O educador no espaço das políticas de assistência social

aportes teóricos-metodológicos e éticos

Palavras-chave: Educadores sociais, Políticas Públicas, Assistência Social, Formação Profissional

Resumo

O artigo tem como foco a atuação dos educadores sociais no campo das políticas públicas, especificamente, das políticas de assistência social no âmbito do qual, tal função tem sido assumida tanto por indivíduos egressos do ensino médio, quanto por profissionais oriundos de cursos de humanidades. Partindo do pressuposto de que nem sempre os sujeitos que assumem a função de “educadores sociais” sentem-se preparados para uma atuação qualificada junto aos usuários da política de assistência social, o texto busca oferecer um conjunto de reflexão de ordem teórico-metodológica e ética como subsídio à ação desse profissional na perspectiva do desenvolvimento humano e social. Para tanto, fundamenta-se nas reflexões de diversos pensadores, bem como nos pressupostos da teoria Sócio-histórica. A intenção, é oferecer aos educadores sociais que atuam em contexto de vulnerabilidade e exclusão, uma reflexão sistemática que possa nortear suas práticas numa ótica da competência técnica, compromisso político e sensibilidade humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Saturnino da Silva, Universidade Estadual da Paraíba

Prof. do Departamento de Educação da Universidade Estadual da Paraíba. Campus III (Guarabira, Paraíba). Pesquisador dos Grupos de Pesquisa Laboratório de Observação Permanente sobre as transformações do mundo rural do Nordeste (UFPE) e Trabalho, Desenvolvimento e Políticas Públicas (UFCG).

Verônica Pessoa da Silva , Universidade Estadual da Paraíba

Prof.ª Titular da Universidade Estadual da Paraíba − Campus III. Guarabira (Paraíba). Pesquisadora do Grupo de Pesquisa PELEJA  Pesquisas e Estudos em Letramentos de Jovens e Adultos (UEPB). Membro do Grupo Articulador do Fórum de EJA do Estado da Paraíba e do Fórum Regional de EJA e Integrante do Fórum de EJA.

Germana Alves de Menezes , Universidade Estadual da Paraíba

Prof.ª da Universidade Estadual da Paraíba- Campus III. Guarabira (Paraíba). Pesquisadora do Grupo de Pesquisas e Estudos sobre a Criança (UFPB).

 

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Homo Sacer: O poder soberano e a vida nua. Tradução: Henrique Burigo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000.

ALBERTO, Maria de Fátima Pereira; FREIRE, Alberto Mayara Limeira; LEITE, Fernando Moreira; GOUVEIA, Charlene Nayana Nunes Alves. As políticas públicas de assistência social e a atuação profissional dos(as) psicólogos(as). In: OLIVEIRA, Isabel Fernandes de; YAMAMOTO, Oswaldo Hajime (Org.). Psicologia e políticas sociais: Temas em debate. Belém: Ed. UFPA, 2014.

BAUMAN, Zygmunt. Vidas Desperdiçadas. Tradução: Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge. Zahar Ed., 2005.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Tradução: Fernando Tomaz. 9.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS. Resolução n. 09 de 15 de abril de 2014. Diário Oficial da União, Brasília – DF, 16 de abril de 2014. Disponível em: http://www.mds.gov.br/cnas/legislacao/resolucoes/arquivos2014/resolucoes-cnas-2014/ Acesso em 18.12.2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Assistência Social. Resolução nº 17, de 2011. Ratifica a equipe de referência definida pela Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do Sistema Único de Assistência Social – NOB-RH/SUAS Diário Oficial da União, Brasília, DF, 21 jun. 2011.

BRASIL. Conselho Nacional de Assistência Social. Resolução nº 269, de 13 de dezembro de 2006. Aprova a Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do Sistema Único de Assistência Social – NOB-RH/SUAS. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 dez. 2006.

BUBER, Martin. Eu e Tu. Tradução: Newton Aquiles Von Zuben. 8.ed. São Paulo: Centauro, 2001.

BUTLER, Judith. Quadros de guerra: Quando a vida é passível de luto? Tradução Sérgio Lamarão e Arnaldo Marques da Cunha. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

BUTLER, Judith. Vida Precaria: El poder del duelo y la violencia. Buenos Aires: Paidós, 2009.

