. In: PERONI, Vera Maria Vidal (org.). Diálogos sobre as redefinições do papel do Estado e sobre as fronteiras entre o público e o privado. São Leopoldo: Oikos, 2015.

PERONI, Vera Maria Vidal; CAETANO, Maria Raquel. O público e o privado na educação: projetos em disputa? Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 337-352, jul./dez., 2015. (Dossiê: Base nacional comum: Projetos curriculares em disputa).

REVISTA VEJA (Site). Fábio Carvalho conclui aquisição do Grupo Abril. Disponível em: https://veja.abril.com.br/economia/fabio-carvalho-conclui-aquisicao-do-grupo-abril/. Acesso em: 18 jan. 2021.

SOUSA. Cristiane Lopes de. A Fundação Victor Civita como reflexo da relação do empresariado brasileiro com as políticas para o Ensino Médio e a Juventude. 172 f. 2019. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação) – Universidade Federal do Pará, Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica, Belém, 2019.

Publicado
10-02-2021
Como Citar
de Sousa, C. L., & Araujo, R. M. de L. (2021). A Fundação Victor Civita e a rede de entidades públicas e privadas na educação. Revista Educação Em Questão, 59(59). https://doi.org/10.21680/1981-1802.2021v59n59ID23300
Seção
Artigos