Políticas de avaliação

As produções serão submetidas à análise do conselho editorial e à apreciação do conselho consultivo da revista que, em seus pares, conforme sistema double blind review, emitirão parecer favorável ou não à respectiva publicação, com base em critérios determinados, quais sejam:

  1. o texto submetido apresenta discussão ou apanhado em consonância com a temática do atual volume da revista;
  2. o texto traz uma discussão autêntica e original e comprova incursão científico-bibliográfica em torno de um objeto;
  3. o texto está organizado e disposto conforme a diretrizes gerais da ABNT para a organização da produção científica e com rigorosa observância às regras para submissão ao volume atual da revista;
  4. o texto apresenta consistência teórica e revela domínio da literatura;
  5. a metodologia utilizada é adequada aos objetivos pretendidos;
  6. as análises (quando houver) apresentam consistência com os objetivos traçados e rigor metodológico e sinalizam conclusões não redundantes e produtivas.

Cada trabalho submetido será destinado à análise de 2 (dois) pareceristas que terão o prazo de até 3 (três) dias, a contar da data de recebimento de mensagem/contato do conselho editorial com esse fim, para aceitar ou declinar a indicação, e de até 15 (dias), no caso do aceite, para retornar parecer, indicando posição favorável ou desfavorável à aceitação para publicação.

O membro do conselho consultivo encarregado da análise e apreciação das produções, poderá emitir:

  1. parecer indicando a aceitação da versão do texto;
  2. parecer indicando a aceitação do texto com ressalvas e respectivos apontamentos ou sugestões de alteração, de qualquer ordem ou natureza;
  3. parecer recusando a aceitação com comentários de justificativa de sua posição, a partir dos critérios sumarizados acima.

O conselho editorial, de posse dos pareceres, encaminhará mensagem aos autores, atribuindo (na ocorrência do item 2) prazo de 20 dias para apresentação de uma nova versão do texto.

Em havendo um parecer contrário, conforme expresso no item 3, o conselho editorial enviará o trabalho a um terceiro consultor.

Na ocorrência do item 2, aos organizadores se reserva o direito de verificar se as alterações apontadas/sugeridas foram devidamente atendidas e/ou justificadas. Em caso afirmativo, uma vez de posse de nova versão da produção, o conselho editorial enviará mensagem de aceitação definitiva do trabalho.

Uma vez recebendo indicação de aceite e tendo sido os textos avaliados já encaminhados à fase de edição, ficam eles cedidos, integralmente, à publicação no respectivo volume e número do periódico, não podendo, portanto, os autores, declinar de sua publicação ou recusar o andamento dos trabalhos de divulgação do material pela Revista Saridh.

A leitura e apreciação dos pareceristas serão instrumentos que auxiliam diretamente a tomada de decisão por parte do conselho editorial sobre o aceite integral, o aceite parcial (e condicionado às alterações e modificações sugeridas para o aprimoramento da produção) e a recusa.

O declinar do aceite para apreciação do texto estará atrelada à impossibilidade do membro do conselho consultivo em conduzir a leitura em função de:

  1. não se sentir qualificado para analisar o artigo;
  2. não ter disponibilidade de qualquer ordem ou natureza para proceder com a apreciação;
  3. notar qualquer forma de identificação ou marcação de autoria no texto recebido de forma que o vincule a conhecidos, pessoais com quem possa ter qualquer relação ou grau de proximidade que, de alguma forma, incuta efeito de parcialidade na emissão de avaliação.

Em todos os casos, o conselho editorial deverá ser notificado imediatamente.