A coerência segundo a perspectiva da teoria da linguagem de Eugenio Coseriu

  • Clemilton Lopes Pinheiro UFRN
  • Jéssica Santos de Oliveira

Resumo

Em trabalhos já historicamente reconhecidos na Linguística Textual, a coerência, de forma geral, tem sido concebida como mensagem ou conteúdo do texto, ou ainda como uma rede de relações conceituais que se estabelecem na tessitura textual. Neste trabalho, a partir da teoria da linguagem de Eugenio Coseriu na qual ele propõe a existência de três níveis da linguagem (universal, histórico e textual), revemos os traços (nem sempre conciliáveis) imputados à coerência. Nosso objetivo é, assim, apresentar uma proposta de compreensão da coerência com base na teoria dos níveis da linguagem. Como conclusão, consideramos que a coerência não é um fenômeno único e homogêneo. Trata-se, ao contrário, de um fenômeno tripartido do qual emergem três objetos teóricos, cada um deles alinhado a um nível da linguagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-02-2021
Como Citar
PINHEIRO, C. L.; SANTOS DE OLIVEIRA, J. A coerência segundo a perspectiva da teoria da linguagem de Eugenio Coseriu. Revista do GELNE, v. 23, n. 1, p. 118-130, 11 fev. 2021.
Seção
Artigos