CALVINO, Ítalo. As cidades invisíveis. Tradução: Diogo Mainardi. 14 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2003

CATÃO, Maria de Fátima Fernandes Martins. Projeto de Vida Em Construção: na exclusão/inserção social. João Pessoa, Brasil: Editora Universitária - Universidade Federal da Paraíba (UFPB), 2001.

CORDEIRO, Alexandre Magno; OLIVEIRA, Glória Maria; RENTERIA, João Miguel; GUIMARÃES, Carlos Alberto. Revisão sistemática: Uma revisão narrativa. Revista do Colégio Brasileiro dos Cirurgiões. Rio de Janeiro, v. 34, n. 6, p. 428-431, nov/dez., 2007. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69912007000600012 Acesso em 17.12.2020.

DIAS, Maria Madalena Pessoa. Implantação, expansão e regionalização dos CREAS na Paraíba: avanços e desafios. 2015. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa – PB, 2015. Disponível em https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/tede/7801/2/arquivototal.pdf Acesso em 17.12.2020.

FANTIN, Maristela. Educação Popular com Arte: Pintando Nova Cores nas Práticas Coletivas. In: Reunião Anual da ANPED, 28., Caxambu, 2005. p.18. Disponível em https://anped.org.br/sites/default/files/gt061200int.pdf Acesso em 20.01.2021.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 23. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

HELLER, Agnes. Teoria de los sentimientos. 3. ed. Madrid: Editoral Fontamara S.A, 1979.

MELLO, Guiomar Namo de. Magistério de 1° grau: da competência técnica ao compromisso político. São Paulo: Cortez; Campinas: Autores Associados,1998.

JACCOUD, Luciana; BICHIR, Renata; MESQUITA, Ana Cleusa. O SUAS na proteção brasileira: transformação recentes e perspectivas. Novos Estudos. CEBRAP. São Paulo, v. 36. n. 02, p. 37-53, jul/out., 2017. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/nec/v36n2/1980-5403-nec-3602-37.pdf Acesso em 05.01.2021.

MARX, Karl. O Dezoito Brumário de Louis Bonaparte. Tradução: Nélio Schneider São Paulo: Boitempo, 2011.

MELLO, Thiago. Faz Escuro Mas eu Canto. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009.

PEREIRA, Potyara Amazoneida Pereira. Discussões conceituais sobre política social como política pública e direito de cidadania. In: BOSCHETTI, Ivanete; BEHRING, Elaine Rosseti; SANTOS, Silvana Maria de Morais dos; MIOTO, Regina Célia Tamaso. (Orgs.). Política Social no Capitalismo: tendências contemporâneas. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

RIOS, Terezinha Azeredo. Ética e Competência. São Paulo: Cortez, 2004.

ROGERS, Carl. Tornar-se pessoa. Tradução: Manuel José do Carmo Ferreira e Alvamar Lamparelli. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes. 2009.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Um Discurso sobre as Ciências. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela mão de Alice. O social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 1995.

SAWAIA, Bader. Sofrimento ético-político como categoria de análise da dialética exclusão/inclusão. In: SAWAIA, Bader. (Org). As artimanhas da exclusão: Análise psicossocial e ética da desigualdade social. 2. ed. Petrópolis – RJ: Vozes, 2001.

SIMÔES, Carlos. Curso de Direito do Serviço Social. 6.ed. São Paulo. Cortez, 2012.

SOUZA, Marina Leal de; FREITAS, Lucinéia Silva de; SANTOS, Simone Silveira dos. I Encontro de Educadores Sociais de Assistência Social de Paranaíba/Ms: um relato de experiência. Anais do Sciencult. Paranaíba, v. 6, n. 1, p. 167-180, 2015. Disponível em https://anaisonline.uems.br/index.php/sciencult/article/view/3101/3159. Acesso em 21.01.2021.

XIMENES, Verônica Morais; BARROS, João Paulo Pereira. Perspectiva Histórico-Cultural: que contribuições teórico-metodológicas podem dar a práxis do psicólogo comunitário? Psicologia Argumento. Curitiba, v. 27, n. 56, p. 65-76, jan./mar., 2009. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/view/19975/19265 Acesso em 20.01.2021.

Publicado
23-09-2021
Como Citar
Saturnino da Silva, M., Pessoa da Silva , V., & Alves de Menezes , G. (2021). O educador no espaço das políticas de assistência social. Revista Educação Em Questão, 59(61). https://doi.org/10.21680/1981-1802.2021v59n61ID25084
Seção
Artigos