Considerações éticas

O periódico oferece acesso livre, integral e imediato ao seu conteúdo, fundamentando-se no princípio de que a disponibilização gratuita do conhecimento científico – suas bases, sua constituição, seus objetivos e alcance – ao público geral é uma ferramenta propulsora que oportuniza amplitude e seguridade à democratização mundial do conhecimento. Assim, a Revista Saridh mantém sua política de ética consonante com o que é defendido no Best Practice Guidelines for Journal Editors do Committee on Publication Ethics – COPE.

Na perspectiva de total recusa e refutação de plágio ou qualquer outro comportamento antiético, defende-se um compromisso com a conduta de boa prática e a qualidade das publicações, o que é extensivo a todos os membros e partes envolvidas no processo, desde a organização de volumes e números temáticos até a divulgação, coleta, análise e publicação das produções aceitas.

Ao submeterem suas produções ao crivo da avaliação do conselho editorial, os autores expressam, automática e irrevogavelmente, i) a responsabilidade pelas informações apresentadas, uso de imagens, figuras, dados e tabelas, de qualquer ordem ou natureza, ii) a declaração de responsáveis únicos e constituídos pela menção a instituições, órgãos ou entidades, iii) a integral cessão dos direitos autorais para a publicação e divulgação, em quaisquer meios e formatos, de sua produção, manifestando que:

  1. sua produção é inteiramente original, sem qualquer marcação de plágio ou conflito de interesse, e autêntica, não sendo objeto de simultânea descrição, submissão ou publicação em outro periódico.
  2. sua produção apresenta detalhamento preciso e suficiente para assegurar sua refutação a quaisquer declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas e inconsistentes, e que todas as informações estão devidamente referenciadas e reconhecidas.
  3. sua produção, quando da menção a obras e/ou referência a textos e estudos outros, apresenta devida e indispensável citação das fontes, assim como organização técnica e acadêmica que oportuniza o seu uso, replicação e menção por outros autores.
  4. todos os coautores estão incluídos na indicação de autoria da produção e que viram e aprovaram a versão final do manuscrito, concordando, portanto, com a sua submissão ao respectivo periódico.
  5. assume total e irrevogável responsabilidade quando descobrir ou encontrar qualquer imprecisão, inconsistência, invalidade ou erro significativo em seu trabalho publicado, reservando-lhe, neste caso, a expressa obrigação de informar direta e imediatamente o editor da revista, viabilizando formas de expressar correção ou retratação tidas como necessárias.

Os trabalhos encaminhados para análise são tratados como documentos confidenciais, tendo suas informações autorais suprimidas. Todas as informações neles contidas são sigilosas e não podem, sob hipótese nenhuma, ser objetos de divulgação, menção pública ou em redes sociais ou demais meios ou de utilização pessoal. Tal política de confidencialidade é extensiva ao conteúdo e às informações expressas no parecer emitido.

Uma vez constando na fase de edição de texto, são os artigos, entrevistas e relatos de experiências objetos de publicação no periódico, no respectivo volume e número a que foram submetidos, e não podem ser retirados ou excluídos, ainda que sob expressa manifestação dos autores e proponentes.

Todas as produções aprovadas serão confidencialmente diagramadas e, depois disso, encaminhadas aos autores que, por sua vez, podem apontar alterações de ordem de disposição na formatação final dos textos. Nesta etapa, não serão aceitas alterações de conteúdo. No caso de não haver, dentro do prazo estipulado, manifesta e expressa resposta dos autores, a publicação do referido texto será suspensa.