Achei a foto, Cláudia!

  • Maria Cecilia Magalhães Mollica
Palavras-chave: Foto, Claúdia, tempo perdido

Resumo

E nos meus ouvidos ainda ecoam as gargalhadas durante a pausa
de trabalho para escrever aquele último texto que nos deu uma dor de
cabeça danada. Rindo, Cláudia ridicularizava as nossas pernocas, naqueles
tubinhos curtíssimos que nos engordavam, quase todos com cintura alta
(tipo princesa), tendência da moda na virada dos 60 para os anos 70.
Mas e a foto? Aonde tinha guardado?
Da formatura na PUC até a partida para o Ceará, Cláudia seguiu
caminhos por onde não andei. Só lá na frente, em meados de 80, o telefone
tocou num domingo à noitinha, de Fortaleza. Ouvir sua voz pedindo ajuda
e acolhê-la foi o passo para a retomada de um “tempo perdido”. A vida
cruzava de novo nossas experiências.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
10-03-2016
Como Citar
MOLLICA, M. C. M. Achei a foto, Cláudia!. Revista do GELNE, v. 14, n. 1/2, p. 17-40, 10 mar. 2016.
Seção
Artigos