As violências que atravessam o corpo negro feminino: uma análise da poesia de Lubi Prates

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1517-7874.2023v25n2ID32362

Resumo

O presente artigo apresenta uma análise literária da obra poética de Lubi Prates, dando ênfase ao livro um corpo negro — grafado em minúsculo, como um posicionamento político em recusa a generalização feita sobre os corpos negros —, que discute as questões raciais na contemporaneidade, a partir do lugar histórico e social da mulher negra. Prates traz, por meio de sua voz poética, reivindicações sobre as violências físicas e simbólicas que permeiam a existência dos corpos negros no contexto brasileiro. A poeta também representa o ato de tornar-se sujeito, essencial para a desconstrução do cânone literário que ainda negligencia e exclui a pluralidade de vozes que existem. Nesse sentido, foram escolhidos poemas que debatem, de acordo com nossa interpretação, o genocídio negro: a política de extermínio que surge desde o tráfico negreiro e se faz presente até hoje. Como base teórica foram priorizados autoras negras e autores negros, alguns deles são Kilomba (2019), Gonzalez (2020) e Almeida (2021), a fim de ecoar livremente essa voz que emerge contra as tentativas de silenciamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaqueline Ferreira Borges, Universidade Federal de São Carlos

Doutora em Estudos de Literatura pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), é mestra em Estudos Literários pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e graduada em Letras, pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente desenvolve pesquisas sobre literatura brasileira de autoria feminina, poesia, gênero e raça. É professora  substituta de Língua Portuguesa e Literaturas, no Instituto Federal de São Paulo (IFSP). 

Yasmin Victoria Santos Malaquias, Instituto Federal de São Paulo

É estudante de Ensino Médio no Instituto Federal de São Paulo Campus Jundiaí. Desenvolve pesquisas sobre poesia de autoria feminina negra e recentemente concluiu sua pesquisa de Iniciação Científica sobre a obra poética de Lubi Prates.

Christian Fernando dos Santos Moura, Instituto Federal de São Paulo

Possui graduação em História (2003) e mestrado em Artes (2008), ambos os cursos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Possui doutorado em Artes (2016) pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (EBA/UFMG). É Pós-Graduando Associado do Centro de Estudos Africanos (UFMG). 

Downloads

Publicado

05-12-2023

Como Citar

FERREIRA BORGES, J.; SANTOS MALAQUIAS, Y. V. .; DOS SANTOS MOURA, C. F. As violências que atravessam o corpo negro feminino: uma análise da poesia de Lubi Prates. Revista do GELNE, [S. l.], v. 25, n. 2, p. e32362, 2023. DOI: 10.21680/1517-7874.2023v25n2ID32362. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/gelne/article/view/32362. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos